terça-feira, 29 de outubro de 2013

O feminismo como um ataque à beleza feminina


Um dos objectivos não-declarados do feminismo é gerar nos homens sentimentos de culpa por estes considerarem algumas mulheres mais bonitas que as outras. As feministas, que se encontram na secção mais feia do espectro da beleza feminina, querem redefinir o conceito de beleza de modo a que elas sejam consideradas tão meritórias como as mulheres que são genuinamente bonitas.

Uma das formas de remover o valor estético das mulheres bonitas é enganando-as e fazendo-lhes acreditar que aquilo que os homens qualificam de objectivamente bonito nas mulheres nada mais é uma "construção social" subjectiva. Logo:
  • Ser elegantemente magra não é algo de belo; ser gorda é que é.
  • O cabelo longo não torna a mulher mais bonita; o cabelo curto à tropa ou cabelo curto masculinizado é que faz isso.
  • A pele impecável e cremosa não é digno das mulheres: ter tatuagens de caveiras e frases de teor obsceno é que dignificam o corpo feminino.
  • Saltos altos são feios; a mulher fica mais "atraente" andando de sandálias e sapatos próprios para os homens.
E assim por diante.

Ao mesmo tempo que as mulheres (desproporcionalmente lésbicas) da elite feminista se dedicam a fazer uma lavagem cerebral à população idiotizada, elas vão sendo bem sucedidas em enganar as mulheres bonitas de modo a que estas se tornem vítimas das tendências narcisistas que se encontram no seu ADN privilegiado. Quando estas mulheres bonitas dão início ao seu processo de auto-destruição estético (através da obesidade, dos cortes de cabelo pouco femininos e das tatuagens satânicas), elas não encontram qualquer tipo de resistência por parte da cultura.

Como consequência disso, passamos a ter mais "igualdade" na beleza feminina onde o próprio conceito de beleza foi violado e destruído. As mulheres menos belas são consequentemente (e artificialmente) colocadas ao mesmo nível das mulheres mais belas, e qualquer tentativa de se fazer aquilo que as mulheres fazem com os homens - isto é, separar os homens bonitos dos feios - é recebido com acusações de "machismo", "patriarcalismo" e até "apologia ao estupro".

"Beleza" feminista
A mesma ideia também se aplica ao sexo. Os homens foram criados com a tendência natural de não querer casar com mulheres promiscuas uma vez que elas são mais susceptíveis de levar a cabo uma traição (e, consequentemente, de aumentar as probabilidades dele investir os seus recursos em filhos que podem muito bem não ser seus). Por mais "divertido" que seja ter relações sexuais efémeras e inconsequentes com mulheres promiscuas, os homens irão sempre preferir casar com mulheres mais virginais e mais castas.

Mas quando se cria uma cultura onde a promiscuidade feminina é encorajada, celebrada e financiada (aborto), ao mesmo tempo que é dito às mulheres que elas podem dormir com quantos homens quiserem sem que isso modifique a opinião que os homens têm delas, é dado outro passo enorme rumo ao descalabro social. (E esse é o objectivo)

Como consequência destas medidas - desvalorização da beleza feminina e remoção de todo os estigmas sociais e religiosos associados à promiscuidade feminina - os homens actuais não só se vêm rodeados de mulheres que propositadamente anulam a sua beleza feminina, mas também se vêem rodeados de mulheres que erradamente acham que "o poder feminino" é aumentado à medida que ela vai disponibilizando o seu corpo a uma série de homens que olham para ela como nada mais que um pedaço de carne ambulante.

As feministas estão a ser bem sucedidas no seu propósito de diminuir a qualidade estética e o valor marital das mulheres ocidentais.

Vejam este vídeo gravado no momento exacto em que uma jovem cheia de tatuagens é confrontada pelos dois homens com quem ela mantinha relações sexuais.

video

Notaram em algo estranho? Ela nem se importa que tenha sido qualificada de "slut" (vadia, promiscua, etc) pelos homens que a apanharam na traição. Aparentemente ela não sente qualquer tipo de vergonha ou de culpa, e se nós olharmos atentamente para os seus gestos, parece que ela está fazer algo com o seu iPhone (provavelmente a mandar uma mensagem para um outro parceiro sexual). 

Ela sai da casa, sem qualquer tipo de remorso por ter tido relações sexuais fora do casamento com (pelo menos) dois homens diferentes, e continuará a sua senda de sexo casual com o próximo pobre coitado que a aceitar como "namorada". Claro que ele, também promíscuo (o que é tão errado como a promiscuidade feminina), não terá muito por onde escolher entre as mulheres actuais; como consequência disto, ele será levado a aceitar o passado sexual promíscuo da sua namorada visto que a maior parte das mulheres estão-se a tornar em promiscuas tatuadas.

O movimento que visa acabar com o "slut-shamming" (literalmente, "envergonhar as mulheres promiscuas") tem sido bem sucedido porque em vez dos homens escolherem as mulheres com base na beleza e na virtude (algo que é direito dos homens), eles vêem-se reduzidos a escolher companheiras entre as tatuadas promiscuas.

Para se ter noção do quão socialmente destrutivo o feminismo é, pensemos no que aconteceria se entre os homens surgisse um movimento social que visasse promover homens fisicamente fracos, homens sem gosto pela práctica de desporto, homens sem vontade de trabalhar, ou homens sem qualquer tipo de capacidade de estabelecer a sua liderança masculina sobre uma mulher. Quais seriam as consequências sociais de tal iniciativa? Melhor ainda, será que esse movimento receberia algum tipo de crédito junto dos próprios homens?

Quantas mulheres aceitariam que os homens lhes impusessem o que elas têm ou não têm que apreciar nos homens? Mas é precisamente isso que o movimento feminista está a tentar a fazer junto dos homens ocidentais ao impor um padrão de beleza que não só é mau para as mulheres (ao promover um estilo de vida fisicamente e espiritualmente inferior), como é uma clara tentativa de impedir que os homens exerçam o direito que eles têm de fazer juízos estéticos que estejam de acordo com a sua forma de ser.

Conclusão:

Motivada pela semântica feminista, a mulher colocou de lado a busca pela excelência física e moral, optando pela via mais fácil da destruição da sua figura feminina em nome duma luta contra a mitológica e inexistente "opressão do patriarcado". O que isto implica é que em vez de batalhar pelo aumento do seu valor marital e da sua beleza física, a mulher ocidental resolveu obedecer às suas líderes feministas (lésbicas, na sua maioria), reduzindo de forma colossal a sua própria figura feminina e a sua capacidade futura de manter um casamento estável. Todos perdem com isso - a mulher principalmente. 

Bem, talvez nem todos percam com isso.





131 comentários:

  1. Já até falei sobre isso aqui:

    Enquanto elas reclamam do "padrão-de-beleza-machista-patriarcal-opressor™", para que aceitem gordas, feias e promíscuas, elas ficam postando fotos de homens sarados falando "Multiplica Senhor".

    Essa imagem que desmascara o movimento feminista é bacana: "O corpo é meu e eu fico com que eu quiser... mas os homens não podem rejeitar feias gordas e promíscuas": https://www.facebook.com/photo.php?fbid=205905289555318&set=pb.136207076525140.-2207520000.1383044398.&type=3&theater

    ResponderEliminar
  2. Ah mas qual o problema de usar cabelo curto? Nao tem nenhum, em algumas mulheres cai até melhor de acordo com o formato do rosto, por exemplo a Jamie Lee Curtis (acho que é esse o nome dela), e o meu cabelo é chanel, vai até o ombro.

    e eu era cheinha, agora estou magra, se eu fosse feminista provavelmente em vez de cuidar da aparência eu continuaria gorda, não é só uma questão de aparencia mas também de saude. Sobre namorar, eu estou me guardando, mas espero um rapaz que tenha feito no mínimo o mesmo, porque tenho muitos ciumes da vida pregressa, pra mim pensar em namorar (disse PENSAR), só se ele for virgem tambem, se nao for eu nao tenho dó nem piedade, largo mesmo, eu já tive de fazer isso algumas vezes, acho que se as mulheres fossem mais como eu em vez de preferir o contrario eles se preservariam mais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida nenhuma. Inclusive eu já comentei isto por aqui. Quem determina o comportamento e as regras no que tange ao sexo é a mulher. O poder sexual é da mulher, pois é ela quem decide se haverá sexo ou não, salvo no caso de uma violação criminosa, ato que é veementemente condenado pela sociedade, com toda razão. Se as mulheres resolvem se entregar ao sexo casual, os homens simplesmente vão tirar proveito disso, ou pelo menos uma pequena parcela realmente vai aproveitar, considerando a hipergamia feminina.

      E os globalistas que financiam a revolução cultural sabem perfeitamente disso, tanto que patrocinaram o feminismo para, através dele, promover a promiscuidade e a destruição do arquétipo feminino, ou seja, usaram o poder sexual da mulher contra ela mesma e contra os homens e a sociedade, indiretamente.

      Se as mulheres valorizassem a castidade, e exigissem isso dos homens também, nosso mundo seria outro.

      Eliminar
    2. Aff, quanta BABOSELA. Só podia sair da boca de um macho mesmo. Mulher não quer transar imbecil, mulher quer viver uma vida que condiga com sua integridade psíquica, e se quiser algo de um homem, é ser desejada, amada como ela merece. Nós mulheres estamos conquistando o capitalismo e perdendo a nós mesmas. Dinheiro é lixo, é causa de toda MERDA que existe no mundo hoje.E quem é que trava guerras e faz política e se acha nessa BOSTA, hein ? Praticamente toda mulher alienada (como vc falou, frutos de um FALSO feminismo) pensa que se libertou pq agora ganhar dinheiro e xavecar homens na balada e dar pra quem quiser, ou seja, agora acham que pq se igualaram a machos estúpidos acharam sua identidade. Aí ficam lá se phodendo de TPM e xoramingando por homens que vão comer AS AMIGAS delas ..(magina se fosse inimigas. haha). Se mata

      Eliminar
    3. Quanta BABOSEIRA, Ana Nazaré! Só podia ser escrita por uma feminista boca-suja mesmo!

      As feministas querem mesmo é ser idolatradas como (falsas) deusas e submeterem todos a uma servidão a que não têm direito.

      As feministas estão dispostas a oferecer a mesma devoção a seus maridos e filhos? Não?! Ah, não exija dos outros o que não estiver disposta a oferecer-lhes!

      As feministas não conquistaram o capitalismo, mas foram conquistadas por ele para serem manipuladas por capitalistas privados (liberais) ou estatais (marxistas). Perderam-se a si mesmas? Mas também não querem se encontrar...Esse é o verdadeiro feminismo, não o falso. Por enquanto, é algo conveniente a elas e que será defendido com unhas e dentes.

      Agora, resta a frustração de servirem de pasto para cafajestes (machos estúpidos não representam os homens de bem, os "homens invisíveis" da "friend zone", solenemente ignorados por vocês, feministas), enquanto forem jovens, e de assistirem às outras caminhando na mesma direção enquanto se entopem de coisas doces e gordurosas na frente da TV (e ficando em forma...de barril) para aplacarem a TPM ao serem relegadas ao esquecimento depois de certa idade (a partir dos 25 anos, e em queda livre depois dos 30). Parabéns!

      Eliminar
    4. Confraria é nota mil... direto na veia.

      Eliminar
    5. Nossa Confraria de São João Batista, concordo com muito dos seus pensamentos aqui descritos nos comentários desse texto. Mas, é muito triste a sua declaração de que as mulheres vão estar esquecidas a partir dos 25.. e depois dos 30.

      A vida hoje de uma pessoa média dura cerca de 80 anos (é claro que depende do país, pode ser para mais ou menos). Mas, dizer que a mulher cai ao esquecimento depois dos 25? A mulher não viveu nem 30% de uma vida e já é esquecida só pela idade? Tenho 23 anos, e então quer dizer que só faltam 2 anos para eu iniciar minha fase de retrocesso? É um ultraje!!

      Eu espero que você não quis generalizar, apontando esse tipo de situação apenas para as feministas. Mas querendo ou não, você acaba ferindo outras mulheres que não são desse meio nojento e porco. Tem muitas mulher bonita, tímida ai e honrada de mais de 30 anos que estão sozinhas, tendo como homem da vida delas apenas Cristo, a questão é que tem gente azarenta para a vida amorosa mesmo.

      Querendo ou não, a mulher vai envelhecer... e se você for casar com uma aos 20... e quando ela chegar aos 30 você vai jogá-la no lixo, e procurar outra de 20... 18... 16 ? Envelhecer é um processo natural da vida.

      Eliminar
    6. Amanda, a popularidade da mulher, feminista ou não, COMEÇA (a decadência é lenta e varia de pessoa a pessoa) a cair após os 25. Por quê?

      1. as bonitas e mais jovens chamam mais atenção (a biologia supera a ideologia - leia mais neste blog);

      2. quando passam dessa idade, percebendo isso, param de farrear (porque começam a perder a concorrência ou a ferir-se com cafajestes, se já não carregam cicatrizes emocionais de maus relacionamentos) e começam a tentar capturar algo fixo em certa faixa etária (e, como todas querem o mesmo tipo de homem, a concorrência fica muito brava - o sujeito acabará escolhendo a melhor ou divertindo-se com todas, enquanto o resto dos homens e mulheres ficam a ver navios);

      3. algo descuidado por muitas mulheres é o cultivo das virtudes e de sua feminilidade; capricham na beleza, que COMEÇARÁ a declinar a partir de certa idade, e esquecem-se de aprimorar a arte de ser agradável (algo que até os homens, à sua própria maneira, também devem buscar) e delicada - um tesouro eterno; nenhum homem quer uma mulher grosseira, arrogante, prepotente, seca, fria, insensível, gastadeira, egoísta, narcisista, ególatra, promíscua, indelicada, violenta, maliciosa, alcoólatra, despudorada, boca-suja (=feminista); se gostássemos disso, procuraríamos presidiários ou estivadores para namorar e casar; se a beleza for o único bem da mulher, quando isso se desgastar, nada restará para atrair um homem.

