domingo, 27 de Janeiro de 2013

O previsível lamento da mulher promíscua

Testemunho duma mulher chamada "Nancy", comentando para este blogue. Com informação e comentários daqui.

Vocês mulheres que planeiam encontrar "O Tal" e contrair matrimónio com ele, POR FAVOR, oiçam o que eu vos tenho a dizer. Mais do que TUDO, quem me dera que eu tivesse tido esta informação valiosa - da forma como os homens pensam do sexo e das mulheres promíscuas - quando eu era adolescente.
Se algum dia tiver uma filha, vou-lhe educar com esta preciosa lição de vida. Sinto que só agora, com 29 anos, é que estou a aprender a verdade acerca dos homens. Os meus olhos foram finalmente abertos. Como é que eu pude ser tão cega no passado?!

Sinto-me incrivelmente triste; estou a viver uma vida cheia de arrependimento. Actualmente encontro-me casada com um homem maravilhoso - o sonho de qualquer mulher. Primeira impressão: atraente, musculado, alto, macho alfa, excelente comunicador. Impressão duradoura: amoroso, preocupado, gentil, provedor, amante excepcional. As mulheres atiram-se aos seus pés, mas ele rejeitou as outras e escolheu-me.

Infelizmente, eu não me guardei para ele; fui promíscua quando era solteira, e o meu passado sexual está a colocar uma pressão ENORME sobre o nosso relacionamento. Este é o único ponto que gera algum tipo de discussão entre nós. Ele ama-me e toma conta de mim, mas ele não me respeita. Eu oro e espero que sejamos capazes de ultrapassar isto. O teu passado [sexual] tem MUITA importância, e invariavelmente ele retornará para te assombrar.

Quando eu e o meu marido começamos a namorar, ele disse-me que tinha problemas com mulheres promíscuas; como tal, ele perguntou-me que tipo de vida eu tinha levado quando era solteira. Eu não revelei o número total [de amantes] mas disse apenas que "Não tive relações sexuais com muitos homens". Dentro do meu círculo de amizades o meu número era considerado abaixo da média, mas numa escala global, é um número verdadeiramente alto.

[ed: Quando ela fala no seu passado sexual, é muito comum a "mulher moderna" - aquela que está sob o feitiço da ética sexual vigente - colocar-se a ela mesma como a única pessoa cujo comportamento sexual era moralmente aceitável dentro do seu grupo de amigas. O problema é que esse tipo de argumento, para os homens, soa a algo como "Eu era a única pessoa honesta dentro da prisão" ou "Eu era a única pessoa sã dentro do manicómio"]

Na altura, o meu marido ficou satisfeito com a minha resposta, mas seis meses mais tarde o tópico voltou a ser falado; ele queria o número exacto. Eu fiz o que muitas mulheres fazem e menti. O número que eu lhe disse deixou de fora 10 outros amantes que eu tinha tido, mas mesmo assim ele ficou verdadeiramente enojado comigo. No entanto, ele ficou comigo.

Finalmente, e seis meses depois, revelei toda a verdade e confessei o número exacto de amantes que tinha tido. Na altura, ele ficou MUITO próximo de acabar com o nosso relacionamento uma vez que não só eu era uma promíscua [inglês "slut"], como era também uma mentirosa - o que era ainda pior. Danificar a confiança num relacionamento é a PIOR coisa que se pode fazer.

Ele ficou visivelmente zangado por lhe "atirar areia para os olhos" ao tentar passar a imagem de que eu era melhor do que realmente era, mas eu só não queria ser julgada pelo meu passado. Queria primeiro que ele me conhecesse como pessoa, me amasse e me aceitasse pelo que sou hoje. Ele disse que o que eu tinha feito era injusto porque ele havia-se apaixonado por mim . . . . . mas odiava o meu passado. Não havia a menor chance dele se envolver comigo se soubesse com quantas pessoas eu havia dormido.

Passado que está um ano ele continua comigo, e recentemente casamo-nos. Actualmente ele sabe tudo sobre mim. O meu passado é vergonhoso e embaraçoso, mas sabe bem ser totalmente franca e aberta com ele. Já não há mais segredos e ele faz todos os possíveis para me amar e aceitar por aquilo que eu sou.  Ele sabe que sou uma boa pessoa e uma esposa amorosa com muito para oferecer. Ele apenas deseja que eu tivesse feito melhores escolhas no passado.

Há dias que são mais difíceis de superar quando ele não pára de pensar no que eu fiz. Sinto-me mal e fico a pensar como ele poderia ter tido qualquer mulher no mundo - uma mulher mais inocente - mas ele está preso a mim. Mercadoria estragada.

* * * * * * *

É perfeitamente comprensível que algumas mulheres fiquem genuinamente perturbadas com o facto dos homens usarem de modo mais severo o passado sexual da mulher contra ela do que a forma como as mulheres usam o passado sexual dos homens contra eles. Mas é assim que as coisas são. Como se diz no Fórum Mundo Realista, "biologia supera ideologia". Tentar envergonhar os homens chamando-os de - por exemplo - "inseguros" não vai mudar nada.

Mesmo que seja gerada suficiente pressão social para silenciar a normal aversão que os homens têm por mulheres promíscuas (quando se fala em relacionamento sério), eles nunca deixarão de se sentir incomodados com a "quilometragem sexual" da sua futura ou actual esposa (do mesmo modo que a esposa ficará genuinamente perturbada se o marido se despedir do emprego e passar os dias a jogar Playstation - quer ela verbalize ou não a sua frustração).

Quando se fala da história sexual a honestidade é sempre a melhor opção - especialmente quando existe uma míriade de formas através da qual a verdade pode vir ao de cima. Se o teu passado sexual faz com que percas alguém que tu realmente gostas, mais vale cedo do que tarde. E não penses que o passar do tempo irá de alguma forma ajudar, visto que a realização de ter sido deliberadamente enganado durante muito tempo irá certamente endurecer ainda mais o coração do homem contra a mulher.

Esconder o passado é, logisticamente, muito difícil, e, ao mesmo tempo, psicologicamente muito cansativo.

O feminismo não acabou com a dualidade de critérios na sexualidade: os homens continuam a sentir aversão por mulheres com uma experiência sexual considerável. E porquê? Porque quanto mais promíscua for a mulher, maiores são as probabilidades do homem passar 20 anos da sua vida a sustentar  filhos que ele PENSA serem seus - algo que, obviamente, não é do seu interesse. Devido a isto, os homens olham para o passado sexual da mulher como uma previsão válida para o seu comportamento futuro.

A nossa sociedade penaliza as mulheres que se preservam e que exigem algum tipo de compromisso sério antes de se entregarem sexualmente aos homens. Isto está muito longe de ser fácil, mas a mulher só tem duas escolhas:

Escolha A: Esperar

Escolha B: Ceder.

A Nancy, que é um exemplo trágico da Escolha B, resolveu agora partilhar a sua história como testemunho das consequências dessa escolha.

Para os homens, a mensagem é mesma já repetida por várias pessoas: se têm planos de casar e formar uma família, é aconselhável tentar saber o quanto antes que estilo de vida sexual a futura esposa levava, e quantos parceiros sexuais ela já teve. E, como diz uma mulher neste site, "Se nós [as mulheres] dizemos 5, então isso quer dizer 20. Se nós dizemos 2, então queremos dizer 8, e se nós dizemos que tu és o primeiro, então isso quer dizer que já nem nos lembramos dos nomes dos nossos parceiros sexuais".

