quinta-feira, 30 de junho de 2011

Cientista Climático Propõe "Plano Mestre" Para Que a Sociedade Seja "Transformada" e Gerida Por um Grupo de Elite Composto por "Homens Sábios"

O tempo passa, as sociedades mudam mas os planos da elite (e o seu desdém pela vontade do povo) permanece. Esqueçam a democracia, a liberdade e os mercados livres. Esses conceitos, que geraram a prosperidade que hoje temos em várias partes do globo onde eles foram aplicados, são ofensivos para um pequeno grupo da elite que acha que tais conceitos são uma ofensa para a sua visão do mundo.

A edição inglesa do jornal Der Spiegel contém uma entrevista com o Prof Hans Joachim Schellnhuber, Director do "Potsdam Institute for Climate Impact Research". Nesta entrevista Schellnhuber anuncia que ele estaria em vistas de revelar o seu "Plano Mestre" que irá transformar a sociedade. Sem dúvida que esta "transformação" já estará mais de acordo com a sua visão do mundo.

De acordo com a visão que Schellnhuber tem do mundo, a sociedade tem que ser reajustada e controlada por um grupo de elite de "homens sábios" que conhecem o que é bom para o resto da sociedade.

O desdém que Schellnhuber tem pela organização social que existe nas culturas ocidentais é manifesto por toda a entrevista. Por exemplo, o Der Spiegel embaraça Schellnhuber com a pergunta:

Porque é que as suas mensagens não têm sido de todo bem recebidas até agora?
Schellnhuber responde::

Não sou nem psicólogo nem sociólogo, mas as minhas experiências de vida mostraram-me que o amor à conveniência e a ignorância são as grandes falhas do homem. É uma mistura potencialmente mortífera.

Notaram bem, ó camponeses ignorantes? Se nós rejeitamos os sonhos de Schellnhuber de controle total da sociedade não é porque nós não queremos ser escravos duma elite, mas sim porque nós somos oportunistas e burros. Sim, somos todos uns ignorantes acomodados. É tempo de deixarmos "homens mais sábios" pensarem por nós.

Caro sr Schellnhuber: a sua mensagem não foi bem recebida porque é anti-democrática e autoritária. A sua forma de pensar é uma ameaça aos princípios do seu próprio país e como tal ela deve ser monitorizada e investigada.

A crença de que o planeta tem que ser controlado por uma autoridade humana superior é o que faz da ideia de Schellnhuber tão perigosa. A sua impaciente frustração com a democracia e o estado de direito, aliadas à sua alegação de que possuem sabedoria superior, lembram-nos outras figuras que conduziram milhões para o sofrimento, morte e perdição eternas.

Este grupinho de pessoas realmente pensa que sabem tudo o que há para saber. O Der Spiegel pergunta:

Você acha que a súbita mudança de orientação em relação à sua política energética é adequada?
Schellnhuber responde:

Não. Só pode ser o princípio duma mudança firme. O "German Advisory Council on Global Change", do qual eu sou o presidente, vai em breve revelar um plano mestre tendo em vista a transformação da sociedade.

Um plano mestre que visa a transformação da sociedade criado por um cientista climático que admite não ter conhecimentos de sociologia. Sem dúvida que este plano vai ser imposto de forma autoritária.

Por várias vezes Schellnhuber deu a entender que a democracia não só é defeituosa como é um impedimento. Esse dois factores impedem que se resolvam "crises mundiais" tais como a total ausência de evidência em favor do não-existente aquecimento global antropogénico.

Fonte


Mais uma vez fica demonstrado que a mitologia do aquecimento global é apenas algo artificialmente construído para entregar o controle dos recursos mundiais nas mãos duma minoria não eleita e não representativa (mais ou menos o que já existe com a União Europeia).

Como essa elite quer um controle global, então os mesmos inventaram uma "calamidade global" como forma de se colocarem como os "homens sábios" que irão "resolver" a "calamidade".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem PROFANA e GROSSEIRA.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
-------------
OBS: A moderação dos comentários está activada, portanto se o teu comentário não aparecer logo, é porque ainda não foi aprovado.

ATENÇÃO: Não será aceite comentário algum que não se faça acompanhar com o nome do comentador. ("Unknown" não é nome pessoal).

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PRINT