      Veja o gráfico da popularidade de homens e mulheres (idade x valor de mercado) em:
      http://henrymakow.com/2014/02/manosphere-healthy-reaction-to-feminism.html

      Não há azar na vida amorosa; há pessoas com valor de mercado, homens ou mulheres. Depende do que se procura e do que se oferece, e de como consumidor e fornecedor podem encontrar-se. Às vezes, um produto muito bom em uma época e lugar não faz o mínimo sucesso em outras épocas e lugares. Mas há tipos que fazem sucesso em qualquer lugar e tempo.

      Amanda, o "sucesso" da mulher dura pouco. Mas há homens que passam a vida inteira no "fracasso" e nem chegam a ter algum sucesso (pobres, feios, de personalidade estável e pacata - chamados de "sem sal" pelas mulheres).

      Há algo chamado amor, "ágape" (o amor de Cristo, o querer o bem para uma pessoa), e não "eros" (atrair sexualmente) ou "philia" (gostar). Isso segura um casamento e faz com que dois velhinhos se queiram bem, ainda que ambos se tornem horrorosos. Em nenhum lugar afirmei que é correto abandonar mulheres após certa idade. Muita gente só se relaciona com base no "eros" e/ou "philia" - é a casa construída sobre a areia, e não sobre a rocha do amor "ágape". Isso acaba após algumas tempestades.

      Ah, não creio em exceções ao feminismo. O feminismo está tão entranhado nas crenças e práticas das mulheres que elas nem se acham feministas. Talvez uns 5% não seja feminista e não compactue com esse "meio nojento e porco" que você disse. Sabe como descobrir se é ou não feminista? Pergunte-se: "quais diferenças há entre uma mulher da minha idade que vivia no século XIX e eu?" Quanto mais diferenças, mais feminista.

      Eliminar
    7. A sua lógica tem até uma certa verdade dentro das ideologias dos homens, principalmente quando o foco é apenas e unicamente a beleza da mulher. Estão sempre em busca da mulher de 18 anos que sofre mutação estilo Wolverine (nunca envelhece) , loira, de olhos azuis, cabelo liso, IMC quase de uma anoréxica (padrão internacional) e dentes perfeitos, e no Brasil o padrão é a mulher Panicat com uma coxa e bunda do tamanho da de um cavalo.

      E os homens ficam cada vez mais exigentes à medida que tem quase 1 milhão de mulheres para 1 homem hétero disponível. OU seja, o cara tem que ser muito, mas muito feio, pobre, boca fedendo, praticamente um mendigo para estar solteiro, ou então ser opção exclusivamente dele para estar solteiro.

      Mas, existem mulheres lindas de 40 anos que parecem ter 25, como a Raquel Sherazade. Porque a teoria da idade é uma mera questão de aparência. Tem muitas de 20 que parecem ter 40 e outras de 35 que parecem ter 20. Mas a questão é: onde que fica o conteúdo humano disso tudo aí?

      -quais diferenças há entre uma mulher da minha idade que vivia no século XIX e eu? -
      As diferenças que antes a mulher tinha como obrigatoriedade casar para ter estabilidade (era uma fase boa). E hoje,a mulher precisa obrigatoriamente ter estabilidade (financeira) para casar. Você pode ser uma exceção entre os homens Confraria.... mas, a maioria quer casar com uma mulher que trabalhe o tanto quanto eles. Uma mulher que não trabalha é vista como preguiçosa, à toa e que possivelmente vai sugar o marido (interesseira), então dessas os homens em geral fogem.

      Você consegue entender o quanto é puxado para a mulher ser perfeita? Antes dos 25 você precisa estar com um diploma na mão de mestrado, um trabalho estável, independente, linda, durinha e magra. Imagino que você deve estar pensando que eu estou exagerando para tornar discussão mais emocional. Mas não, um bocado de homens querem mulheres assim, só que geralmente eu escuto que é tudo isso antes dos 30 e não dos 25.

      Eu digo que essa visão é perversa, porque soa como uma desesperança. Você chega aos 25 e caminha em uma função algorítmica para o insucesso e solidão. Ou seja, a mulher fica fadada ao fracasso emocional, e é a partir daí que eles ficam mais feministas.

      Ao meu ver, o neofeminismo é tanto culpa dos homens quanto das mulheres.

      Eliminar
    8. Amanda, isso que escreveu são fatos ou apenas imaginação feminista?

      1. Nenhum homem exige perfeição de uma mulher. Um homem sabe que mulheres têm limitações como qualquer outro ser humano.

      2. O conteúdo humano é justamente as virtudes que ele espera encontrar em sua namorada ou esposa. Quantas mulheres bonitas são descartadas simplesmente por serem vazias e sem conteúdo, enquanto mocinhas "sem sal" (segundo outras mulheres) se tornam companheiras inseparáveis? A beleza não põe a mesa, Amanda, só abre o apetite. A mulher graciosa encanta mais do que a bela.

      3. Você já perguntou a um homem quais as prioridades que ele busca numa mulher? Geralmente, uma das últimas é ter emprego, diploma ou carreira.

      4. Mulher interesseira é a que gosta de vida mansa e de torrar dinheiro, dela ou dos outros. Uma dona-de-casa zelosa nunca será vista como uma mulher interesseira ou preguiçosa. Uma dona-de-casa pode fazer uma grande economia nos recursos que esse marido traz para casa, podendo até dispensar que sua esposa trabalhe ao deixar de pagar pela terceirização da educação e entretenimento das crianças, além das tarefas de limpeza e cozinha.

      5. Nenhuma mulher precisava casar-se no século XIX: se ficasse com os pais, seria de grande auxílio, principalmente na velhice dos mesmos. Eram pressionadas para casar-se mais para não saírem parindo solteiras antes dos 20 anos (e causando problemas sociais e familiares) do que por questões financeiras. O custo de vida era bem menor e braços eram mais úteis do que moedas.

      6. A perfeição só é exigida pelas "amigas", que não perdoam pequenas celulites uma das outras. Tem marido que nem repara se a esposa as tem. Para o homem, o que importa é o conjunto harmonioso e uma esposa que o queira bem.

      7. Amanda, se o homem exigisse tanto da mulher como as feministas o fazem, nenhuma seria aprovada sequer para uma "ficada" de uma noite só...

      8. Quando eu disse que a decadência física feminina COMEÇA lentamente após os 25, eu quis dizer exatamente isto: o processo começa, não se conclui e nem mesmo está em avançado estado de decomposição. Após os 30, essa decadência se torna mais patente. Cuidado, Amanda, seu raciocínio está pregando-lhe peças por falta de funcionamento lógico...

      8. Com certeza, há muitos "homens invisíveis" para haver 1.000.000 de mulheres para cada "homem de verdade". Percebi que homens feios, pobres, pacatos, modestos e sem "atitude" (não causam emoções fortes nelas e nem fazem joguinhos de esconde-esconde - alphas ou PUAs) são considerados invisíveis ou assexuados. Não falei que vocês gostam dos mesmos caras de sempre (que se aproveitam dessa popularidade para usarem vocês)? Não falei que os exigentes aqui são vocês?

      9. Fisicamente, os homens brasileiros não gostam nem de anoréxicas e nem de balofas (tipos em franca expansão ultimamente), mas o tipo mediano (em desaparecimento - devido à falta de alimentação saudável e de exercícios físicos). E nem precisa ser uma panicat. O homem quer mesmo é uma mulher minimamente feminina, confiável, virtuosa, agradável, sorridente, dedicada e carinhosa, qualidades que as feministas desprezam.

      10. O fracasso emocional e o feminismo se retroalimentam, mas a causa do fracasso é sempre o credo feminista, e não o contrário. Amanda, acorde, o sonho feminista virou um pesadelo!

      Eliminar
    9. Calma Confraia, estou no mesmo barco que você quando a luta é contra o feminismo. Ele é um câncer na sociedade, que se já espalhou por metástase.

      Sobre a questão da idade, eu falei a mesma coisa que você. O processo de deterioração da mulher começa aos 25 e evidência-se aos 30. Você é que argumentou essa coisa da falta de funcionamento lógico aí só para deturpar meus argumentos. Mas é assim mesmo, está perdoado.

      Os homens estão mais exigentes sim!! Porque em questão numérica, tem significativamente muito mais mulher do que homem, salvo nos países Árabes, China e Índia. Não existe mais um equilíbrio de gêneros.

      Os dados do IBGE mostram que em 2013 foram 5 milhões de mulheres a mais do que homens no Brasil. Pior que isso até onde eu sei só na Rússia, onde são 10 milhões de mulheres a mais. É claro que em todo lugar do mundo nascem um pouco mais de homens, mas na faixa de 14 - 21 anos eles começam a morrer, e sobram infinitamente mais mulheres. Nem vou dizer o tanto de gay que tem por aí, e o quanto isso afeta a nós mulheres.

      É absolutamente racional o cara ser exigente, cada um a seu modo.

      Não sei o seu caso, e nem onde você mora. Mas só para você ter um ideia, a título de exemplo, aqui em MG, principalmente no interior, os homens em GERAL são interesseiros. Só namoram as mais bonitas e ricas. A primeira coisa que querem saber é: onde você mora? você é filha de quem? o que seus pais fazem da vida? É quase uma investigação bancária. Mas geralmente eles reparam primeiramente se suas roupas são de marca ou não.

      O ex-namorado de minha prima só aceitaria casar com ela se ela fosse promovida do seu emprego para gerente, porque ela ia ganhar um pouco mais do que o dobro. Hoje ela está solteira. Esse tipo de homem você encontra em qualquer lugar: faculdade, escola, emprego, padaria, na missa, ...........

      Aqui, você encontra mulheres femininas, confiáveis, sorridentes, carinhosas, bonitas e inteligentes aos montes com menos de 30, 25, 18 anos. Escolha seu prato, o cardápio é farto. Infelizmente é assim. Se onde você mora a situação está ruim para você, arrume suas trouxas e venha pra cá. Você vai mudar o seu conceito rapidinho.

      Como dizem alguns daqui: Mulher é igual mato, brota em qualquer lugar.

      Portanto, os homens estão com tudo e não estão prosa.

      Eliminar
    10. Amanda, infelizmente, muita gente em MG ainda não abandonou a mentalidade gananciosa dos primeiros mineradores de ouro e diamantes do século XVIII (homens ou mulheres). Razão pela qual MG, uma das regiões mais ricas do mundo, arrasta-se como uma lesma econômica e social há mais de 200 anos: a avareza não produz investimentos e nem lucros.

      A despeito dos casos de homens interesseiros que você nota e presta atenção demais, superestimando a dimensão desses problemas, há um universo ainda maior de homens que não agem assim. Aliás, segundo o feminismo, os direitos não são iguais? Muitos homens acham que eles também têm direito de serem interesseiros e exploradores... E tome igualdade!

      Lamento, mas há muito mais mulheres interesseiras do que homens e duvido que em MG haja tantas mulheres boazinhas assim (tenho parentes em MG, já morei em várias cidades por lá e sei o que estou dizendo). Veja só você, por exemplo, que não se acha feminista e diz odiar o feminismo, mas tem um perfil altamente feminista e nem o percebe, inclusive tem essa mentalidade de que há muito mais mulheres do que homens (já que muitos nem são considerados homens pelo simples fato de não serem interessantes ou por não se interessarem genuinamente por você e suas conterrâneas), e que se acham as deusas perfeitas. Só falta dizer que elas namoram cafajestes por falta de opção... Feminismo puro!

      Ah, Amanda, que bom que você se perdoou pelos SEUS erros de lógica (seu coração funciona melhor do que sua cabeça - ainda nem percebeu que os erros de raciocínio são seus, não meus). Nem precisa me agradecer pela caridade de tentar mostrar-lhos. A percepção distorcida de certas pessoas fazem-nas crer em mentiras e a agirem como tolas, exatamente como as feministas. E pior, tentam fazer os outros crerem nas incoerências que elas mesmas pregam.

      Quando mostramos-lhes suas incoerências, elas acham que nós estamos distorcendo o que dizem. Já ouvi isso discutindo com outras feministas - é sintomático. Não adianta continuar. Amanda, já que não voltarei a perder tempo discutindo, que tal fazer um curso de raciocínio lógico?

      Eliminar
    11. Obviamente, me chamar de feminista é uma ofensa, e das graves! Mas, eu te perdoo de novo, você não sabe o que diz.

      Poise, já que vc se diz tão inteligente, deveria analisar primeiramente os números de dados de entidades oficiais que mostram o número de mulheres e homens. Numericamente é incontestável, qualitativamente é relativo. Só no seu Fantástico Mundo de Bob que tem mais homem que mulher. Oh Dios mio!

      O seu discurso é vazio, com muito ódio, sem dados oficiais, apenas no empirismo do seu próprio umbigo. Cuidado, tantos ataques no discurso é sinal de desespero e medo. Nem parece um Cristão (talvez nem seja). Humildade passou longe.