Pronta para casar.





73 comentários:

  1. Esconder, florear, distorcer o passado e adoçar certas falhas de caráter é quase uma norma entre as mulheres que querem se casar, apesar de exigirem o contrário dos homens (abertura e clareza totais).

    Daí vem a crença errônea de que a mulher muda depois que se casa. Mentira! Ela apenas se revela completa e verdadeiramente. Muitas dizem: "por enquanto, eu deixo; depois que nos casarmos, eu vou determinar as coisas em casa do meu jeito" (detalhe: o infeliz perderá a capacidade civil, a liberdade, a capacidade de raciocinar e decidir - é o início dos tempos de "carteira aberta e boca fechada", em que ele só tem deveres, nenhum direito - será por isso que muitos homens têm pavor de se casarem, principalmente se a futura esposa não se comportará como tal, ou seja, ela será uma domadora de feras ou uma capataz de escravos?).

    Nenhum homem confia numa mulher promíscua porque, um dia, ela vai sentir saudades da vida antiga cheia de emoções e tédio da sua vida rotineira ao lado duma pessoa por quem ela não nutre nem respeito nem amor verdadeiros (ele não terá a mesma admiração que ela tinha pelos cafajestes que ela e outras amavam). Para passar uma doença venérea mortal ou um filho ilegítimo ao marido é um pulo!

    Sem contar que ela se mela toda quando encontra algum ex-namorado, até mesmo diante do próprio marido, que terá de passar por mais essa humilhação (em alguns casos, a esposa do ex-namorado também passa por essa situação humilhante - já presenciei isso, muito embaraçoso para todos).

    Regra para conseguir uma boa esposa: encontre uma mulher simples, humilde, mansa e casta. Ela não o trairá, não provocará brigas, não arruinará você nem psicológica com discussões e manipulações nem financeiramente com gastos inúteis, não desautorizará você perante seus filhos humilhando-o ou desrespeitando-o, não lhe arrumará doenças mortais (sífilis, AIDS, etc.) e nem o obrigará a sustentar filhos que não são seus devido a um comportamento promíscuo. Ah, quando alguém encontrar uma mulher assim, avise a National Geographic e cientistas para fotografarem e catalogarem essa "avis rara". É possível encontrá-la, mas é pouco provável (alguns exemplares foram avistados na Ásia e nas ilhas do Pacífico).

    Mulheres, ninguém quer arrumar um problema para sustentar durante o resto da vida. Sejam soluções, não problemas para seus maridos e seus filhos. Pensem em dar algo sem pensar só em pedir e reclamar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Regra para conseguir uma boa esposa: encontre uma mulher simples, humilde, mansa e casta".Por que a maioria dos homens querem fidelidade, mas traem adoidado? Querem viver uma vida promíscua e depois ter uma donzela? Você é casto? Acho que o homem só tem direito de exigir isso da mulher se ele for assim também.

      Eliminar
    2. nem porque reclamas, voces ate gostam de homens rodados, mas estas indignada por nao verem com bons olhos a tua promiscuidade?

      Eliminar
    3. Sua resposta, Mari: sou casado há 14 anos e nunca traí minha mulher nem em pensamento. Nunca gostei da vida promíscua pois tenho bons valores. Você seria capaz dessa proeza?

      Muitos homens, ao contrário do que a imaginação feminista pensa, são honrados e não são adúlteros. Mas eles são invisíveis para as feministas: elas só prestam atenção aos cafajestes promíscuos e adúlteros, os tais "homens de verdade".

      Esses pilantras são a referência para as feministas em termos de comportamento, moda, sexualidade, atitude, moralidade, etc. O resto não existe e nem é homem para elas, pois elas gostam mesmo de homem rodado e com um monte de mulheres assediando-os dia e noite. Se puderem disputá-los com outras e conquistá-los, então, será um delírio apoteótico para sua vaidade tola e estúpida de fêmea.

      As mulheres promíscuas são perseguidas por aventureiros sedutores em busca de uma boa farra. Mas são rejeitadas por qualquer homem com boas intenções. Ninguém quer alimentar filhos de cafajestes, ser trocado por qualquer pilantra nem pegar doenças perigosas - é simples assim.

      Vocês mulheres deveriam seguir esse exemplo de sabedoria e parar de fazer papéis de imbecis. Exijam namorados castos e preservem-se - dêem-se ao respeito para exigirem algum!

      Eliminar
    4. Clássica tentativa de tentar igualar os desiguais e usar analogia onde não cabe.
      A analogia é falsa, porque as mulheres valorizam o homem promíscuo.

      Se as mulheres valorizassem o homem virgem e casto, todos os homens se casariam virgens.
      Mas, quanto mais promíscuo e cafajeste for o indivíduo, mais mulheres ele terá à disposição.

      Eliminar
    5. 1- A natureza não é justa, a viúva-negra se alimentar do macho após a cópula.

      2- Justiça está apenas em nossas cabeças, não em nossos instintos.

      3- O homem não quer uma parceira que já deu demais porque não quer criar o filho de outro homem (instinto não conhece exame de DNA), ele não é obrigado a suportar o nojo q tem da mulher só porque elas querem direitos iguais, elas que façam o que quiserem, mas aguentem as consequências.

      4- Por natureza os homens podem ficar com varias mulheres (elas preferem esses, quer mais motivo para eles serem assim?), já as mulheres não tem o mesmo luxo, pois os homens tem aversão a ter como parceiras mulheres rodadas, a natureza fez as coisas assim, não venha me culpar ou dizer q essa aversão e nojo é na verdade insegurança, pois quem é homem sabe q não é nada disso (apesar de poder gerar isso também).

      Eliminar
    6. As mulheres querem um homem simples, honesto, trabalhador, fiel, por que esse é fácil de ser enganado. O cara astuto não se deixa ser enganado, ele baseia-se nas ações da parceira, se ela faz coisas suspeitas, ele devolverá na mesma moeda, ele não vai tirar satisfações com o amante dela e nem ficará jogando as coisas na cara dela, é dissimulado, ele colocará alguém para investigá-la, dessa forma, ele terá todas as provas para ter um divórcio alegre, seguido de um processo judicial onde ele receberá uma boa quantia.

      Esqueçam essa estória de sair por aí dizendo que homens simples e honestos são os ideais garatas, se as mulheres de hoje são espertinhas, imagine os homens.

      Eliminar
  2. Olha só como são as coisas: "Passado que está um ano ele continua comigo, e recentemente casamo-nos. Actualmente ele sabe tudo sobre mim"

    Se fosse eu o namorado dessa mulher teria dado um pé na bunda na primeira vez que ela me disse a média dos homens que ela ficou.
    O cara se afrouxou!

    Tem louco para tudo nesse mundo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um "homem" que faz um comentário desse nunca amou de verdade. Espero que logo possa conhecer tal sentimento.
      =)

      Eliminar
    2. Um homem que faz um comentário desse ama a própria integridade física, psicológica e financeira, e acha que merece uma mulher como esposa, não uma vadia "rodada".

      Eliminar
    3. O que é amor pra você minha cara? Subserviência a uma Fêmea? Aceitação de um passado promíscuo em que a dita cuja só mudou por força de uma pressão temporal e biológica????

