terça-feira, 3 de abril de 2012

Mulheres eram mais felizes antes da chegada do feminismo


Um artigo feito por Betsey Stevenson e Justin Wolfers, The Paradox of Declining Female Happiness, demonstra que os níveis subjectivos da felicidade feminina diminuíram:
Apesar da vida das mulheres nos EUA ter melhorado muito durante os últimos 35 anos, tendo como base muitos métodos objectivos de quantificação, nós mostramos agora, segundo a analise do bem estar subjectivo, que a felicidade da mulher piorou - tanto em termos absolutos como em comparação com os homens.

Este declínio no bem estar relativo encontra-se através dos vários conjuntos de dados, análise do bem estar subjectivo, grupos demográficos, e países industrializados.

O declínio relativo na felicidade feminina gerou uma lacuna na felicidade onde as mulheres dos anos 70 reportavam um bem estar subjectivo superior ao dos homens.

Este declínio continua e uma nova lacuna está a emergir - uma onde se verifica um bem estar superior entre os homens.

Portanto, as mulheres eram mais felizes antes do feminismo e das grandes empresas (aliadas aos governos) "libertarem-nas" do horrível papel de dona de casa - onde elas sofriam humilhações diárias como cuidar dos filhos, alindar a casa e ter um homem a trabalhar para si - e colocarem-nas nas grandes prisões em cubo, lugar onde elas aparentemente tanto desejavam estar.

Que surpresa tão grande. Retirem as mulheres do ambiente que melhor se ajusta à sua natureza empática e nutridora, coloquem-na no jardim zoológico que é o actual ambiente de escritório, e elas começam a arrancar os seus cabelos como se fossem um animal selvagem recentemente enjaulado.

No entanto, e embora elas se apercebam de que algo está errado e estejam cientes das milhentas mulheres com histórias similares, elas continuam a depositar a sua fé nas líderes feministas quando estas lhes mentem e lhes dizem que isto é o que elas sempre quiseram (ficar longe dos filhos e ser escrava do salário).

Quem agradece são as grandes empresas e o Estado. Com mais pessoas no mercado de trabalho, as empresas pagam ordenados mais baixos. Semelhantemente, com a presença da mulher no mercado de trabalho o Estado tem mais pessoas a quem recolher impostos.


3 comentários:

  1. Meu querido

    Se você é contra mulher trabalhar e ganhar seu salário, fora de casa, então, você e a favor de sustentar uma mulher a vida inteira, pagar as calcinhas dela, os absorventes dela e sofrer o diabo para conseguir dar dinheiro para ela

    Nossa, você é masoquista, hein?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hamanndah,

      Tu és burra em mais alguma área da tua vida ou é só quando ligas o computador?

      Eliminar
  2. Pra ser suscinto, vou dizer que o feminismo é uma incoerência: queriam disputar e ocupar as mesmas posições dos homens no mercado, para poder gastar todo o salário comprando sapatos e depois ser convidada para jantar...

    Dividir conta em restaurante (ou tomar a iniciativa de pagá-la), por exemplo, ainda é um tabu que constrange a qualquer princesa, afinal, é o homem que blá, blá, blá...

    Foi uma fase burra do pensamento feminino. Os homens penaram com isso, por que viram uma "invasão" de "mão-de-obra barata" ocupando espaços no mercado e continuaram com a obrigação de 'abrir a porta' e pagar as contas, o quê sempre muito nos honrou, e, do qual, nunca reclamamos, mesmo na dificuldade. Mas se, numa exceção da "modernidade", tivesse que ser o contrário, não seria por mais de uma noite. Eu sei que não seria.

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem PROFANA e GROSSEIRA.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
-------------
OBS: A moderação dos comentários está activada, portanto se o teu comentário não aparecer logo, é porque ainda não foi aprovado.

ATENÇÃO: Não será aceite comentário algum que não se faça acompanhar com o nome do comentador. ("Unknown" não é nome pessoal).

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PRINT