      Só a título de curiosidade mais uma vez, nem precisa dizer que não me perguntou nada: Vou me formar em Economia no meio do ano, vi muito cálculo, econometria, estatística nessa vida. Já dei aula particular e ainda dou de Conhecimentos Bancários e RACIOCÍNIO LÓGICO. Quer aprender um pouco de mercado financeiro? OU a matéria que vc se diz inteligente: Tautologia? Contradição? Conectivos?Negações de termos? Construção da Tabela Verdade?. Você sabe o que é isso?. Não é tão difícil igual os lerdinhos pesam.

      Eu to falando sério.. se você estiver estudando para a CEF te passo um exercícios resolvidos.

      Aprende você primeiro a saber o que é raciocínio lógico para não sair acusando os outros assim não. Você só ataca, e muito pouco argumenta.

      No mais, muito boa sorte! Que você encontra a sua mulher ideal o mais rápido possível, e que sejam muito felizes. E paz de Cristo!

      Eliminar

    12. Amanda,

      Ouso agradecer a atenção e os elogios da sua resposta ao Amigo Confraria, mas em nada acreditaria a pessoa mais leiga no assunto. Em mim também prospera a certeza de que és uma feminista das grandes! já provou isso em outros comentários teus aqui no blog. É incrível perceber uma rapariga tão cheia de imaginação, que tem como verdade absoluta, pesquisas de entidades oficiais com dados falsos e marxistas e não tenha se apercebido da emboscada que é esse mundo feminista. É certo que gostarias de passar a imagem de uma mulher cristã, o que passa longe demais do teu rompante, mas ao ser descoberta pelo Amigo Confraria, procurou fazer-se de vítima e o ataca sem qualquer fundamento a fim de que acreditemos nas suas palavras. Fantasiar sobre o seu Mundo Fantástico Feminista foi recurso de que abristes mão, mas sua criatividade chegou ao fim. Mais vale um jegue que nos carregue do que uma feminista que nos derrube. Mais vale capinar nos matagais do que sermos feitos de trouxa pela Amanda em Minas Gerais.

      Sua vida particular não nos interessa, não muda o tipo de 'mulher forte e independente' que és e o modo como respondeu só ratifica o teu Mega Feminismo. Fica tão mal usar a Paz de Cristo quando teu comportamento não tem como base a Bíblia.

      Paz e bem!

      Eliminar
    13. Ok Pats, obrigada.

      Os dados oficiais são tanto usado para pesquisas marxistas como liberais, são estudos, são científicos.

      Aqui vocês são ultra mega extremistas, com o pensamento de um robozinho, igualzinho as feministas. São cristãos mesmo? ou muçulmanos? Que seja! Nem precisam responder. E olha que os muçulmanos são pessoas extremamente educadas, por mais que a mídia diga o contrário. .

      Cuidado para não morrer engasgados com o veneno da sua própria arrogância. Debates saudáveis são aqueles em que não existem ofensas, apenas diálogos, mas como seu amigo bonzinho começou a disputa...........

      Como olho o e-mail sempre, acabo respondendo o que vocês dizem por curiosidade. Mas podem ficar tranquilos, vou cancelar esta subscrição. Já vou me tarde.

      Muito amor no coração de vocês!!!

      Eliminar
    14. Amanda, "se disse algo errado, corrige-me; caso contrário, por que me bates?". Jesus Cristo assim me ensinou a responder a pessoas que não atacam argumentos com outros argumentos, mas que preferem atacar as pessoas (perdeu, garota!).

      O baixo nível educacional das atuais escolas do Brasil prova que analfabetos funcionais também adquirem diplomas. Seu discurso é uma das provas. Não consegue sequer entender um texto, compreender a realidade ao seu redor e, muito menos, argumentar. Já existe "cota" para feministas também?

      Esclarecendo suas estatísticas: o número de homens é inferior ao das mulheres após certa idade, mas não na idade da "caça", pode ficar tranquila:

      http://www.estadao.com.br/noticias/geral,em-4-anos-havera-mais-homens-que-mulheres-no-brasil,1070401,0.htm

      Trechos:

      O Brasil se torna a cada ano mais masculino. As projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que há mais homens do que mulheres em todas as faixas etárias abaixo de 31 anos.

      Em 2017, deverá haver no País mais homens que mulheres entre 15 e 49 anos - a chamada idade fértil.

      Na população total, continuará havendo mais mulheres que homens ainda por muitas décadas. A razão é simples: elas vivem mais. A expectativa de vida para a população masculina é de 70,6 anos, ante 77,7 para as mulheres. Além disso, como a mortalidade de homens jovens é bem maior que a de mulheres - principalmente por homicídios e acidentes de trânsito.

      Nas idades mais jovens, os homens começaram a ultrapassar as mulheres na virada do século e o processo deverá continuar. (...) Hoje, nascem cerca de 5% a mais de homens do que de mulheres no mundo. Essa proporção já foi observada em vários países. As estatísticas do Registro Civil, por exemplo, mostram que em 2011 foram registrados 104,9 meninos para cada 100 meninas.

      A diminuição da mortalidade no Brasil nos últimos anos, principalmente a masculina, reforça o aumento da taxa da população masculina. "Estamos vendo isso acontecer no Brasil pela primeira vez, nesta geração", explica o pesquisador do IBGE Gabriel Borges. Segundo ele, a sobra de homens na faixa dos 15 aos 49 anos é algo já observado em países com taxa de mortalidade mais baixa.

      Um minuto de silêncio para homenagear mais uma vítima do péssimo sistema educacional brasileiro e do feminismo: Amanda, que também não sabe interpretar estatísticas e nem mesmo encontrá-las.

      Eliminar
    15. Amanda

      De nada.

      Você pode nos julgar da forma como quiser. Tudo que é apontado pelos Confrarias, como no post e nos comentários por parte de seguidores (como no meu caso), é o que acontece a nossa volta de fato e de direito. No mundo em que você vive é assim como descreves...

      Os muçulmanos são pessoas educadas? Por um acaso já fostes para os países islâmicos a ver in loco como funciona a 'educação' islâmica? Com certeza não! Mas olha, nem precisa ir tão longe... vou indicar uma página que trata especificamente sobre este assunto: www.perigoislamico.blogspot.com.br - facebook.com/perigoislamico - Vai que acabes te identificando e viaje para lá, eu disse lá e não alá...rs

      Poderias para já, também me responder o motivo pelo qual as feministas não vão para lá fazer protestos... e homossexuais não militam naquela região? hehe

      Cuidado você, rapariga, e deixa de ser hipócrita. Pois TU viestes aqui confrontar os argumentos dos Confrarias que de forma educada te deram uma aula. E tu ao invés de refutá-los iniciou um ataque pessoal... e ainda vem querer falar em veneno, arrogância e debates saudáveis? Continue a escrever, por favor. É ótimo rir de quem escreve mal e mente. A mentira, quando evidente, é motivo de riso, pelo menos para mim e para todos que compreendem o que se passa aqui. Mas, para você, deve ser um deleite de humor perceber que lhe sorriem tolices...

      Antes de me despedir, comece a ler a Bíblia pra valer e veja o que diz a palavra de DEUS antes de falar em amor no coração.

      Paz e bem!

      Eliminar
    16. Amanda, muito obrigado por nos acusar de ser o que você é (projeção psicológica). Não se esqueça de ler (acima) a destruição das suas falsas estatísticas. Só errei quanto ao lugar de publicá-las.

      Você crê que os muçulmanos são muito educados? Claro, matar e perseguir cristãos ou hindus virou ato de gentileza no seu caderninho de boas maneiras?

      Quer um debate saudável? Quem sabe comece a argumentar? Chamar você de feminista não foi um insulto, foi um diagnóstico provado por A+B. Chamar os outros de extremista (o que você fez) não foi acompanhado de argumentação - então as ofensas partiram de você, certo?

      Claro que quem não cede para o cripto-feminismo seu é rotulado de mega-extremista. Muito agradecido! Aliás, nunca afirmei ser inteligente; só provei que você não o era e nem está bem informada...

      Um minuto de silêncio para homenagear o cérebro natimorto de tantas feministas e cripto-feministas (Amanda).

      Quem é o(a) próximo(a) agora?

      Eliminar
  3. Nunca li tanta besteira.
    Concordo que depois de ter atingindo níveis maiores o feminismo tem sido distorcido, mas vc também distorceu muita coisa nesse texto.
    Não estão colocando nenhuma mulher "bonita" num nível inferior, e nem essas estão se "enfeiando" devido ao feminismo, acontece que beleza é algo totalmente relativo. Vc coloca como se ser totalmente fútil, que só tem esteriótipo de barbie, é que é bonita, existem outras variantes. E é aquela velha história, a beleza está nos olhos de quem vê.
    O objetivo não é mudar os padrões de beleza (que pasme vc, muda junto com o contexto histórico), é apenas fazer com que, as pessoas que não atinjam esse padrão se aceite como ela é sem sofrer. Agora ter tatuagem de caveira e cabelo curto é da escolha de cada uma, e isso não interfere na vida de ninguém a não ser dela.
    Vc diz sobre promiscuidade e aborto.
    Bom, sobre o aborto, eu como mulher penso que o corpo é meu e eu tenho direito de decidir se quero e quando quero engravidar, ainda mais quando a gravidez ocorrer acidentalmente (camisinhas estouram, a pílula do dia seguinte nem sempre funciona; antibióticos interferem na eficiência do anticoncepcional e assim vai...), ou principalmente se essa gravidez ser resultado de um estupro, que ainda acontece bastante.
    Legalizar o aborto não que dizer que a mulher vai deixar de se proteger e vai engravidar e abortar a deus dará, mas que agora ela terá condições dignas e seguras de interromper uma gravidez se assim precisar ou desejar. E outra coisa que é bem verdade mas a maioria parece esquecer, é uma decisão de cada uma que não interfere na sua vida, então pare de falar asneiras.
    E a promiscuidade, tem que rir pra não chorar! Feminismo não prega promiscuidade, só diz que mulheres tem o direito de autonomia dos seus corpos sem que ninguém fiquem julgando como vadias, putas e por aí vai. Se a mulher teve relações sexuais com mais parceiros, outra vez afirmo, é problema dela. Isso não quer dizer nada. Vc afirma coisas como se todos os homens apenas procurassem uma boneca de plástico virgem pra casar, e esquece que mulheres também são pessoas com desejos e necessidades assim como os homens. E outra coisa, quem disse que a única busca de mulher é o casamento? Pode ser que muitas ainda tenham isso como um sonho, mas a realidade vem mudando. E casar não é algo que apenas precisa acontecer "pq é o costume correto de uma sociedade respeitável", mas sim pq primeiramente tem que existir um casal que se ama e querem ficar juntos. Ponto. Agora se a mulher ou o homem tiveram muitas relações sexuais anteriormente é um problema que os dois devem resolver. Agora vc quer que as mulheres regridam pra um passado que só eram seres educadas pra servir o marido e mais nada, que devem manter o seu pudor e castidade de ninfa mágica da floresta encantada. Mulheres também são seres humanos, e como tal tem o direito de fazer o que bem entende de sua vida sexual.

    Na sua conclusão, vc diz que "a mulher colocou de lado a busca pela excelência física e moral, optando pela via mais fácil da destruição da sua figura feminina em nome duma luta contra a mitológica e inexistente". Vc acha que a única busca da mulher é a beleza da forma? Existem coisas mais importantes na vida. As vezes ela tá mais preocupada em investir numa carreira profissional, e deixa a "tão importante busca da beleza" de lado. Ou então, ela simplesmente não tá nem aí com a beleza, sabe que existe outras coisas mais importantes que isso, e que outras pessoas (tanto homens e mulheres) interessantes também conseguem enxergar.
    Então pare de sentar e escrever as "verdades" do que as mulheres devem ou não fazer para se classificarem como mulheres, segundo a sua visão pífia e limitada, e vá atras da sua bonequinha de plástico. Pq variedade é o que mais existe por ai.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jessica

      O feminismo não tem sido distorcido, ele é o que é... cada vez pior como podemos ver nesses ínfimos links:

      Feminismo 1

      Feminismo 2

      Feminismo 3

      Feminismo 4

      Feminismo 5

      O feminismo faz de tudo para que mulheres bonitas não se cuidem mais e as desfiguradas de corpo por problemas ou alimentação, continuarem assim.

      Assassinar bebés em vida uterina faz parte da agenda feminista...'meu corpo, minha b*, meu filho, mato eu'. chocante demais isso. Pior ainda é a forma como vocês feministas justificam a morte de um filho. Entenda, legalizar o aborto é legalizar um assassinato de uma vida em nutrição... sendo assim vamos legalizar a pedofilia, o assalto, o estupro, o roubo, o assassinato para quem já nasceu, com a mesma justificativa que vocês alegam para o aborto.

      A única pessoa que fala asneiras aqui nesse post é você.

      O feminismo não prega a promiscuidade, ele só ensina para crianças a partir do momento que nascem que elas são donas do seu corpo e podem DAR para quem quiser, quando quiser, como quiser porque o corpo é delas... mesmo que ela sofra terríveis consequências com a promiscuidade como filhos precocemente, doenças DST e disturbios emocinais.

      Se uma mulher que ser promíscua o problema é dela. Agora, formar um movimento e aliciar as mulheres com mentiras de forma a incitar que todas elas sejam assim, é um crime. Isso não é livre e espontânea vontade, isso é opressão, feministas... muitas mulheres não gostam desse comportamento, aceitem isso.