      Se isso é "amor vc está corretíssima, por que nunca vou amar de verdade uma mulher assim!

      O Amor ($$$$$$)de uma mulher não é nem um pouco nescessário a uma vida tranquila,de paz,prosperidade... pelo contrário este tipo de mulheres podem te destruir totalmente e no final vc nem sequer terá uma vida própria.

      Agora se você quer um Homem que "ama" de verdade, Aquele que se envolve com mulheres promíscuas, que aceita o passado delas em nome do amor, que "perdoa" a promiscuidade delas e ainda aceita seus frutos de baladas (filhos de outros homens, pensões alimentícias absurdas) Vai em frente!

      Como o texto mostra tem muito homem que vai "aceitar" esse presente de grego, que vai casar com esse tipo de mulher. Mas comigo não!

      Eliminar
    4. Bernardo, e sua uma mulher que você adorasse perguntasse sobre a quantidade de parceiras que você teve na vida e te desse um pé na bunda por não estar 0km, qual seria a sua reação? É essa atitude que faz muitas mulheres mentirem em vez de falarem a verdade. Ser virgem ou ter pouca experiência sexual não é sinônimo de caráter. Não sou a favor da promiscuidade, mas não acho certo o homem passar o rodo e depois querer uma mulher 'inexperiente'. A propósito, quantas parceiras você já teve na vida (incluso GP's. Se a tua quilometragem for considerável, não reclame depois de encontrar uma mulher tão rodada quanto você.

      Eliminar
    5. A mulher não se importa com o passado sexual do homem.

      Eliminar
    6. Claro que se importa: quanto mais "rodado" e disputado, mais desejado por elas.

      Eliminar
    7. Claro que se importam Rosa Chiclete. Só que não da maneira que você menciona (acho), mas quanto mais cafajeste, mais procurado por elas. Veja se o MC Catra tá sozinho e abandonado! Com homens (de verdade) não é assim! Sinto muito parecer cruel nas palavras, mas as mulheres (promíscuas) estão pagando o preço das suas escolhas. E não vai ser NÓS HOMENS que iremos pagar por isso!

      Eliminar
    8. Vamos deixar uma coisa bem clara. Tô vendo muita mulher aqui aparecendo com essa ideia cínica de que " o homem que pega todas é o fodão e a que dá para todos é uam vagabunda", muito simples: uma chave que abre qualquer fechadura é uma chave mestra, uma fechadura que abre com qualquer chave não serve para porra nenhuma.

      O homem para conseguir fazer sexo ele precisa dominância, que para muitas mulheres se baseia em coisas:
      1) Destaque social: quanto melhor ele se destaca em seu meio, seja por beleza, seja por ser comunicador ou seja porque é marginal.
      2) Destaque financeiro: mesmo que não seja milionário, ele precisa pelo menos ter condições para manter uma ostentação como um carro ou algo do tipo.
      3) Um conhecimento de linguagem verbal, não-verbal e corporal filho da puta.
      Se o cara não tive pelo menos UM desses critérios, esqueça, ele não consegue nada.
      E as mulheres? O que precisam fazer? Apenas abrir as pernas.

      Eu deixo claro que não aprovo a promiscuidade em nenhum dos gêneros e isto também não justifique, mas explica. A mulher sempre exige que o homem seja mais experiente que ela na cama. Se o cara não for experiente, elas sentem repulsa imediata. Só que os homens não são obrigados a aceitar esse critério.

      Eliminar
  3. Homens não querem QUALQUER mulher. Quer a mulher, filha de Deus!
    Porque acham que os pais pedem tanto e fazem tanta questão que as filhas se guardem aos seus maridos? Primeiro, porque isso é de DEUS...depois, porque querem que elas façam um bom casamento com um Homem bom e que as respeite...e que não seja vergonha diante da sua moral. Querem uma mulher de verdade e não uma mulher que já passou nas mãos de muitos Homens. A moral é importante e os preceitos de Deus ainda mais.

    Deus fez a mulher para servir o Homem e amá-lo em união, uma só carne. Tem coisa mais linda que isso numa relação? Eu acho que não... quanto mais amamos sacrificialmente o nosso Homem, mais temos o amor dele. Deus não fez a mulher para sabotar o Homem e nem mesmo para usufruir da sua vida como se ele não existisse. Deus ainda disse que devemos amar o nosso Homem acima de todas as outras pessoas, menos acima de Dele, mas acima de todos os outros sobre a terra. Conseguem perceber a importância do seu Homem na sua vida? Deus quer a união e o amor entre Homens e mulheres dentro dos seus ensinamentos para que tenhamos todos uma vida feliz. Se a mulher se desviar do caminho enquanto solteira ou até dentro de uma relação, terá as suas consequências e aí é a prova... Não precisam desejar serem castas a vida toda se em algum momento da vida desejam formar a sua família, mas enquanto o filho de Deus não aparecer, mantenham-se intactas!

    Se querem ser amadas, se deem ao respeito. Preservem-se. Sejam filhas de Deus... e os Homens as encontrarão.
    Os Homens devem ver actos muito mais do que palavras... e saber que a filha de Deus tem ELE acima de todas as coisas.

    ResponderEliminar
  4. Lamentável ele ter caido nessa "furada" apesar de ele ser um bom partido como a moça citou isso não foi o suficiente para ele se deixar dela. O pior é que ele está sofrendo continuamente por isso. Por outro lado ela também com a culpa. De qualquer forma ele não merecia isso.

    ResponderEliminar
  5. Tenho uma ideologia sobre isso: a mulher reclama do certo preconceito que homens tem com mulheres promíscuas; pelo passado sexual dela avantajado. Homem ta certo por ter esse receio, ta na natureza do homem escolher a melhor mulher, a mais feminina, reservada, acanhada, mais ligada a família. A mulher de fato tem que escolher o melhor reprodutor para ela, o tal macho alfa: Alto, forte, bonito, destacado e com boa comunicação. Ela falha ai! faz as escolhas erradas e acabam prejudicam ela, seus filhos, próxima geração e a sociedade, por uma escolha egoísta, arrogante e por pura vaidade! Tem outro fator interessante quando o homem reclama do passado dela, ela logo dizem que seria 'machista' ou até 'misogino'. Mais a mulher é muita mais dogmática que o homem, e machista também. A mulher não perdoa um homem feio e tímido, a mulher não perdoa homem pobre e desempregado ou um carente depressivo que necessita de afeto de uma companheira, a menos é claro que esse homem esteja proporcionando algo para 'emoção' forte e continua dela. E ele todos dias sofrendo violência emocional! Pois bem, mais porque existem mulher promiscuas e com histórico sexual assim? A causa do homem mesmo! se o homem tivesse uma concepção mais firme de evitar sexo com promiscuas ou vadias também, elas seriam naturalmente marginalizadas pela sociedade. Homens iriam ignora-las e mulheres não iriam seguir esse mesmo perfil cruel que a promiscua esta sofrendo. O problema que que o perfil ideal de homems para as mulheres é sim o cafajeste! então ela esta se tornando cada dia mais, o cafajeste feminino.