      Homens e mulheres não são iguais fisicamente, psicologicamente e muito menos biologicamente.

      Então pare você de destilar o lixo feminista por aí escrevendo as suas 'verdades' do que as mulheres devem ou não fazer, porque sou mulher E ODEIO O FEMINISMO, entendeu? Não são as mulheres, são as feministas, começa escrevendo corretamente, ok?

      Procure você um bandido forte daqueles que vocês feministas adoram, de preferência um traficante armado. Se apanhar não vem chorar...

      Eliminar
    2. Jéssica,

      Concordo que depois de ter atingindo níveis maiores o feminismo tem sido distorcido, mas vc também distorceu muita coisa nesse texto.

      O que foi distorcido?

      Não estão colocando nenhuma mulher "bonita" num nível inferior, e nem essas estão se "enfeiando" devido ao feminismo, acontece que beleza é algo totalmente relativo.

      Claro que estão se enfeiando, vide a quantidade enorme de gordas, gordinhas e desarrumadas nos movimentos feministas.

      E a beleza não é algo relativo, é algo embutido em nós e há até neurologias e artigos científicos mostrando que o cérebro reconhece a beleza e simetria no rosto das pessoas.

      Vc coloca como se ser totalmente fútil, que só tem esteriótipo de barbie, é que é bonita, existem outras variantes. E é aquela velha história, a beleza está nos olhos de quem vê.
      O objetivo não é mudar os padrões de beleza (que pasme vc, muda junto com o contexto histórico), é apenas fazer com que, as pessoas que não atinjam esse padrão se aceite como ela é sem sofrer.


      Mentira. O objetivo é fazer com que os homens aceitem as mulheres mais feias e gordas enquanto o nível de exigência das mulheres só aumenta.

      Nunca vi nessas campanhas de gordinhas, uma gorda abraçada com um homem gordo / feio feio ou alguma gorda / feminista colocando a imagem de um homem gordo / feio falando: “Multiplica senhor!”. NUNCA! É sempre um musculoso / sarado. Se fosse relativo isso não aconteceria.

      Agora ter tatuagem de caveira e cabelo curto é da escolha de cada uma, e isso não interfere na vida de ninguém a não ser dela.

      Cabelo curto até que vai, mas tatuagem? Para quê colocar imagens horrorosas e obscuras que dificilmente saem no seu corpo? Para boa parte dos homens uma mulher tatuada normalmente tem um comportamento promíscuo.

      Legalizar o aborto não que dizer que a mulher vai deixar de se proteger e vai engravidar e abortar a deus dará, mas que agora ela terá condições dignas e seguras de interromper uma gravidez se assim precisar ou desejar.

      Significa sim, tanto que há estatísticas mostrando isso nos países em que o aborto foi legalizado e não tem dessa de “interromper uma gravidez se assim precisar ou desejar”, pois isso é o mesmo que matar uma pessoa assim que precisar ou desejar.

      E outra coisa que é bem verdade mas a maioria parece esquecer, é uma decisão de cada uma que não interfere na sua vida, então pare de falar asneiras.

      Interfere na vida de uma criança inocente que nada fez.

      E a promiscuidade, tem que rir pra não chorar! Feminismo não prega promiscuidade, só diz que mulheres tem o direito de autonomia dos seus corpos sem que ninguém fiquem julgando como vadias, putas e por aí vai.

      Claro que prega, tanto que há feministas falando para as mulheres darem para todo mundo e se uma mulher dá para todo mundo é claro que ela é uma vadia! Precisa dizer algo tão óbvio?

      Se a mulher teve relações sexuais com mais parceiros, outra vez afirmo, é problema dela. Isso não quer dizer nada. Vc afirma coisas como se todos os homens apenas procurassem uma boneca de plástico virgem pra casar, e esquece que mulheres também são pessoas com desejos e necessidades assim como os homens.

      O problema é dela mesma, mas que ela não venha reclamando que está sendo julgada ou que nenhum homem a quer, pois homens simplesmente não gostam de mulheres rodadas.

      Ninguém afirmou nada como se homens procurassem bonecas de plásticos, mas sim que homens gostam de mulheres mais puras e menos rodadas e detestam as promíscuas!

      Eliminar
    3. E outra coisa, quem disse que a única busca de mulher é o casamento? Pode ser que muitas ainda tenham isso como um sonho, mas a realidade vem mudando. E casar não é algo que apenas precisa acontecer "pq é o costume correto de uma sociedade respeitável", mas sim pq primeiramente tem que existir um casal que se ama e querem ficar juntos.

      Ninguém disse que a única busca da mulher é o casamento... e como você confirma muitas tem esse sonho mesmo e apesar da realidade estar mudando, as mulheres estão ficando cada vez mais infelizes.

      Agora se a mulher ou o homem tiveram muitas relações sexuais anteriormente é um problema que os dois devem resolver.

      Se a mulher teve muitas relações sexuais, dificilmente um homem vai querê-la... e se um homem teve muitas relações sexuais, aí facilmente, boa parte das mulheres infelizmente irão querê-lo, pois mulheres adoram homens rodados.

      Agora vc quer que as mulheres regridam pra um passado que só eram seres educadas pra servir o marido e mais nada, que devem manter o seu pudor e castidade de ninfa mágica da floresta encantada. Mulheres também são seres humanos, e como tal tem o direito de fazer o que bem entende de sua vida sexual.

      As mulheres não eram educadas só para servir o marido. Elas tinham muitos direitos no passado e sempre foram admiradas.

      Quanto a mulher poder fazer o que bem entende com sua vida sexual, só não reclame, como falei, das consequências depois.

      a sua conclusão, vc diz que "a mulher colocou de lado a busca pela excelência física e moral, optando pela via mais fácil da destruição da sua figura feminina em nome duma luta contra a mitológica e inexistente". Vc acha que a única busca da mulher é a beleza da forma? Existem coisas mais importantes na vida. As vezes ela tá mais preocupada em investir numa carreira profissional, e deixa a "tão importante busca da beleza" de lado. Ou então, ela simplesmente não tá nem aí com a beleza, sabe que existe outras coisas mais importantes que isso, e que outras pessoas (tanto homens e mulheres) interessantes também conseguem enxergar.

      Em nenhum momento foi dito que a beleza da mulher é da sua forma, apesar de muitas acharem isso e usarem seu corpo como “arma” para conseguir o que quer. Se ela está preocupada com a carreira profissional ou não é relevante, pois em nenhum momento foi dito isso.

      Então pare de sentar e escrever as "verdades" do que as mulheres devem ou não fazer para se classificarem como mulheres, segundo a sua visão pífia e limitada, e vá atras da sua bonequinha de plástico. Pq variedade é o que mais existe por ai.

      Típico ataquezinho para tentar desviar do assunto e não refutar o que foi dito.

      Eliminar
  4. Então você acha que deve ser um direito de uma mulher matar outra mulher, ou ainda um homem, num estado extremamente indefeso de sua vida?

    Feminismo prega promíscuidade sim. E não só isso, mas pelas suas próprias palavras, a própria morte também. "O corpo é seu", mas o indivíduo indefeso, não. Você NÃO tem o direito de matar qualquer indivíduo inocente.

    A decisão não interfere na vida de outrem? VOCÊ SÓ ESTÁ MATANDO OUTRA PESSOA, e isso não interfere??

    ResponderEliminar
  5. Eu ia falar aqui, mas a Jéssica disse tudo :3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem perca seu tempo...ele acabou. Torço para a Contraria vir aqui responder a Jéssica... quem sabe com tais palavras vocês duas acordem.

      Eliminar
    2. ... e tem as refutações humilhantes que a Pats, Mary Ann e eu deram, das quais você e ela não vão conseguir refutar e ficarem caladinhas. ;)

      Eliminar
  6. Eis a explicação, de uma forma didática e objetiva, da situação atual do mundo e do Brasil, nas palavras do dissidente soviético Yuri Bezmenov, em palestra proferida no ano de 1983 na Summit University de Los Angeles, Califórnia, EEUU, e em entrevista concedida em 1984 ao jornalista G. Edward Griffin. Claro que ninguém acreditou. O resultado pode ser visto, principalmente no Brasil, terreno fértil para a germinação do lixo ideológico comunista.

    http://www.youtube.com/watch?v=xgJD4YJ2TOc

    http://www.youtube.com/watch?v=kJqVB0fcRyA

    ResponderEliminar
  7. Eu vi que o autor só blog botou um link para fotos das "feministas mais feias". Aonde que pessoas só jeito delas são feias? Elas são normais e gostam delas mesmas como são. Sei lá, eu acho que nós somos seres humanos que temos gosto próprio de aparência, e não coisas que devem ser as mais lindas só mundo. Nada contra as "elegantemente negras com cabelão que gostam de saltos" mas ditar um padrão já é fora dos limites e até as conservadoras acham que não devia ter esse conceito :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você mesma está admitindo que elas são feias.

      Como já falei, nosso cérebro reconhece isso, perfeitamente.

      Quem namoraria com aquela gorda de cabelos ruivos fazendo apologia a promiscuidade na foto ou aquela versão feminina escrota do Justin Bieber à direita?

      Se o padrão foi ensinado mesmo, Nath, pegue fotos daqueles homens gordos, pobres, desdentados, de mendigos e compartilha um monte no seu face, dizendo: "Multiplica Senhor"!

      Eliminar
    2. Eu não falei que elas são feias, eu disse que elas são bonitas só jeito que são '-' quem namoraria uma delas? Ué, um cara com bom senso que vê o interior :p e antes de falar que eu sou hipócrita, eu apoio o mesmo para os homens fora só padrão de cara sarado com cabelinho swag

      Eliminar
    3. Sua opinião é relevante.

      A maioria dos homens não vai querer uma promíscua gorda ou parecida com o Justin Bieber.

      Não precisa ser só sarado, com cabelinho swag para ser querido pelas mulheres. Tem muitos por aí que embora não sejam sarados, estão em forma, tem boa aparência para e as mulheres correm atrás... e aí?

      Namora esse magrelo ou gordão da foto, Nath. Como uma sociedade pode julgá-los feios?

      E não se esqueça: compartilha frases no seu facebook com gordões ou magrelões falando: "Multiplica Senhor 10 x".

      Eliminar
    4. Sem contar que boa parte das mulheres dessa foto poderia ser minimamente atraente se se cuidassem!

      Por exemplo, pegue a mulher de visual masculinizado à direita e dê uma repaginada no visual nela, conferindo-lhe uma aparência digna de mulher, e garanto que iriam aparecer muitos interessados

      Eliminar
  8. É claro que os homens não gostam de de se casar com mulheres que tiveram relações sexuais, a maioria foi/é ensinada a não se casarem com "cachorretes" aí eles se acostumam com essa educação e fazem todo esse mínimo que vocês conhecem, quando na verdade eles foram/são cegados por uma construção social que tem desde milênios e até perdem a chance de ter uma parceira legal por causa dessa frescura :v

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e até perdem a chance de ter uma parceira legal por causa dessa frescura :v
      Se ela é uma promíscua, então não é uma "parceira legal".

      E o facto dos homens não quererem ter um relacionamento sério com mulheres rodadas não é uma "construção social" mas algo que está embutido na psicologia natural do homens.

      Do mesmo modo, a tendência natural da mulher preferir homens mais altos, mais fortes, mais ricos, e de status superior, não é uma "construção social" mas algo que faz parte da psicologia feminina.

      O que se passa é que vocês feministas aceitam as vossas preferências mas ficam irritadas com o facto do homem ser livre para ter preferências.

      Eliminar
    2. [ironic_mode]

      É claro que as mulheres não gostam de se casar com homens feiosos, pobres, desajeitados, que não usam perfume, a maioria foi / é ensina a se casar com "bombadões" aí se acostumam com essa educação e fazem todo esse mínimo que vocês conhecem, quando na verdade foram / são cegados por uma construção social que tem desde milênios e até perdem a chance de ter um parceiro legal por causa dessa frescura :v

      [/ironic_mode]

      Realmente, Nath, você ‘tá serta’!! Inclusive aquela tal de 'Zaxy Princess' que você tanto fala que são lindas no seu blog foram feitas por nossa sociedade machista!! Elas são horríveis!! Jogue todas elas fora e comece a falar no seu blog para as mulheres andarem descalças, com pés sujos ou de galochas ou tênis / sapato / sandalha que nossa sociedade considera horrível e indique algumas!! Tire até fotos de você andando pela rua assim e post para nós!!

      E essa foto sua aqui? Por que você tira foto, fazendo pose, bem vestidinha, penteada, com sua Zaxy e ainda fala que é para as invejosas babarem? Quem babaria de um padrão de beleza imposto?

      Tire uma foto despenteada, com uma galocha ou com pés sujos, com roupas horríveis e fazendo uma pose que nossa sociedade considera horrível e diga que é para as invejosas babarem!! Ficaria ótimo! E posta para nós aqui, que iremos babar também!

      Que tal também começar a compartilhar imagem daqueles homens feios, tímidos, gordões, pobres, virgens, desdentados, falando "Multiplica Senhor 10 x"?

      Compartilha lá e namora com um e mostre tudo aqui para nós 'conservadores-de-extrema-direita'!!

      Aqui está um bom para você começar: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=466386400135058&set=a.455653094541722.1073741828.453112758129089&type=1&theater

      E esse daqui? Veja que delícia!!! Namora com um e compartilha imagens assim!!