    ResponderEliminar
  6. Tem um relato interessante e engraçado que encontrei nesse site:

    "Uma coisa que as mulheres tem que “cair na real” de uma vez para sempre é a verdade mais do que óbvia: Homens não gostam de mulheres promíscuas. Pelo menos para relacionamento sério. E isto desde um poderoso mafioso até um peão de obra. NENHUM homem gosta de mulheres promíscuas como suas parceiras fixas. TODOS preferem as mulheres mais puras, mesmo que muitos digam o contrário, para agradar algumas fêmeas.

    Entendam bem! Se for para sexo exclusivamente casual uma ou três vezes para nunca mais na vida, aí sim tudo bem!

    Mas para mantê-la num relacionamento sério (namoro, casamento) isso NEM PENSAR!

    Exemplo: Conheço o caso de um rapaz que por ser bonito, relativamente bem de vida, atraiu a atenção de uma mulher “muito bem conceituada” entre seus “amigos”.

    Ela era a rainha da vez. Uma predadora! Rodou na pica de Todos os amigos dele e por fim acabou interessando-se nele também. Os amigos então arranjaram um encontro para os dois.

    Pois bem, logo no primeiro beijo, não obstante essa mulher ter um corpo lindo, mas promíscua, Ele já ficou estático.

    No segundo beijo de língua profunda garganta a dentro, este rapaz, lembrando que ela havia chupado o caralho de todos os seus “amigos” e conhecidos também…logo após fazer um anal giratório com TODOS, ele simplesmente VOMITOU em seu corpo.

    Notem que não adiantou essa mulher ter chamado ele de machista, opressor, pega ninguém, frustrado, otário, Gay, viado ou inrustido e por aí foi… Por que isto é INSTINTIVO! Não se manda em instintos gregários. Não há lei eficaz que protege contra o instinto masculino de aversão a mulheres altamente promíscuas. Vocês mulheres nunca vão conseguir mudar isso!

    O instinto do homem não obedece as leis do Politicamente Correto! E a mulher que assim o faz, apenas aos olhos da maioria dos homens se torna absolutamente repulsiva."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tinha nada a dizer sobre o seu comentário até ler isto: "O instinto do homem não obedece as leis do Politicamente Correto!". Então, o homem pode usar dessa desculpinha fajuta para ser promíscuo e não ser julgado como repulsivo? Dois pesos, duas medidas.

      Eliminar
    2. Mari,

      Vocês mulheres tem um instinto também: de sempre preferirem homens lindos e destacados.

      Muitas mulheres ficam usando esse instinto delas para o mal e ficam pisando em homens feios, por um lado, vocês mulheres se esquecem que nós homens também temos um instinto: o de sempre preferir mulheres mais puras.

      Para saber o que sentimos ao estar com uma mulher promíscua é só lembrar da mesma repulsa que vocês tem por homens feios.

      Pelo seu comentário, você não gostou, mas lembre-se do seguinte:

      Há muitas mulheres lindas que se tornam feias, beijando e namorando até na juventude, dando para cafajestes, despresando os feios e até mesmo pessoas de boa aparência que são boas... e aí, já chegam aos 25 desgastadas e no final poucos homens a querem, nem mesmo boa parte dos feios.

      Do mesmo jeito que há muitos homens feios na adolescência e na juventude, que se tornam bonitos, estudando, malhando, dedicando na vida para ser alguém e acabam se tornando médicos, juízes, empresários, etc.

      Use seu instinto por bem, assim como homens também usam. Como foi falado aí, não se manda em instintos gregários.

      Se acha ruim disso, lembre-se o que muitas mulheres fazem com homens feios ou dê preferência a eles... topa?

      Eliminar
  7. É realmente lamentável que um ser humano, seja homem ou mulher, decida erroneamente viver em promiscuidade. Certamente. Porém o texto acima é muito equivocado quanto a postura dessa mulher e de seu marido em relação ao passado dela. É cruel demais viver sobre o peso do passado. "Quem está em Cristo nova criatura é, eis que tudo se fez novo" Se o marido dela a ama de verdade e se ela realmente se arrepende do seu passado sexual promiscuo, então ambos devem orar para que Deus em sua infinita misericórdia faça tudo novo na vida deles e que Jesus venha a sará-la das feridas causadas pela promiscuidade. E não deveriam ficar sendo torturados pelo passado de erros. Outra coisa: ela não diz que o marido dela era virgem e sexualmente puro! A pureza sexual É UM MANDAMENTO TANTO PARA O HOMEM QUANTO PARA A MULHER. E que ninguém venha dizer que a promiscuidade masculina não é um problema. Homens promíscuos são uma verdadeira desgraça, são péssimos pais e péssimos maridos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A promiscuidade masculina é sim um problema MARIA, mas começa então ensinando para TODAS AS MULHERES que não alimentem estes cafajestes e comecem a dar mais valor aos Homens de Deus. Os Homens promíscuos existem porque são alimentados pelas MULHERES. Começa então ensinando as mulheres para descartar os promíscuos que logo todos vão parar de ter ação promíscua e se tornarão filhos de Deus puros e aceitáveis...se as mulheres começarem a valorizar e alimentar apenas os Homens corretos e de Deus, o inverso acontece.

      Os Homens estão SE OBRIGANDO a mudar para ter a atenção da mulher... os Homens de Deus estão vendo que com os cafajestes está dando certo... e porque eles continuariam puros? Eles estão percebendo que ser puro e obedecer aos mandamentos não está funcionando para eles porque as suas próprias mulheres descartam os Homens assim. Comecem então a dar valor aos Homens que não tem tanto dinheiro, que não tem tanta beleza física ou coisas que as mulheres julgam ser de valor para uma relação que tudo isso se resolverá, amiga.

      Mulheres que destroem a vida dos Homens alimentando cafajestes e excluindo os Homens de bem e usando-os (quando ninguém mais a quer) para se sentirem limpas e amparadas... são uma verdadeira desgraça, são péssimas esposas, péssimas mães e péssimas pessoas!

      Que Deus me perdoe as palavras!

      Eliminar
    2. Isso mesmo!

      Há corruptos passivos e ativos. Necessário punir ambos, homens e mulheres promíscuos . Um alimenta o outro.

      Eliminar
    3. "A promiscuidade masculina é sim um problema MARIA, mas começa então ensinando para TODAS AS MULHERES que não alimentem estes cafajestes e comecem a dar mais valor aos Homens de Deus." Trocaria o termo "TODAS AS MULHERES" por "TODOS" e do lado de "cafajestes", "/vadias" porque é fácil demais jogar toda a responsabilidade para as mulheres. A conscientização tem que se dar em ambos os sexos.

      Eliminar
    4. Porque tudo começa com a mulher...ela é que grita, esperneia, chora, agride e tudo o mais. Ela é que tem o apoio da sociedade e é a vítima oprimida e coitadinha. Os Homens tem o estigma de uma minoria cafajeste aumentada por feministas para a destruição da família. Eles não tem direitos, só obrigações. É por isso que elas é que precisam começar a alimentar os Homens de bem para poder direcionar os cafas a serem Homens melhores, e também evitar que os Homens de bem se revoltem (ainda mais)com o que anda acontecendo e se tornem cafajestes ou indiferentes a mulher. Mas pelos vistos, a mulher não tem interesse em salvar a família, a honra a moral e os bons costumes...

      A conscientização deles já começou... eles estão ignorando todas as mulheres, nada mais do que justo!

      Eliminar
  8. Quero ver se a mulher teria a mesma "caridade" com um marido desempregado, doente ou esgotado física e mentalmente... pé no traseiro dele imediatamente!

    "Homens promíscuos são uma verdadeira desgraça, péssimos pais e péssimos maridos!"

    Mas são esses os preferidos delas, ainda que reclamem deles dia e noite, na esperança de domá-los e civilizá-los para inflarem os próprios egos de deusas redentoras. São os tais "homens de verdade", promíscuos porque são a "marca preferida" da maioria das mulheres.

    Ela não dá a mínima se o marido é virgem. Ela quer mesmo é um cara experiente e "rodado", de preferência desejado por muitas outras mulheres.

    Aliás, se um homem quiser ser ridicularizado e desprezado por uma mulher, basta ela saber que ele tem pouca ou nenhuma "experiência na área" para ela questionar sua masculinidade e virilidade (a grande maioria das mulheres não quer saber de homem inexperiente - gostam mesmo dos muito experientes, os que são "homens de verdade" - homem virgem ou pouco experiente lhes dispara o alarme da insegurança).

    Conclusão: pureza sexual não é precioso para a maioria das mulheres (nem para si - para se divertirem com os "homens de verdade", nem para o parceiro - elas não querem um homem inexperiente).

    Se os homens fossem respeitados por suas mulheres por sua inexperiência sexual (pureza), e não mais desejados por sua farta experiência sexual (motivo a mais para correrem o risco de serem "demitidos" por falta de experiência e por incompetência de levarem-nas à loucura na cama), eles também buscariam a pureza. A pureza é, sim, um grande valor, mas é desprezado pelas mulheres.

    O homem está sempre na corda bamba em um relacionamento com mulheres - para isso, surgiu o casamento indissolúvel cristão, jogado na lixeira pelos marxistas e pelas feministas, com as consequências nefastas de destruição da família e da sociedade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. VocÊ está enganado quando diz que não dá a mínima se o marido é virgem. Elas se importa também com isso.

      Eliminar
    2. Eu me esqueci de postar provas disso. Olha o link:
      http://charges.uol.com.br/emails-comentados/2012/12/19/conselho-sentimental-do-dia-585

      Também no yahoo respostas, se você pesquisar com as palavras certas ("ciume passado namorado"), você vai ver que elas sofrem com isso.

      Eliminar
    3. Realmente, a mulher não se interessa por homem inexperiente, ela só diz que interessa se estiver sob pressão ideológica, tendo uma sociedade como testemunha, mesmo que esqueça teu comportamento de aversão ao dito cujo! A biologia vence a ideologia.

      Eliminar
    4. Realmente a mulher não se interessa por homem inexperiente, pois isto vai contra o instinto feminino, de procurar aquele que dá mais segurança para si. Apesar de um cafajeste ser um dos piores parceiros para a mesma, pois este sempre a largará nos momentos em que ela mais precisar. Porém como elas são imediatistas, não são capazes de enxergar este perigo e assim se deixam envolver-se pelo "macho alfa" que lhe instiga virilidade, transpira sexualidade em seus poros e propicie assim "fortes emoções". A mulher só vai dizer que se importa mais por um homem virgem ou inexperiente, caso ela esteja sob influência ideológica, mesmo contrariando todo seu instinto latejante em oferecer para os "alfas" o melhor sexo. Veja também se há mulher interessada em sujeito desempregado, ou sem renda (porque o cara pode ser traficante, mas como pode oferecer muitos bens materiais, tudo bem, e ainda ela se sente num "amor bandido", são muitas emoções). Umas das principais "emoções" que elas buscam é a de se sentir vitoriosa entre um grupo de mulheres(suas amigas), por ter conquistado o "alfa" almejado por todas. Como um sujeito inexperiente, sem trabalho e renda, ou apenas renda, pode propiciar tais "emoções" ou "sensações" para ela?

      Eliminar
    5. Marcel, elas adoram sofrer com o passado do cafajeste e têm orgasmos psicológicos lutando pelo monopólio do "alfa".

      Eliminar
  9. Caaara, o quê comentar? companheiros conservadores, seus comentários estão ótimos; não tenho nada a declarar!

    Maria

    Mas isso á para quem é cristão. E também está escrito:

    "Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá."
    Gálatas 6:7

    Na certa, essa é a consequência dos seus atos (da mulher no texto). E também concordo com os homens daqui: REALMENTE, as mulheres querem mermo é um homem de passado sujo. Isso todo homem sabe, Maria-san, não tem jeito!

    Shalom

    ResponderEliminar
  10. Maria a promiscuidade é um pecado ou erro gravíssimo.
    Apesar do feminismo(que é de ideologia diabólica) apresentar o sexo antes do casamento como algo natural e normal, a verdade é que isso deixa marcas irreparáveis na mulher para o resto da vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, e também que o feminismo prega a "igualdade", ou seja: se o homem pode, eu também posso, inclusive a mulher agir de forma promiscua, como muitos homem agem. Acontece que, para o homem, as consequências SOCIAIS e PESSOAIS são diferentes do que a mulher "moderna" imaginou... já para elas...
      Pecado é pecado, ponto. Sexo fora do casamento é pecado. Só que, inclusive para as mulheres, o homem com esse passado é um homem bom! Inclusive para a própria mulher! acho que esse é o ponto!
      Não sei se me expressei bem mas, é isso.
      Shalom

      Eliminar
  11. Interessante você ter mencionado o fato de a biologia se sobrepor à ideologia, inclusive dando como exemplo o medo de um homem assumir um filho que não é seu.

    Por isso, gostaria de ilustrar esse "instinto" masculino com outro exemplo. Aqui no Brasil, algumas tribos indígenas ainda praticam um ritual abjeto que consiste em enterrar viva uma criança, sempre que ela for gêmea.

    Por incrível que pareça, esse ritual bestial é defendido com unhas e dentes por antropólogos e políticos esquerdistas, os quais acham que o homem civilizado não tem o direito de interferir na cultura silvícola (tenho certeza de que o gêmeo sacrificado deve pensar diferente no momento em que está sendo coberto por terra). Esses esquerdistas estão sempre dispostos a atacar membros da Igreja e da sociedade que condenam a prática assassina dos índios.

    O que os esquerdistas não sabem é que a origem deste ritual deve-se à desconfiança masculina. Isso porque, de acordo com a cultura indígena, sempre que uma mulher der à luz gêmeos, ela foi infiel, pois para eles um homem só é capaz de engravidar sua mulher com um único filho. Se a mulher estiver grávida de gêmeos, eles acreditam que ela necessariamente teve relação sexual com dois homens diferentes.

    Com isso, vemos que independente da cultura, e de qualquer outro fator, o homem instintivamente não aceita promiscuidade.

    Para saber mais, pesquise sobre infanticídio indígena.

    ResponderEliminar
  12. Mari infelismente tenho uma resposta a vc que vc não vai gostar vc diz que ois homens devem se guardar também e que não se pode culpar as mulheres mas eu culpo sim elas pois as mulheres não se importam o quanto o cara e rodado elas até gostam e tenho provas disso um amigo meu e eu vi foi motivo de zueira por ser virgem e o pior ainda foi trocado por um cara que era rodadoe ainda tinha filhos !! Portanto a culpa e d amulher sim pois toda mulher que descobria que ele era virgem fazia pouco dele e ainda faz ou seja vcs mulheres preferem os chamados experientes vcs mulheres são machistas se um cara diz não para se preservar e taxado de gay como já aonteceu comigo e pra limpar o nome depois e um custo! Então nesse caso 50% DA PROSMISCUIDADE DO HOMEM E INCENTIVADA PELAS MULHERES DE HOJE EM DIA !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem mais, cara você disso tudo.