      Vai ser ótimo fazer tudo isso, né não?

      Todos que estão ao seu lado iriam rir... oops, quero dizer, te amar!

      Eliminar
    3. Véi, essa postagem da Saco foi a mais de um ano atrás, eu nem uso mais ela '-' sobre os caras, eu gosto de um meio termo sabe? Não curto aqueles caras perfeitões :p

      Eliminar
    4. Se foi há mais de um ano atrás é relevante.

      Você falou de aparência e padrões de beleza em seu blog e ao mesmo tempo condena quando é do seu interesse.

      Vai lá postar fotos mal arrumada, despenteada e com roupas rasgadas, vai. Muitos irão adorar.

      Ainda prefere o meio termo, ou seja, prefere aparência sim, enquanto os homens não podem preferir. :p

      Muito bom e coerente.

      Eliminar
    5. Olha, vocês falaram tudo. Me faz lembrar que muitas feministas ficaram indignadas quando uma revista feminina brasileira publicou uma matéria abordando a preferência de alguns rapazes, e elas focaram no fato de que um deles exigia uma mulher depilada, e o tachando de machista por isso! Pior, diziam que era hipocrisia por parte dele cultivar uma barba e querer que a mulher se depile. Lógica bizarra, que faz tanto sentido quanto dizer que eu tenho de ser loiro para querer uma namorada loira. Quebrei as pernas delas quando lembrei que a feminista-mor do grupo respondeu a uma propaganda de uma lâmina de barbear, que exigia que os homens raspassem tudo, dizendo que eles não deveriam se submeter a essa ditadura da beleza e se solidarizou dizendo que até gosta de homens peludos. Ora essa, mas ela é depilada e queria um homem peludão? Que hipocrisia. Não é essa discussão abaixo, o link original da página feminista já não existe mais, mas enfim, é isso.

      https://www.facebook.com/tuliovianna/posts/10200940477892679

      E aqui mesmo algumas dessas mulheres não demonstraram respeito às liberdades alheias, como essa Nath e essa Pat.

      Eliminar
  9. Eu vou explicar, todos os caras e todas as mulheres que gostam da aparência del_s não deviam ser chamados de fei_s e nem alertad_s que a aparência deles (cansei de usar underline '-') não está à altura. Eu aposto que vocês falam isso pra mim e depois compartilham fotos tristinhas de anoréxicas no face :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Eu vou explicar, todos os caras e todas as mulheres que gostam da aparência del_s não deviam ser chamados de fei_s e nem alertad_s que a aparência deles (cansei de usar underline '-') não está à altura"

      Exato!! Os que gostam de aparência não deviam ser chamados de feios, pois eles são todos lindos!! Como vamos falar que a aparência deles não está a altura se eles são lindos e padrão de beleza é uma construção social como você mesma falou? Fazendo algum contorcionismo lógico?

      "(cansei de usar underline '-')"

      Porque continua usando então?? Não use, oras, até porque usar essa tecla cansa e exige um tremendo esforço físico e mental! Ainda mais para esquerdistas, que falam uma coisa e depois fazem o oposto.

      "Eu aposto que vocês falam isso pra mim e depois compartilham fotos tristinhas de anoréxicas no face :p"

      Nossa, como você, que nos conhece, nos tem no seu face e sabe tudo sobre nossas vidas adivinhou?

      Estou ferrado agora, você ganhou a aposta! Quanto vamos ter que te pagar?

      Falando nisso, já postou uma foto sua no seu blogue com alguma sandália horrível e de você mal penteada, vestida e toda suja para mostrar o quanto isso é lindo?

      Já postou fotos de gordões no seu face, de magrelões, pobres e desdentados, falando para multiplicar?

      Estou no aguardo.

      Eliminar
  10. Será que num futuro bem próximo , um homem poderá ser processado por não querer se envolver com uma mulher que não lhe seja atraente , seja no físico e seja na personalidade ? Daqui a pouco feministas vão querer impor imposto sobre a solteirice masculina .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, porque a gente tem bom senso mas o pessoal pega uma minoria ruim pra distorcer igual você tá fazendo com essa coisa só processo. O que a gente quer e que ninguém (nem os homens e nem as mulheres) seja julgado pela aparência justamente pra ninguém sofrer e achar que não é à altura da moda e tals. O que é ser fisicamente atraente pra você? A beleza é uma coisa muito relativa e tem pessoas com deformidades que se casaram, então esse argumento não é lá aquela coisa. Na personalidade depende muito, eu acho que o importante para uma pessoa poder ser amada é ela ser amável e não fazer mal ao próximo ...e claro, gostar da pessoa com quem ela quer ter o relacionamento seja ele sério ou não :v e é óbvio que o maior objetivo da maioria das mulheres não é o casamento exatamente, mas a felicidade e qualidade de vida ...mas não se preocupe, tem gente que casa e sempre vai ter ao contrário das falácias de exagero (tipo a "não terão mais famílias") que os conservadores fazem para continuarem tendo seus conceitos glorificados pela mídia e pela sociedade.

      Eliminar
    2. "Não, porque a gente tem bom senso mas o pessoal pega uma minoria ruim pra distorcer igual você tá fazendo com essa coisa só processo."

      Não há gente de bom senso. Há feminismo. Nesses sites é sempre a mesma coisa: machismo em tudo, homem branco mau, cristianismo mau, aborto, homossexualidade, "gordofobia", etc.

      "O que a gente quer e que ninguém (nem os homens e nem as mulheres) seja julgado pela aparência justamente pra ninguém sofrer e achar que não é à altura da moda e tals."

      Mentira. Nessas campanhas de gordas e contra o padrão de beleza, nunca se vê um homem gordo abraçado com uma gorda e artigos para aceitarem homens feios. NUNCA! Você, além de desinformada é mentirosa.

      "O que é ser fisicamente atraente pra você?"

      Tudo aquilo que se refere a simetria, proporção, a razão áurea, coisa que querendo ou não, seu cérebro reconhece.

      "A beleza é uma coisa muito relativa e tem pessoas com deformidades que se casaram, então esse argumento não é lá aquela coisa.

      Existem, mas são poucos, enquanto muitos, inclusive caem na ilusão de beleza interior, enquanto as mulheres ficam preferindo é cafajestes.

      "Na personalidade depende muito, eu acho que o importante para uma pessoa poder ser amada é ela ser amável e não fazer mal ao próximo ...e claro, gostar da pessoa com quem ela quer ter o relacionamento seja ele sério ou não :v"

      Seria ótimo se isso fosse verdade, mas tem muito homem por aí que é assim e dificilmente consegue uma mulher, enquanto elas ficam preferindo cafajestes e ricões de carrão. Como você mesma confirma: "(...) ter o relacionamento seja ele sério ou não :v"

      Não existe essa de "ou não", se a pessoa quer ter um relacionamento sério... pena que a maioria das mulheres vai pelos que não querem.

      " e é óbvio que o maior objetivo da maioria das mulheres não é o casamento exatamente, mas a felicidade e qualidade de vida ..."

      Ou quem sabe fortes emoções? Como diz esse artigo: "As mulheres também se entendiam facilmente. Necessitam de emoção o tempo todo, pois são mais emotivas que racionais. É por isso que depois de alguns anos perdem o interesse no marido e procuram emoções fortes com cafas e amantes. A maioria dos pedidos de divórcio são feitos por mulheres. Às vezes pelo marido ser bonzinho demais, às vezes por ser um canalha. Enfim, elas não sabem o que querem. São ilógicas."

      "mas não se preocupe, tem gente que casa e sempre vai ter ao contrário das falácias de exagero (tipo a "não terão mais famílias") que os conservadores fazem para continuarem tendo seus conceitos glorificados pela mídia e pela sociedade."

      Ah, preocupamos sim: o número de mães solteiras e de divórcios só aumentam... além da promiscuidade entre mulheres, adolescentes indecisos em relação ao seu sexo e adolescentes grávias, gays, músicas absurdas, pobreza, favelas, etc.

      Tudo isso é evidência do que falamos. Obviamente, famílias sempre haverão, embora em um número cada vez mais diminuto e há quem defenda que essas famílias que mantém os bons valores serão os que sobreviverão ao desastre em curso atual.

      Conceitos glorificados pela mídia e pela sociedade? Está precisando rever seus conceitos.

      Eliminar
    3. "o número de mães solteiras e divórcios só aumentam" então pelo o que eu entendi, você acha que todas as mães precisam ser casadas para criarem uma criança e que os casamentos são bonitinhos igual nós filmes? Você tem que rever seus conceitos. Já pensou que o número de divórcios aumentou por causa de brigas horríveis que chegam a ter anos de duração, entre outros motivos iguais ou piores e as pessoas não aguentam?e já pensou que tem mães solteiras (tipo a minha) que conseguem criar bem a(s) criança(s)? Sobre a "promiscuidade" de que você tá falando ...meu filho, somos seres humanos com desejos, e não coisas que devem se encontrar como os elementos químicos (puros) para ter dignidade e uma vida boa e elas estão exercendo o livre árbitro delas, e não adianta se preocupar porque ainda vai ter essa liberdade mesmo que vocês atrapalhem (igual sempre fizeram) mas eu aposto que se você tiver um filho, cê não vai ficar pegando no pé dele. Isso dia adolescentes indecisos é algo muito delicado, e nem eu vou conseguir explicar isso direito porque eu só tenho o conhecimento daquelas pessoas que já tem certeza de como querem ser :\ mas é claro que nesses casos, a pessoa não pode sofrer de preconceitos e tals (tals = mimimis da sociedade) porque ela pode ficar triste :p sobre as adolescentes grávidas, isso é resultado de uma educação (tanto sexual quanto comum) precária e até eu acho que não é bom ter relações nessa fase. Eu não preciso falar sobre os gays porque é óbvio que eu acho que eles estão exercendo a forma de amor deles e ainda tem muito preconceito por parte de pessoas como você. Eu também não gosto das músicas absurdas tipo os finja e aqueles sertanejos universitários que quase sempre botam as mulheres como cachorretes interesseiras e que impõem que os caras devem ser os pegadores gostosões e cheios da grana (que também é um padrão que eu sou contra). A pobreza e as favelas vieram todas da corrupção, que é praticamente a pior coisa que tem, principalmente no nisso país e também pela falta de investimentos na educação, que produzem a ignorância por parte das pessoas. Número cada vez menor de famílias? Talvez tenha, mas se você pensar bem, família não é só mãe, pai e crianças, igual aparece em TODOS os comerciais e programas. As famílias alternativas também devem ser reconhecidas como famílias ;) Depois eu cimento sobre isso do desastre porque eu ainda não li o artigo. Conceitos glorificados pela mídia e pela sociedade? Veja alguns comerciais (os de comida, roupas, PRODUTOS DE LIMPEZA E CERVEJA...) na sua TV que você vai entender, ou converse sobre algum desses temas para alguém que você conhece (conservador(a) assumido(a) não vale, hein).

      Eliminar
    4. Nath,

      então pelo o que eu entendi, você acha que todas as mães precisam ser casadas para criarem uma criança e que os casamentos são bonitinhos igual nós filmes? Você tem que rever seus conceitos.

      Em nenhum momento eu disse que todas as mães precisam ser casadas para criar uma criança e que os casamentos são bonitinhos igual ‘nós’ filmes. Não coloque palavras na minha boca.

      Já pensou que o número de divórcios aumentou por causa de brigas horríveis que chegam a ter anos de duração, entre outros motivos iguais ou piores e as pessoas não aguentam?

      E já pensou que isso não acontecia quando a sociedade era menos esquerdista?

      e já pensou que tem mães solteiras (tipo a minha) que conseguem criar bem a(s) criança(s)?

      Não me lembro de ter dito que não há mães solteiras que não conseguem criar bem a(s) criança(s).

      Mesmo se tivesse dito, isso não invalida o fato de que filhos serem criados de mães solteiras não é algo bom, pois não recebem a influência de um pai, sentem falta deles e podem ter uma tendência (não todos é claro), de ter um comportamento ruim quando criança e adolescente. Boa parte dos presos por exemplo são filhos de mães solteiras.

      Claro que há mães que criam os filhos muito melhor que uma família tradicional e filhos de mães solteiras que se destacam na vida e vão pelo bom caminho, mas há tendência não é essa, são poucos e você não pode pegar uma minoria e querer aplicar numa maioria.

      Sobre a "promiscuidade" de que você tá falando ...meu filho, somos seres humanos com desejos, e não coisas que devem se encontrar como os elementos químicos (puros) para ter dignidade e uma vida boa e elas estão exercendo o livre árbitro delas,

      Dããããhh... é claro que somos seres humanos com desejos... mas tem que diferenciar, é claro, os desejos bons e dos ruins... e se quer fazer um desejo ruim, como ser promíscua, vai lá... só não reclame depois em ser rejeitada pelos homens.

      Ah, se ‘as coisas não devem se encontrar como os elementos químicos para ter dignidade e uma vida boa’, então as pessoas tem que fazer o que der e vier então??? Vai nessa, mas como falei, não reclama depois.

      e não adianta se preocupar porque ainda vai ter essa liberdade mesmo que vocês atrapalhem (igual sempre fizeram)

      E essa liberdade já existe, resultado: um número cada vez maior de solteironas, mães solteiras, mulheres grávidas na adolescência, mulheres com DSTs. Como disse Marquês de Condercet: “Sob a mais livre das constituições, um povo ignorante é sempre escravo”.

      Não estamos atrapalhando, estamos alertando. Se você quer ter uma vida promiscua, fique a vontade, mas homens não gostam de mulheres assim, do mesmo jeito que mulheres não gostam de homens feios e com outras características que consideram ruim.

      Se vocês tem o direito de rejeitar homens feios, os homens tem o direito de rejeitar mulheres promíscuas. Os direitos são iguais.

      Vocês mulheres tem o direito de transar com quem vocês quiserem e terem uma vida promíscua a vontade, mas isso não significa que não temos o direito de alertar e que o homem não tem o direito de dizer não. Mais uma vez: os direitos são iguais... é a liberdade de expressão e livre arbítrio, lembra?

      Eliminar
    5. mas eu aposto que se você tiver um filho, cê não vai ficar pegando no pé dele.

      Nossa!! Isso é totalmente relevante ao assunto!!! Que bacana!!

      Isso dia adolescentes indecisos é algo muito delicado, e nem eu vou conseguir explicar isso direito porque eu só tenho o conhecimento daquelas pessoas que já tem certeza de como querem ser :\ mas é claro que nesses casos, a pessoa não pode sofrer de preconceitos e tals (tals = mimimis da sociedade) porque ela pode ficar triste :p

      Não é algo delicado, é resultado de aulas de educação sexual bizarra, feminismo, suposto sentimento de culpa e igualdade forçada imposto aos homens, resultando em muitos homens e mulheres que nem sabem nada em relação a seus sexos.

      Eu não preciso falar sobre os gays porque é óbvio que eu acho que eles estão exercendo a forma de amor deles e ainda tem muito preconceito por parte de pessoas como você.

      Desde quando achar o comportamento gay errado (e fornecer evidências e argumentos em relação a isso) é ter preconceito? Eu acho pedofilia, drogas, funk, nazismo e outras parvoíces erradas, sou preconceituoso também?

      Eu também não gosto das músicas absurdas tipo os finja e aqueles sertanejos universitários que quase sempre botam as mulheres como cachorretes interesseiras e que impõem que os caras devem ser os pegadores gostosões e cheios da grana (que também é um padrão que eu sou contra)

      hhmmm, vejamos o que dissestes anteriormente: “sobre os caras, eu gosto de um meio termo sabe?”... ou seja, prefere beleza sim, pois meio termo envolve isso, mentirosa e sem contar o que você mesma postou lá no seu blog. ;)

      Cadê os gordões, pobres, desdentados e feios compartilhados lá no seu face? Cria um lá, falando para multiplicar!

      Talvez tenha, mas se você pensar bem, família não é só mãe, pai e crianças, igual aparece em TODOS os comerciais e programas.

      E o que isso invalida o fato das famílias estarem diminuindo?

      As famílias alternativas também devem ser reconhecidas como famílias ;)

      Não, não devem: família envolve acordo entre homens e mulheres, aliança, linhagem e bons costumes.

      Veja alguns comerciais (os de comida, roupas, PRODUTOS DE LIMPEZA E CERVEJA...) na sua TV que você vai entender

      Comerciais são feitos por empresas privadas que precisam vender seus produtos às famílias que são seus consumidores. Como ainda existem muitas famílias no Brasil, é claro que eles vão por imagens de família e como eles pagam caro para as empresas de TV para aparecerem é lógico que eles vão aparecer, mas isso não significa que isso seja glorificado pela mídia, pelo contrário: você curiosamente menciona comerciais, mas não fala sobre as novelas que expõe cada vez mais o gayzismo, feminismo, mães solteiras, esquerdismos e culpa aos homens.
      E você parece ter se esquecido que há um número cada vez mais crescente de comerciais falando coisas ruins como o da Bombril que falou mal dos homens, comerciais ousados e que promovem até a homossexualidade.

      “ou converse sobre algum desses temas para alguém que você conhece (conservador(a) assumido(a) não vale, hein).”

      O que não vale é a falácia genética que é desaprovar um argumento só pela sua origem.

      Posso conversar com esquerdistas ou conservadores, seja quem for, desde que forneçam argumentos, sejam verificados e bata com a realidade... e não foi o que você não conseguiu fazer. =)

      Eliminar
    6. Você realmente acha que não tinham brigas antigamente? HAHAHAHAHAHA é claro que tinham, só que até algum tempo, elas não podiam se divorciar e eram muito machucadas nessas brigas, só que não era reportado justamente para continuar com esse padrão de vida. E ainda te digo mais, os ataques de ciúmes eram tão ruins quanto os de hoje, a única diferença é que eles não matavam pra poderem continuar "fabricando" pessoas com os mesmos conceitos deles, e ainda por cima, os caras achavam/acham que as esposas são propriedades só deles :(

      Eliminar
    7. Nath?

      Você realmente acha que não tinham brigas antigamente?

      Brigas existiam, mas em um número muito menor.

      a única diferença é que eles não matavam pra poderem continuar "fabricando" pessoas com os mesmos conceitos deles

      ?????????????? WTF???????????

      e ainda por cima, os caras achavam/acham que as esposas são propriedades só deles :(

      Uai, mas a esposa é ‘propriedade’ só de um homem mesmo e não de outros!! É claro que há um contexto ao dizer ‘propriedade’.

      Do mesmo jeito que um homem diz que a mulher é propriedade do homem, muitas mulheres dizem: “ele é meu”, na intenção de falar que o namorado é dela e para nenhuma se intrometer.

      Eliminar
    8. Fio duma Jupira

      "Será que num futuro bem próximo , um homem poderá ser processado por não querer se envolver com uma mulher que não lhe seja atraente , seja no físico e seja na personalidade ?"

      É bem provável que sim. Sabes que já "andam no ar" medidas que visam compensar ($$$) as mulheres que congelam os seus "ovos" para poderem se dedicar à carreira profissional. O marido ou ex-marido vai ser forçado a pagar pelas escolhas que a carreirista fizer.

      Eliminar
  11. As campanhas ainda quase não tem caras fora do padrão porque esse padrão advinha mais as mulheres. Eu vou citar todos os requisitos de beleza atual dos homens e das mulheres pra você ver que a diferença é de um nível doentio:
    Os caras devem: Ser sarados, ter um cabelo estilosão, cara de bumbum de neném, ser altos eterroupasestilosas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "As campanhas ainda quase não tem caras fora do padrão porque esse padrão advinha mais as mulheres."

      Mentira! Não há nenhuma fonte sobre isso e nas campanhas sempre há um homem de boa aparência com uma gorda.

      Se o padrão de beleza é imposto, era de se supor que as feministas que lutam contra isso não acreditassem nesse padrão, e por conseguinte, não colocassem fotos de saradões nas campanhas de gordas e fizesse campanha por eles já que é por direitos iguais, mas isso não acontece.

      "Eu vou citar todos os requisitos de beleza atual dos homens e das mulheres pra você ver que a diferença é de um nível doentio:
      Os caras devem: Ser sarados, ter um cabelo estilosão, cara de bumbum de neném, ser altos eterroupasestilosas
      "

      Que coisa, não é? Pega essa foto aqui, que você namoraria tranquilamente, teria uma ótima família e grandes momentos e diz aos quatro ventos: "MULTIPLICA SENHOR 10 x" (10 x não, infinitas vezes): https://www.facebook.com/photo.php?fbid=150766365069211&set=pb.136207076525140.-2207520000.1383224562.&type=3&theater

      Eliminar
    2. Eta ...nol! Cê nem deixou eu citar os padrões pras mulheres '-' aflinge mais sim, porque eu vejo mulheres magras com cabelo liso e grande até em comercial de comida (sem contar que esses "perpetuam" a imagem de que só nós cozinhamos) e as taxas de TA's são maiores entre nós, então né?

      Eliminar
    3. A única vez que eu vi uma fofinha num comercial foi no comercial de primavera/verão de uma marca de roupas, mas mesmo assim, apareceram várias magras depois

      Eliminar
    4. Exatamente, Nath. Não deixei você postar não e nos meus comentários anteriores você pode até ver que eu escrevi: “Não vou deixar a Nath falar dos padrões para as mulheres!”.

      É porque estava muito preocupado de você usar o underline, que é uma tecla que existe muito esforço físico e mental, sabe?

      Quanto a você ter visto uma ‘fofinha’ (como se não existisse fofura em todas as mulheres) em um comercial, como você sabe se é fofinha ou não se padrão de beleza é algo imposto segundo você?

      Dificilmente você vai ver uma ‘fofinha’. Uma revista já tentou fazer isso e o que aconteceu a pedido das feministas e o que aconteceu? Que nas vendas.

      O que você não quer entender é que nosso cérebro reconhece a beleza nas coisas, reconhece inconscientemente coisas belas, simetria e harmonia nas coisas.

      Isso não é algo imposto e sim ciência. Pesquisa para você ver sobre razão áurea, que é algo muito interessante e provado cientificamente que existe na natureza: http://danilosaretratista.blogspot.com.br/2010/11/proporcao-aurea-beleza-das-fases.html

      Ou vá no google mesmo e digite: ''razão áurea' ou em inglês mesmo (é até melhor) 'gonden number'.

      É bom que as coisas sejam assim e a gente veja a beleza nas coisas... e pessoas feias, se elas se dedicarem na vida elas podem sim tornarem bonitas. Há casos assim.

      Eliminar
    5. Tá bom, pode até ser que a gente tenha isso no cérebro, não vou negar. Mas ficar ditando como TUDO (as roupas, o corpo, O MODO DE VIDA) deve ser e fazer milhares de pessoas ao mundo dos problemas psicológicos ou não, é sacanagem.

      Eliminar
    6. Nath,

      E isso é ótimo e uma outra coisa também, Nath que é ótima (mas muitos homens não gostam e não se conformam com isso) é as mulheres preferirem homens bonitos!

      É meio estranho um homem falar isso, mas eu acho isso ótimo! Imagina se todo mundo já tivesse, de graça uma mulher linda, a todo momento?

      O mundo seria um lugar ruim e nem teríamos todos os avanços que temos hoje, e se um homem não tem boa aparência e não se dedica na vida, não seria bom ele ter acesso a beleza única e exclusiva que só o corpo de uma mulher tem.

      As maiores críticas que se fazem as mulheres é elas acharem que pelo fato do corpo delas em maioria serem lindos, o usarem como ‘arma’ para conseguirem o que quer, que isso é seu único dom, preferirem cafajestes, não reconhecerem que elas tem os seus defeitos e que homens também tem seu direito de escolha, fazerem enormes exigências para ter um homem, mentirem com frases de auto ajuda de beleza interior e humilharem homens feios.

      A mulher que faz essas coisas, se esquece que pelo fato dos cafajestes ‘serem os tais’, eles tem sentimentos e muitas vezes os usam os maus sentimentos, pois eles tem poder também e se tem várias mulheres, por que vão querer uma só? Logo eles comem e as jogam fora e mesmo assim elas continuam se iludindo com gente assim.

      Não podem se esquecer que homens feios também tem sentimentos e sofrem com as humilhações e zoações que recebem de homens e mulheres na escola. Já vi mulher falando: ‘ele é feio, tem que sofrer mesmo!’. As mulheres também não podem esquecer que esses mesmos homens vão aprendendo sobre a vida e que por eles não conseguirem ter mulheres e amigos acabam acatando na maioria das vezes aos estudos... e o que acontece depois?

      Eles crescem, viram pessoas de sucesso que ganham uma nota preta como empresários, funcionários públicos muito bem pagos, como juízes, procuradores, delegados, policiais federais, etc., fazem também cirurgia plástica, melhoram a aparência e acabam tendo um enorme sucesso com as mulheres.

      E cada vez mais coisas assim acontecem: está cheio daqueles garotos que eram feios, nerds, barrigudos, narigudos e que sofriam um bullying feio na escola que depois viram pessoas de sucesso, assim como está cheio daquelas garotas que eram modelos lindas na adolescência que zoavam homens feios e davam para cafajestes que acabam virando mulheres rodadas que ninguém quer.

      Já vi um professor contando que um aluno gordo, tímido e desajeitado, deu um buquê de flores a garota mais linda da sala e quando ela soube que era ele ficou com uma cara de bunda e depois disse que seriam apenas amigos... e sendo sincero? A atitude dela foi ‘certa’.

      No entanto, ela podia ter falado que, ao invés de serem amigos, ficaria com ele se ele estudasse, dedicasse na vida, malhasse e ganhasse uma gana preta... que mulher seria boa de não namorar com alguém assim?

      E é isso que muitas deveriam fazer, dizer não, mas jamais pisar na cara dessas pessoas e os tratar como seres invisíveis / não humanos e dar preferências a cafajestes e iludir homens com papo de beleza interior.

      Jamais também fazer enormes exigências para ter homens, com ilusões enormes sobre seu corpo, ego e cafajestes... inclusive há casos em que homens bonitos e até musculosos são rejeitados por feios e homens mais fracos, mas esses feios e mais fracos são aqueles bandidos, traficantes e imbecis perigosos em geral.

      Aí alguém pode perguntar: e aqueles que nascem com deficiência, deformações ou sofreram isso depois de algum acidente? Simples: se dediquem e não desanimem da vida, estudem e vão em frente, dando exemplos incríveis que vão ter uma mulher sim!

      Eliminar
    7. Por isso que homens gostam de mulheres puras: do mesmo jeito que não é bom um feio ter uma mulher bela já de cara, não é bom que um homem que se dedicou numa vida sofrida tenha uma mulher que rodou com um monte e o rejeitou no passado.