      Os homens conservadores estão sendo ridicularizado.

      Eu imagino a consciência da moça tratada há pouco, olha para

      quem esta do seu lado, e olha para seu passado e se da conta do lixo

      que você é, e pior condenava os homens sendo muito pior do que eles.

      Os valores estão sendo destruído e as mulheres estão sendo a linha mestra, o

      canal principal para isso, e elas não conseguem se dar conta.

      Eliminar
  13. Nossa, reconheço esse discurso como sendo igual ao dos meus colegas da igreja, mas com tanto ódio e xingamentos, aceitando o comportamento promíscuo do homem, vocês certamente não são católicos, muito menos Cristãos... são?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato. E a referência do texto é, como se diz um tal de "fórum realista". Agora convido aos leitores a fazerem uma rápida visita ao tal site. Um show de hipocrisia! Muitos homens se gabando de suas experiências sexuais, mas... mulher pra casar? Somente virgens ou "semi" virgens (2 parceiros no máx.)

      Aquilo ali tem tanto a ver com o Cristianismo quanto um tatu tem a ver com uma torradeira

      Eliminar
    2. Depois de fazerem "uma rápida visita a essa tal site", voltem aqui e tentem refutar o que ESTE site diz.

      Eliminar
  14. Parabéns pelo pelo texto e pelo blog.
    A verdade irrefutável, nua e crua, evidenciada pela observação e experimentação da vida real no dia-a-dia, é a seguinte:
    - Quando jovem (dos 18 aos 30 anos), a mulher moderna quer viver "la vida loka", namorando, ficando e transando com vários e diferentes homens, em especial mulherengos, adúlteros, promíscuos, cafajestes, conquistadores, bad boys e etc., rejeitando os homens bons, fiéis, corretos e honestos que desejam levá-las a sério e constituir uma família;
    - Nessa fase dos 18 aos 30 anos a mulher crê na existência de um estoque infinito de homens, ou seja, que sempre haverá homens disponíveis para o casamento num estalar de dedos;
    - Quando a mesma mulher moderna chegar na faixa dos 30 anos, estiver bem rodada e o Sr. Cronos bater à porta, ela muda de postura, diz que "sossegou", que "já se divertiu bastante", que "cansou daquela vida" e então passa a procurar um "homem bom" (leia-se "otário provedor") pra casar;
    - Ocorre que então os homens bons (do tipo que ela rejeitou durante a fase "loka") já estarão compromissados (namorando/ casados), e aí começará o conhecido chororô e o mimimi das mulheres de que "não há homens bons no mercado", que " ninguém quer nada sério";
    - Quando a ex-promíscua, por sorte, consegue fisgar um desavisado, ela mente, esconde e omite sua vida passada, se dizendo uma "moça de família" que teve "poucos relacionamentos", tudo pra não perder o valor perante os olhos do trouxa;
    - Se o infeliz se casar com ela, o coitado estará condenado a uma vida de infernizações, cobranças e exigências absurdas e insanas, pois o pobre marido nunca conseguirá proporcionar à esposa (ex-promíscua) as emoções com as quais ela se acostumou na fase "loka";
    - Daí a mulher ou trairá o marido (o adultério gera enormes emoções, pois trata-se de um pecado, uma proibição, e diante do risco de ser descoberta) e/ou então pedirá divórcio (que foi facilitado/simplificado pela legislação feminista), levando metade dos bens do coitado, ganhando a guarda dos filhos e uma bela pensão.
    Portanto, exatamente como dito no blog, é importante que logo no início do relacionamento o homem procure descobrir o passado de sua pretendente a namorada/esposa, para minimizar os riscos de ver sua vida transformada num inferno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diagnóstico perfeito! E elas querem que aceitemos esse tipo de vida...

      Eliminar
  15. Respostas
    1. Quanta falta de educação!

      Foi o feminismo que te ensinou isso?

      Eliminar
    2. Que "belo" argumento, Nívia.

      Muito produtivo da sua parte.

      Eliminar
    3. Nivia vagabunda rodada detected...se doeu com realidade..

      Eliminar
  16. Reparem na falta de coerência dessas afirmaçôes: "Ele me ama e toma conta de mim MAS não me respeita. Será que o amor nâo inclui respeito?

    O problema dessa mulher é que nem ela respeita.Tá muito claro que ela se arrependeu de certas decisões que tomou no passado e por isso ainda se inferioriza diante do marido. Deveria nâo esconder ou se orgulhar desse passado,mas assumí-lo e seguir em frente, adotando uma nova conduta, dessa vez que nâo lhe cause arrependimento. Mas nâo acho que esse cara seja uma boa pessoa, se a trata assim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ivone, uma característica que o feminismo possui - incluindo as iludidas por esse "movimento de libertação"(libertação de quê?) feminina - é a falta de responsabilidade pelos atos. Mulheres como a do relato do post acham que podem fazer o que quiserem e ainda por cima saírem impunes. Não pense que você estará quite com suas escolhas (erradas) dizendo simplesmente atrás de um teclado "Eu me arrependi", o buraco é bem mais embaixo...

      ... Mas as feministas e promíscuas só se apercebem disso tarde demais!!!

      http://omarxismocultural.blogspot.com.br/2011/04/zoe-lewis-fui-enganada-pelo-movimento.html

      Eliminar
    2. Ivone, uma característica que o feminismo possui - incluindo as iludidas por esse "movimento de libertação"(libertação de quê?) feminina - é a falta de responsabilidade pelos atos. Mulheres como a do relato do post acham que podem fazer o que quiserem e ainda por cima saírem impunes. Não pense que você estará quite com suas escolhas (erradas) dizendo simplesmente atrás de um teclado "Eu me arrependi", o buraco é bem mais embaixo...

      ... Mas as feministas e promíscuas só se apercebem disso tarde demais!!!

      http://omarxismocultural.blogspot.com.br/2011/04/zoe-lewis-fui-enganada-pelo-movimento.html

      Eliminar
  17. Olha sinceramente este foi o artigo mais patético que eu já li ate hoje, e inda mais patético foi os comentários dos ditos conservadores de plantão, e olha que quem fala aqui é uma pessoa de direita mesmo.

    ResponderEliminar
  18. toda mulher procura alguem que ame ela, mesmo que elas vivam na safadeza a vida toda... elas so se interessam por cafajeste(fato), e procuram nos cafajestes um santo, por isso sao tao enroladas pelos mesmos... se voce ama uma mulher voce tem que fingir que é um cafajeste e fingir que vai trair ela a qualquer momento, so dá presente quando for uma data especial, vir de uma viagem ou fizer besteira. e so falar que a ama quando achar necessario e nao quando tiver vontade. se nao fizer isso e se declarar pra ela como um cara ideal ela vai zombar de vc ou te deixar na zona da amizade pelo resto da vida. ps. se ja tiver com ela e nao fizer as praticas citadas e ser um meloso, prepare-se para levar um chifre do primeiro vagabundo q aparecer...