      Se é injusto uma coisa, tem que ser injusto outra também. Se é um preconceito um homem rejeitar mulher promíscua, é preconceito uma mulher rejeitar homem feio também... e a propósito: nosso governo, junto com esquerdistas e progressistas querem demonizar o preconceito a todo custo, sendo que preconceito nem sempre é algo ruim, pelo contrário, pode ser bom em certos casos e sem perceber, usamos muitas vezes. Leia esse texto aqui: http://roberto-cavalcanti.blogspot.com.br/2011/07/preconceito-nao-e-burrice.html

      Quanto a roupas e modo de vida, isso já foi mais do que falado e não quero ter um filho ou filha que dê maus exemplos e tenha um modo de vida inadequado e acredito que você também não. Os danos psicológicos seriam bem maiores. ;)

      Eliminar
    8. Cara, eu também sou contra isso de algumas mulheres exigirem demais dos homens porque ambos se sentem mal quando são criticados. Mas é claro que essa da "pureza"que você falou me deixou relapsa. Eu vou ver esse link e depois farei minha opinião sobre, OK? P.s:Um mal exemplo é uma pessoa que faz mal ao próximo mesmo (tipo matar, cometer atos horrendos, etc), e não uma pessoa que reconhece que não deve se encontrar como um elemento químico. Mas eu também apoio as que só vão fazer aquela coisa com o maridex, porque é o que elas querem e eu sou uma delas :)

      Eliminar
  12. A igualdade entre mulheres e homens, assim como a erradicação do racismo, é uma ideia muito nova para a civilização ocidental. Certos hábitos e crenças são difíceis de modificar, assim como é difícil elucidar a mente de uma pessoa extremamente religiosa.

    É desconfortável para o ser humano duvidar/questionar aquilo que até então lhe garantiu conforto, controle e sensação de organização, mesmo que sob leis relativas e minoritárias, mesmo que isso tudo envolva tanto misticismo quanto a própria religiosidade. É compreensível que a ala masculina faça esse alvoroço diante dessa revolução feminina. Eles, tão presos a tantos misticismos e tendendo à superficialidade, não querem nem pensar como seria a vida sem os benefícios da servidão feminina. Eles ainda não entendem...

    O ser humano é demasiado caprichoso e pouco prático, cria problemas demais, quer ser exclusivo, e quer ter uma vida folgada, sem esforços, nem que isso implique criar teorias para enganar os outros, a fim de fazê-los acreditar que são inferiores, ou que nasceram para ser mandados.

    A mentalidade da civilização ocidental, em alguns aspectos, equipara-se à de uma criança mimada cheias de artimanhas para que sejam feitas suas vontades.

    Essa problemática machismo-feminismo gira em torno da mesma lógica usada pelos senhores de engenho para inspirar conformidade nos negros e índios: aquele papo furado de que eles tinham nascido para aquilo, de que sua diferença física era uma "maldição", e de que a sua condição servil agradava a Deus (pois eles expiariam a "maldição") e lhes garantiria a salvação.

    Querendo ou não tudo que existe já foi ou é questionado.
    Nenhum ser humano inteligente admite algo que não seja possível provar. E mesmo que haja provas de tal ponto de vista, tudo é passível de ser refutado.

    Toda revolução acontecida até então teve seu saldo negativos, teve baixas, teve 'baixaria', mas felizmente, todas elas mudaram o rumo da história.

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Eu faço com o feminismo o mesmo que faço com as religiões. Retiro a parte boa, que me será útil e excluo o restante."

      Isso é o mesmo que dizer, "Eu faço com o NAZISMO o mesmo que faço com as religiões. Retiro a parte boa, que me será útil e excluo o restante."

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Tamara,

      Não existe parte boa no feminismo, na minha opinião. E outra coisa, eu odeio o feminismo e sou mulher. Mas o feminismo quer impor (ditadura) um comportamento e educação para mim que não aprovo e nunca seguirei. Sendo contra, sou espizinhada (humilhada) pelas feministas por não concordar e não aceitar agir como elas exigem e também por defender o meu marido. (supremacia, feminazismo e o que quiser adicionar).

      Quando vivo naturalmente a minha vida na opção ESCOLHA sofro violência pública de mulheres feministas que me chamam de machista por proteger a minha família. Elas dizem que devo ser violada por Homens feministas com arame farpado e morta degolada, e isso é o feminismo, AMIGA. Qual a diferença do feminismo para o nazismo? Eu, em particular, não vejo nenhuma. Inclusive sou oprimida pelas feministas que querem calar a minha voz. Eu quero poder continuar viver a minha vida sem ser enxovalhada e sem perder o meu direito de existir como mulher tradicional defendendo o meu marido. Mas somos ameaçados de morte por querer viver as nossas vidas em paz. Se vocês querem viver uma vida podre, podem viver, mas não tem o menor direito de querer impor isso para toda uma sociedade, porque vocês não são 100% da voz.

      "Lutas justas como a não violência contra a mulher."

      Desde quando é justa uma luta que envolve apenas a violência contra um dos sexos? Então ela pode seguir em frente mesmo sendo injusta contra os Homens?

      "Existe algum problema nisso?"

      Sim, existe, todos!

      As leis especiais que são feitas no Ocidente não são feitas para proteger as mulheres mas para gerar guerra e desconfiança entre homens e mulheres.. O termo "Fim à violência contra a mulher" assume que essa violência é mais grave que todas as outras formas de violência que há no mundo, quando se sabe que:

      a) os homens são as maiores vítimas de violência no mundo' e

      b) muita da violência que a mulher sofre é feita por outras mulheres.

      Os grupos mais dedicados a impor leis especiais que favorecem as mulheres são os mesmos grupos que dizem que o homem é igual à mulher. Se somos iguais, para quê leis especiais para uns? As mesmas leis servem para tod'x's.

      E os homens (e não estado) devem proteger a mulher sim, mas é protegê-la do mal e não criar leis que a separem das consequências dos seus atos e das suas escolhas.

      " Ou a mulher deve ser violentada e devemos deixar por isso mesmo?"

      Qualquer ser humano pode ser atacado e violentado e não SÓ a mulher. A luta deve ser contra a violência como um todo em defesa de Homens e mulheres.

      "Tentei ser imparcial e nem assim você parece ter entendido meu ponto de vista.

      Entender o teu ponto de vista é igual como fazem as páginas pseudo-conservadoras do facebook que quando discordamos estamos 'distorcendo' o ponto de vista alheio?

      Vocês feministas são um rio de contradição.

      E só para finalizar a conversa, sabia que as mulheres são as maiores agressoras de crianças e idosos? Estude mais a fundo e depois volte para conversar.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Tamára,

      Não precisa. Está estampado nas tuas palavras como defendes os objetivos das feministas. Não estou equivocada, amiga, estudo o feminismo não é de hoje. O que mais tem por aí são mulheres em favor das 'lutas' pelos 'direitos' das mulheres onde os Homens não tem qualquer lugar.

      Você, por concordar apenas com uma das bandeiras feministas já é uma delas. Se concordas com várias coisas, é o mesmo. A única diferença que existe entre as feministas é que umas são mais calmas e outras mais agressivas, de resto são todas iguais. E não entendo porque se ofendeu por eu chamá-la de feminista, não és em defesa das lutas deste movimento, Tamára?

      Essa tua resposta: "Sei que homens também sofrem com tudo isso, com a violência doméstica, tortura psicológica, abusos, estupros. Eu jamais deixaria de admitir isso e vitimizar apenas a mulher como se o homem fosse um carrasco maldito e opressor. Num total, sou contra qualquer tipo de violência, apenas isso." Fica completamente sem efeito diante de todo o resto que defendeu!

      Se você deseja ser justa, não apoie um movimento que deseja a supremacia da mulher , e sim, um movimento que defenda a família tradicional. Aceitar que devemos defender a mulher da violência mais do que defender o Homem, é cair nos horrores do feminismo. São os Homens que morrem mais e mais cedo e não as mulheres. São os Homens as principais vítimas de violência psicológica e física. Se queres estudar, comece lendo este blog com muita atenção.

      Não precisamos de movimentos para defender ou só Homens ou só mulheres, precisamentos de um movimento em favor da vida, da família, dos Homens E mulheres. Já existe LEI para todas as nossas questões.

      Você já leu sobre a lei maria da penha que não ajuda em nada, sobre NÃO diminuir a violência doméstica que as feministas insistem dizer que sofrem? Elas se envolvem com bandidos, traficantes, assaltantes, cafajestes e recebem o tratamento típico desses caras e quando apanham correm para a delegacia dizer que O HOMEM bateu nelas. Ora, O HOMEM comum não faz isso, o contrário, ele é que sofre pressões absurdas.

      E que tal as falsas alegações de estupro? 'Que legal' O HOMEM de bem, trabalhador, pai de família ser acusado e ter tido toda sua vida arruinada por uma denúncia falsa de ter abusado sexualmente de sua mulher, ex mulher, sobrinha, filha, enteada, namorada, vizinha, colega de trabalho, mãe ou avó, né? Sabias que os casos de estupro REAIS contabilizam menos de 1%? Mas essa balela toda sobre este evento criado pelas feministas gera royalties para elas...para as engenheira$ $ociai$.

      "E não preciso ver mulheres feministas como demônios também porque elas são humanas como eu e como você."

      Não sou contra a mulher, sou contra o movimento feminista. Mas se eu leio, ouço ou vejo mulheres a defender a carnificina (ABORTO), feminicídio (vida da mulher vale mais que a do Homem), violência contra a mulher ( como se só a mulher sofresse violência sendo que ela foi eleita mais agressora que o Homem), estupro ( meio das engenheiras ganharem dinheiro), liberdade (palavra substituída e quer dizer promiscuidade) e que a mulher é uma coitadinha oprimida... amiga, eu não as vejo como um demônio, eu as vejo como ele próprio, é um direito meu criticar tais comportamentos.

      Se leres com bastante atenção este blog vais descobrir coisas o suficiente para compreender o objetivo do feminismo na vida das mulheres e Homens. Vais te decepcionar tanto que defenderás a vida a qualquer custo e os direitos dos Homens e mulheres sem movimentos separatistas.

      Continue estudando, será um prazer ter mais uma mulher tradicional para defender O Homem e não o Estado.

      Eliminar
    6. Tamara,

      Eu nem preciso de dizer muito mais porque a Pats disse tudo na perfeição. Ressalvo uma frase do seu primeiro comentário:

      "A luta deve ser contra a violência como um todo em defesa de Homens e mulheres."


      Entendes o que ela disse,Tamara? Não é preciso ser-se feminista para se lutar contra a violência que aflige as mulheres; basta ser uma pessoa bem intencionada.

      E digo-te mais, se as feministas são contra a violência que a mulher sofre, porque é que elas (as feministas) não promovem comportamentos que de facto reduzem a violência contra a mulher?

      Por exemplo, as mulheres casadas sofrem menos violência doméstica que as mulheres solteiras ou mulheres em uniões civis. A lógica leva-nos a afirmar que quem luta para que as mulheres sofram menos violência,deve promover o casamento (1 homem + 1 mulher).

      Adivinha o que as feministas pensam do casamento ? --> http://bit.ly/1cvBDig

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    8. Tamara:

      "O que mulheres do passado como Simone de Beauvier dizem sobre família, casamento, donas de casa é absurdo e nojento."

      Isso é o feminismo.

      Porém eu como ser humano tento ver coisas boas em tudo, pode ser errado, pode ser mania minha, não sei. Foi o que fiz com o feminismo, tentei ver talvez coisas boas que pudessem me trazer algo de bom.

      Mas já vimos que as tais "coisas boas" que tu queres atribuir ao feminismo (lutar contra a violência doméstica) é algo que já existia antes da criação do feminismo, e qualquer pessoa concorda com isso.

      Não podes atribuir ao feminismo a origem de algo que é consensual na cultura.

      Portanto, não, não precisamos do feminismo e ele não tem "coisas boas". É uma ideologia assasssina, misandrica e divisiva.

      Eliminar
    9. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    10. Tamára:

      Eu faço com o feminismo o mesmo que faço com as religiões. Retiro a parte boa, que me será útil e excluo o restante.

      Não existe parte boa, existe sempre a mesma coisa: machismo em tudo, patriarcado opressor em tudo, cristianismo mau, homem branco mau, aborto, lesbianismo, etc..

      Usar este fato para "obrigar"o gordo a emagrecer que é gordofobia.

      Não tem ninguém obrigando gordo a emagrecer não, só mostrando que ser obeso é ruim para saúde.

      Ah, e preste atenção em palavrinhas terminadas com ‘fobia’. Fobia é um medo irracional. Se eu ver um gordo, eu não vou sair gritando: “ÁI SOCORRO, UM GORDO, ME AJUDE, VOU MORRER!”. Respeito essas pessoas como irmãos em Cristo, mas que é errado ser obeso, não fazer exercícios, ficar na preguiça e só encher a pança de comida, isso é.

      Colocar uma foto na internet de uma mulher gorda e uma magra e pedir para os homens escolherem qual preferem, não é o meio mais eficaz de se detectar o machismo ou o preconceito. Eles vão escolher de acordo com o seu gosto pessoal. Agora se fizermos um teste, combinarmos com uma mulher gorda, de 120 quilos, e uma magra de 60 para que ambas façam uma entrevista de emprego e nesta, a magra tente se sair muito mal, dizendo coisas nada a ver, e que a gorda se mostre totalmente competente e apta ao trabalho, e mesmo assim o entrevistador contrate a moça magra, aí sim temos uma nítida amostra de preconceito e machismo.