    ResponderEliminar
  19. Olá.
    Sou leitor assíduo do blog.
    Aguardando minha vez no cabeleireiro no último sábado, vi um artigo numa revista que me chamou a atenção. Gostaria de sugerir que o texto fosse postado aqui no blog.
    Na revista Alfa de fevereiro de 2012, Tati Bernadi, no artigo "O Homem Difícil" nos dá uma amostra da frustração em que vivem essas mulheres que se acham muito espertas, capazes de aproveitar a vida de um lugar acima do bem e do mal.
    Segue o link:
    http://revistaalfa.abril.com.br/sexo/sexo/o-homem-dificil/

    ResponderEliminar
  20. E as mulheres com vida sexual normal? Vocês defendem uma sociedade isenta de qualquer tipo de mulher promíscua, é isso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que você quer dizer uma vida sexual normal? Uma vida sexual só com seu parceiro, sem querer traí-lo e ficar pensando só em emoções o tempo todo como muitas mulheres fazem?

      Aí tudo bem, pois será bom para a mulher e seu parceiro, que terão uma vida próspera e a mulher não terminará como uma mãe solteira ou solteirona desesperada a procura de um bonzinho que ela tanto rejeitava no passado.

      Eliminar
    2. Pelo menos no meu conceito, vida sexual normal não é sexo casual, sodomia, fornicação, hipergamia. Defendemos uma sociedade livre de nazi-promíscuidade via meios de comunicação e sociais em geral, em que sexo é banalizado e dado como algo a ser feito deliberadamente, sem qualquer compromisso e como se fosse algo sem conscequências. Também defendemos uma sociedade em que uma minoria de mulheres não pagam pela nhaca feita por uma maioria de modernetes liberais, como também em que uma maioria de homens não pagam pela nhaca feita por uma minoria de trastes e maus elementos.

      É lamentável como as mulheres modernas acham a promíscuidade algo normal e inclusive saudável. É incrível a aversão que possuem por uma vida casta, também acabando por pregar preconceito brutal aos que preferem seguir um caminho mais reservado. Porém, no fundo, até elas reconhecem que uma vida promíscua não presta e no final, a minoria de maus elementos é a que vence, infelizmente.

      Eliminar
    3. Milena,

      "E as mulheres com vida sexual normal? Vocês defendem uma sociedade isenta de qualquer tipo de mulher promíscua, é isso?"

      O que é mulheres com vida sexual normal para você?

      Eu não posso falar pelas pessoas que comentam no blog, mas defendo mulheres que tenham sim uma vida sexual normal, ou seja, sexo só depois do casamento. Mas ninguém é obrigado a viver desta forma, cada um vive como quer... o que não acho justo é mulheres e homens feministas fomentarem essa liberdade sexual desenfreada que atinge inclusive e principalmente crianças. Não sei se sabes, mas o que os esquerdistas desejam é mesmo sexualizar as crianças, bem como, ver as mulheres 'curtindo' o sexo como se não houvesse o amanhã... Para mim, Milena, o sexo é muito importante para ser feito de qualquer jeito e com qualquer pessoa, além do que, além de fazer parte de um comportamento moral faz parte também de um comportamento religioso em respeito as leis de DEUS.

      Eliminar
  21. 1- A natureza não é justa, a viúva-negra se alimentar do macho após a cópula.

    2- Justiça está apenas em nossas cabeças, não em nossos instintos.

    3- O homem não quer uma parceira que já deu demais porque não quer criar o filho de outro homem (instinto não conhece exame de DNA), ele não é obrigado a suportar o nojo q tem da mulher só porque elas querem direitos iguais, elas que façam o que quiserem, mas aguentem as consequências.

    4- Por natureza os homens podem ficar com varias mulheres (elas preferem esses, quer mais motivo para eles serem assim?), já as mulheres não tem o mesmo luxo, pois os homens tem aversão a ter como parceiras mulheres rodadas, a natureza fez as coisas assim, não venha me culpar ou dizer q essa aversão e nojo é na verdade insegurança, pois quem é homem sabe q não é nada disso (apesar de poder gerar isso também).

    ResponderEliminar
  22. A galera caindo em cima... porra, se você compra um mercedes e lhe entregam um fusca você iria estar puto da cara. A mulher diz 'poucos', depois diz 10 e finalmente depois diz o número exato
    1- Se pode confiar numa pessoa dessas, quais outros pepinos ela estaria escondendo
    2- O cara topou seguir com ela quando ela disse 10 (e já ficou incomodado), foi sacanagem isso que ela fez.

    Karl Marx disse que várias pessoas iriam morrer no holocausto revolucionário... legiões de mulheres ocidentais que fizeram farra dos 20-30 e poucos vão se enquadrar nesta categoria. O feminismo por fim acabou cumprindo sua função que era facilitar a NOM e reduzir a população. Mas os homens tem culpa nisso, se todos se 'rebelassem' e começassem a exigir mulheres boas em alguns anos o comportamento iria começar à mudar. Já há movimentos como MGTOW etc que estão fazendo isso. Andei lendo que a sociedade vai se tornar mais conservadora nos próximos anos/décadas. Que assim seja, até os jovens estão cansados de tanta putaria.... enquanto estamos nas festas está tudo bom, mas agora saber que aquelas mulheres ali vão ser as futuras mães dos nossos filhos é duro viu...

    ResponderEliminar
  23. O único que posso comentar depois de ter lido muitos comentários machistas e estúpidos,é que o machismo está bem plantando no subconsciente humano,dela ou dele, uma ideologia que só planta discórdia entre humanos até hoje...
    Triste ver ambos sexos brigarem por não aceitar a própria condição humana,sem nenhuma moral...
    Todos um bando de "pecadores" que são incapazes de assumir a si mesmos,e assim preferem varrer o "lixo" pra debaixo do próprio tapete!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resposta muito vaga. Sê mais especifica no que dizes de modo a que seja mais fácil entender a tua forma de "pensar".

      Eliminar
    2. Essa vai ser mais uma feminista que faz comentários toscos aqui e vaza fora, pois elas adoram agir assim, afinal refutar os fatos é outra coisa.

      Eliminar
  24. O único erro da mulher nesse relacionamento foi o de mentir para o rapaz. Depois teve que aguentar o fardo de sustentar a mentira e agora fica sendo desvalorizada pelo homem. Deveria ter falado a verdade e não ter iniciado o relacionamento com este sujeito. Ninguém merece ser desprezado por ninguém. Ela deveria falar a verdade e ter arranjado algum marido que não ligue para o passado dela.
    Como se promiscuidade fosse um crime...

    Se no passado ela tivesse agredido alguém fisicamente, roubado ou prejudicado outras pessoas, isso seria irrelevante. Mas, não. Ela compartilhou, consensualmente, momentos de prazer sexual com outras pessoas (se prevenindo contra doenças) e isso é um prática totalmente condenável, nunca mais deve arrumar um marido ou namorado!

    Deixando a ironia de lado. O homem da história contada na postagem também tem o direito de selecionar suas esposas seguindo seus critérios, independente do quão absurdos (para mim) eles sejam.

    E não venha me tachar de "feminista".... Sou a favor da igualdade de tratamentos, direitos e deveres entre homens e mulheres. Acho essa negócio de "cultura do estupro" uma bobagem que só os marxistas/esquerdistas poderiam inventar. O estupro é um crime e deve ser tratado como tal, seja na prevenção, nos cuidados com a vítima e na punição dos agressores (sou a favor de penas severas, tamanha a destruição da dignidade da vítima).

    ResponderEliminar
  25. Não concordo com as ações que a moça realizou em sua juventude.Como dizem a maioria das pessoas, educação vem de berço, e eu tenho quase certeza que a mãe desta moça não perdeu tempo tentando ensinar-lhe alguns valores essenciais para qualquer mulher, como (não digo se manter virgem, pois nem todas as pessoas são adeptas a religiões que preguem a pureza e a castidade até o casamento) se respeitar e valorizar a si mesma, não usando levianamente o próprio corpo.
    Isto,porém,também se aplica aos homens.Só porque a maioria das pessoas se jogam na frente de um trem, você deve fazer o mesmo? Se todo mundo é promiscuo você também tem deve ser?Quanto aos comentários de que as mulheres preferem homens *rodados*,discordo totalmente, pois vocês não estão se referindo a mulheres, mas sim a animais do sexo feminino que não aprenderam a ter respeito por sí próprias.
    Não vejo nada de normal em uma pessoa que teve relações sexuais com vários parceiros(as),e acredito que a maioria que o faz não possui nenhum respeito em relação a sí mesmo e ao próximo, tampouco domínio-próprio para com as oportunidades(nem sempre boas) que a vida oferece.Em conclusão,acredito que os homens se valem da desculpa de que a maioria das mulheres são promiscuas para acobertarem a própria promiscuidade.Se vocês não possuem nenhum domínio próprio a culpa não é das mulheres. Um homem de verdade não se deixa levar pela maioria.(O mesmo vale para as mulheres)
    Aliás, uma mulher normal e que se preze não pode achar que um homem *pegador* e *cafageste* lhes dará mais prazer ou uma vida melhor.No mínimo,ele irá te trair com outras,te tratar mal,e não lhe dar valor.
    Sem contar que não são só os homens que sofrem com este tipo de discriminação (serem julgados pelas relações sexuais e namoradas que tiveram) mas as mulheres também.
    A sociedade acredita que para uma mulher ser uma mulher (bem para que um homem seja homem) é preciso ter algum tipo de experiência.Isso não se vale só para o sexo, mas também para as bebidas, as drogas,etc.É aquela eterna conversa de: Se você não experimentou,como pode saber se é bom ou ruim? Sendo que nós podemos ,ao menos ter uma idéia, se algumas coisas são boas ou não pela opinião de outros que se deixaram levar por essas conversinhas baratas.O exemplo mais perfeito de como um relato pode lhe dar uma ideia de que algo é bom ou ruim é o desta moça, que ao encontrar um homem que a interessou,passou a mentir sobre o seu passado, pois o mesmo lhe trouxe vergonha.
    Por último,mas não mesmo importante, deixo aqui o fato de que não, eu não sou Feminista.Apenas acredito (e tento) levar uma vida de respeito e igualdade com as pessoas ao meu redor, incluindo os homens.

    (Se meu comentário ficou um pouco confuso, peço desculpas.Faz tempo que não comento a respeito de algum assunto claramente polêmico.)

    ResponderEliminar
  26. Onde impera a ideologia, dá nisso.
    Tem pessoal aqui que esquece que a relação não ocorre, em regra, na mesma troca de moeda: quantidade de parceiros sexuais.
    Na realidade, biologicamente falando, existe sim uma troca no relacionamento em que a mulher exige do homem conforto e segurança, ao passo que o homem exige a fidelidade e, em muitos casos, beleza da mulher.
    Nesse sentido, quando se fala no ápice do relacionamento (casamento ou não), o mínimo que um homem no auge dos seus 30 anos, bem sucedido financeiramente e emocionalmente, é de que a mulher dele tenha os requisitos mínimos de troca a qual ele possa se contentar. E, esse requisito, é o mencionado acima.
    È lógico que a exceção.
    O problema é que tem gente aqui que acha que o suposto machismo impõe castidade da mulher com uma opção inaceitavel, e portanto, concepção atrasada.
    Moderno mesmo é mulher querer só os camaradas atenciosos, com vida boa, que tenha carro da hora, apartamento, casa, caroões, etc, etc, etc.
    Pois é.... como a muita hiprocrisia por parte das feminazi, o jeito mesmo é repetir "biologia supera ideologia".

    ResponderEliminar
  27. pra mim isso se chama pensar como servo... resume tudo... quem é livre faz o que quer, e se o outro achou ruim que vá passear... subalternos que afirmam sua subalternalidade merecem mesmo sofrer, não importa qual relação, a regra é a mesma, simples assim. como mulher tenho vergonha por ela, mas, fazer o que? Infelizmente tem mesmo gente que prefere ser assujeitada... esse blog é um exemplo da mentalidade de servo, a escritora é mulher, certo? simplesmente humilhante pra vc, querida, uma posição tão submissa... bom, vai que é fetiche, né? rsrsrsrs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pra mim isso se chama pensar como servo... resume tudo...

      Não há problema nenhum em pensar como um servo.

      quem é livre faz o que quer, e se o outro achou ruim que vá passear...

      Exacto. E é por isso que nenhum homem tem o dever moral de casar com uma mulher promíscua, especialmente quando ela lhe mentiu sobre o seu passado sexual sórdido e perverso.

      subalternos que afirmam sua subalternalidade merecem mesmo sofrer, não importa qual relação, a regra é a mesma, simples assim.

      Continuas com o mesmo erro.
      Não há problema nenhum em agir, pensar e viver como subalterno ou subalterna, desde isso esteja certo.
      O errado é pensar que se pode viver como quer, mas não aceitar as consequências desses mesmos actos. Este texto é um exemplo disso.

      como mulher tenho vergonha por ela, mas, fazer o que?

      Tens vergonha de que parte da vida dela? Da parte durante a qual o corpo dela foi usado por vários homens ou na parte em que ela mentiu ao marido sobre esse mesmo passado?

      Infelizmente tem mesmo gente que prefere ser assujeitada

      E há pessoas que pensam não há consequências nos comportamentos,

      ... esse blog é um exemplo da mentalidade de servo, a escritora é mulher, certo?

      Lá vem mais um ataque duma feminista a uma mulher.

      simplesmente humilhante pra vc, querida, uma posição tão submissa

      Ser submissa é a condição normal e natural da mulher. As mulheres modernas e modernetes é que vivem com a ilusão de que ser submissa é algo de humilhante e opressor, quando é exactamente o contrário (algo manifestado pelo facto de haver tantas mulheres desejosas de encontrar o homem a quem se submeter).

      bom, vai que é fetiche, né? rsrsrsrs

      Ou então é natural.

      PS: o dono do blogue é um homem. Mas eu entendo as tuas limitações.

      Eliminar
  28. Parece que eu sou o mais radical por aqui: casei ano passado, aos 33 anos, e minha esposa aos 29 - AMBOS VIRGENS. E estamos completando 9 meses de lua-de-mel, com as bênçãos de Deus. ;) :D

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem PROFANA e GROSSEIRA.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
-------------
OBS: A moderação dos comentários está activada, portanto se o teu comentário não aparecer logo, é porque ainda não foi aprovado.

ATENÇÃO: Não será aceite comentário algum que não se faça acompanhar com o nome do comentador. ("Unknown" não é nome pessoal).

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PRINT