      É, e vai observar os tipos de homens que SEMPRE estão nessas campanhas de gordinhas do facebook e blogs feministas em geral, é SEMPRE um cara saradão, nunca um gordo. A recíproca do seu tal testezinho seria perfeitamente verdadeira se testasse com um homem saradão, um gordo, e uma mulher como entrevistadora, mas nesse caso não é preconceito, nem machismo, não é?

      Existe um teste chamado DNA que reconhece a paternidade de uma criança, logo se o cara tem dúvidas se o filho é dele, basta fazer esse exame.

      Lindo na teoria, não na prática: exame de DNA é muito caro aqui no Brasil, sem contar o inferno que muitas mulheres poderiam fazer em relação a isso e o risco do juíz (ou da juíza) obrigar o homem a pagar pensão mesmo com exame de DNA negando a paternidade, sob a hipótese absurda de “vínculo afetivo”.

      O cara não querer criar um filho que não é dele, é um direito dele, mas usar isso como desculpa é exagero. Se não houvessem meios de descobrir a paternidade eu daria total razão, mas existem.

      Não é desculpa e nem exagero: muitas mães solteiras querem é isso: arrumar algum homem para sustentar ela e seu filho. Começam com aquele jeito romântico e encantador, mas depois ficam querendo que o homem a ajude, e casos de absurdos judiciais de homens forçados a pagar pensão e de mulheres que tomam metade dos bens deles crescem cada vez mais. Muitos homens tem ficado atentos em namorar com alguma, sem contar a repulsa que muitos sentem por aquelas mães solteiras já muito rodadas.

      E com relação a confiar na mulher , existe todo um histórico a ser observado. A mulher em questão traía seu namorado ou marido com vários amantes? Saía com homens interessada em seu dinheiro ou em algum bem que estes pudessem oferecer a elas? Destruiu famílias envolvendo-se com homens casados ? Porque isso pra mim é ser vadia.

      Para VOCÊ, não para as definições oficiais que já existem nos dicionários há vários séculos.

      Agora uma mulher solteira, adulta o suficiente para tomar decisões, independente que se relaciona com homens por gostar, ter afinidade, curtir que seja, é considerada uma mulher imunda, que "não serve" para casar, ou ter qualquer tipo de relacionamento?

      Não, não serve, porque ela relacionou com vários e para o homem uma mulher assim tem sim uma tendência a traí-lo e não ter uma boa família.

      Eliminar
    11. O caráter então se resume a tão pouco? A quantidade de homens que uma mulher teve? Só isso? E o resto não conta? Todas as qualidades de uma mulher caem por terra se ela não for casta? De nada vale se ela for uma pessoa boa, honesta, trabalhadora, gentil, inteligente...

      Querendo ou não, se resume. Certas atitudes ruins tem um grande significado, mas vamos te dar benefício a dúvida e supor que nós homens somos preconceituosos, arrogantes e machistas devido a isso.

      Supondo isso, gostaria de saber de você algumas coisas que vi em um artigo falando sobre isso:

      “Alguma mulher perdoa o homem pobre e desempregado?

      Alguma mulher perdoa o homem feio e tímido?

      Alguma mulher perdoa o homem fóbico e traumatizado?

      Alguma mulher perdoa o homem que sofreu bullying no colégio e agora tem medo da vida?

      Alguma mulher perdoa o homem carente e depressivo?

      A resposta de todas essas perguntas é um sonoro não. As mulheres falam mal do machismo, mas elas são super machistas. Procure uma mulher compreensiva. Você não acha. Você terá que pagar uma psicóloga para te ouvir, porque a mulher odeia ouvir o homem. As mulheres não são humanistas como elas falam. Se elas não aceitam os homens nessas condições, então por que isso é visto como um direito de expressão e não como um preconceito? Os direitos são iguais! Se as mulheres têm o direito de rejeitar homens pobres e feios, tímidos e desajeitados, os homens possuem o direito de recusar casamento com mulheres promíscuas!

      O principal machismo dos homens, segundo as mulheres, é o preconceito contra a promiscuidade feminina. Mas agora, quantos preconceitos as mulheres possuem? Inúmeros!”

      Se não for virgem, vale menos que um osso de cachorro?

      Ninguém aqui disse isso. Pode depender das que não são virgens a quem você se refere. Tem algumas que podem até não ser virgens, mas ter tido relações com um ou dois homens, o que é até aceitável, mas e aquelas que tiveram com um monte? Isso é nojento para um homem! E se é preconceito, lembre-se dos inúmeros preconceitos que as mulheres também tem a certas situações e estados de muitos homens por aí.

      O homem tem total direito de escolher uma mulher casta para se relacionar se ele acha que isto é quesito para um casamento feliz e duradouro. Agora menosprezar as outras como se fossem lixo por não terem esperado o casamento é ridículo. Chamar de vadia, de piranha ou rodada sem ao menos conhecer o histórico da pessoa é lamentável.

      Assim como as mulheres tem o total direito de escolher um homem bonito-saradão-de-carrão se elas acham que isso é quesito para um casamento duradouro, no entanto, menosprezam muitos homens tímidos, trabalhadores e bons, às vezes até com uma aparência razoável em troca de cafajestes, mas isso já não é ridículo, nem lamentável, não é?

      Casamento, vida conjugal não é só sexo, é um conjunto de coisas. Companheirismo, amor, dedicação, respeito, carinho. Não se resume a uma vagina lacrada.

      Nem mesmo a cafajestagem, carrões, lindeza e saradeza extrema e outras enormes exigências que as mulheres tem em relação aos homens.

      Se um dia ele me disesse que já transou com 30 mulheres, eu ainda assim iria amá-lo porque o que ele fez antes de me conhecer não me diz respeito e quem vive de passado é museu. Estou construindo uma vida ao lado dele HOJE e pra mim isso basta. Prioridades... Cada um tem a sua!

      Mulheres não tem problemas com a promiscuidade masculina, pelo contrário, adoram e odeiam virgens, mas depois que o virgem vira alguém na vida, de sucesso, por ter passado mais de uma década engolindo sapo e acatado aos estudos, as mesmas que rodam em um monte de pica passam ‘misteriosamente’ a gostar dele.

      O que você tem, guarde para você e se cada um tem a sua prioridade, não reclame então das prioridades dos homens.

      Abraços.

      Eliminar
    12. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    13. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    14. Tamara, e não te esqueças de dizer o porquê das feministas serem contra a violência contra as mulheres E contra o casamento, quando se sabe que o casamento reduz a violência doméstica contra as mulheres.

      Eliminar
    15. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    16. Tamara:

      "E se você acha que o caráter de uma pessoa se resume a quantas vezes ela fez sexo, desejo que você encontre uma mulher virgem que jamais traia você porque por incrível que pareça, mulheres virgens traem também viu

      Diz-me uma coisa: uma mulher (ou homem) que tenha tido 200 parceiros sexuais está ao mesmo nível moral que uma mulher que se manteve casta até à noite de núpcias?

      E sabias que quanto mais parceiros a mulher tem, maiores as probabilidades dela trair o marido?

      Ninguém está a dizer que as castas não traem, mas sim que há mais probabilidades do homem ser traído por uma mulher promíscua do que por uma mulher casta.

      Entende a distinção.

      Eliminar
    17. Ô Lucas, estou concordando com você até agora, mas deixe-me apenas fazer uma observação: se houver disposição genuína da mulher (ou homem) de buscar a Deus, e ela estiver arrependida, acredito que essa pessoa, imbuída do Espírito Santo, pode, a partir daí, ser tão boa esposa/marido ou mãe/pai quanto. A pessoa se arrependeu, está renascida em Cristo, é uma nova criatura. Se você descartou a possibilidade de união com uma pessoa por esse motivo em específico, deve ser por ciúmes da vida pregressa (e isso deve ser respeitado), não porque essa pessoa será pior cônjuge por conta disso. Tome cuidado para não duvidar do poder transformador do Espírito Santo sobre o homem.

      Eliminar
    18. Marcel,

      Mostra-me em que parte dos meus comentários eu coloquei em causa o Poder o Espírito Santo para transformar uma pessoa, e tirá-la das garras de Satanás para os Braços do Senhor Jesus.

      Aguardo.

      Eliminar
    19. Tamára,

      Existe sim, muita gente que fica fazendo pressão psicológica em quem é gordo, dizendo que ser gordo faz mal pra saúde, que ele precisa se exercitar, que a obesidade acarreta inúmeras doenças e etc. Sim, tudo isto é verdade, mas você não acha que você importunar uma pessoa com isso todo dia não é uma forma de pressioná-la? (...)

      Não tem ninguém importunando gordos todo o dia, até porque isso seria babaquice também e o melhor a se fazer é ignorar.

      Há uma diferença entre ‘importunar’ e demonstrar preocupação e cobrar resultados, pois querendo ou não ser muito obeso é uma condição ruim para a saúde.

      Com relação a comparação das fotos, se fosse dois homens, um gordo e um sarado a regra seria a mesma. A mulher assim como o homem vai escolher por gosto pessoal. E com relação a entrevistadora ser uma mulher, se acontecesse de escolher o sarado pouco apto ao trabalho, é preconceito sim do mesmo jeito. Não sou ignorante não viu?

      Então por que você tem que vir com esses assuntos???

      ‘Machismo’, pelo jeito, parece te interessar só quando é de um lado.

      Com relação aos testes de Dna podem sim ser caros, mas ainda assim EXISTE MEIOS PARA SE DESCOBRIR A PATERNIDADE, se isso é uma coisa que atormenta tanto os homens.

      Existe, como ver traços que podem ser diferentes do pai e / ou da mãe, como cor dos olhos, lóbulo da orelha, pele, cabelo, etc., mas não são muito confiáveis, coisa que só o DNA revela e mesmo quando revela o homem pode ter que pagar pensão, como já falei.

      Com relação a dizer que o termo VADIA tem uma definição oficial, então quer dizer que todos os homens dão a mesma definição para o quer seria uma mulher vadia? TODOS? DO MUNDO INTEIRO?

      Sim, dicionários estão aí para isso.

      Pra vc vadia pode ser uma mulher que ja teve ou tem relação com vários homens. Pro fulano vadia é uma mulher mentirosa, pra ciclano vadia é uma mulher que trai o seu companheiro e por aí vai... Não generalize, pra você o conceito de vadia é um, pra outro homem pode ser outro. (...)

      O fato de alguns acharem que é outra coisa, não implica que a definição não seja essa, como consta nos dicionários e a maioria da população concorda.

      Cara, o que tem a ver uma mulher ter vida sexual ativa estando solteira, com traição? Então quer dizer que toda mulher que já fez sexo antes de se casar vai ser infiel ao seu esposo? TODA MULHER vai trair? TODA MULHER que já "deu" não é digna de confiança?

      Tem muito a ver e há a possibilidade imensa dela trair. Claro que não são todas, mas há e mesmo se ela não querer há um outro fator interessante nisso: quantos homens de bem (que queriam casar, amá-la e estar ao lado dela) ela pode ter rejeitado no passado? Quantos foras elas podem ter dado em homens de bem em troca de aventuras, emoções, só pensando em sexo e cafajestes?

      Esse é um outro fator do porquê que uma mulher que teve uma vida promíscua não merece muito se casar depois, mesmo se ela não tiver intenções de trair: é um absurdo um homem que levou tantos foras no passado e agora se deu bem na vida querer casar com uma que teve uma vida promíscua que teria dado facilmente um fora nele no passado.

      Cara, ainda bem que nem todo homem pensa como você porque se fosse pensar, NENHUMA MULHER que já fez sexo antes de se casar, teria direito a felicidade, ou a encontrar um parceiro legal.

      Não coloque palavras na minha boca, pois em nenhum momento disse isso, pelo contrário, até falei que uma que teve relacionamento com um ou dois homens é aceitável.

      Eliminar
    20. E se você acha que o caráter de uma pessoa se resume a quantas vezes ela fez sexo, desejo que você encontre uma mulher virgem que jamais traia você porque por incrível que pareça, mulheres virgens traem também viu!

      Não disse em nenhum momento disse que mulheres virgens que não traem. Há a possibilidade disso também, mas é muito menor do que ter se casado com uma mulher promíscua.

      Minha vizinha adorava bater no peito que nunca havia tido outro homem antes do marido dela, e passados 2 anos de casamento estava colocando chifre nele até com o entregador de gás.

      E eu conheço gente que se casou com virgens e são felizes e???

      Experiências pessoais não valem. Guarde-as para você. Não se pode pegar minorias e querer aplicar a todos.

      E com relação a nenhuma mulher aceitar um homem que sofreu bullyng, que é pobre e desempregado, que tem medo da vida e etc, você acha que NENHUMA aceita caras assim? Logo então, você deve ter certeza que só caras lindos e ricos se casam néh. Olha ao redor. Só existem homens seguros de si, bonitos, ricos e sem problemas namorando ou casados. Raríssimo ver um homem feio e pobre casado né, (...)

      Como você mesma falou: ‘Raríssimo ver um homem feio e pobre casado né’.

      Sim, é raríssimo mesmo e ser raríssimo não implica que não exista, apenas que é muito difícil ver. Assim como existe homens que namoram mulheres promíscuas, mas é difícil, a maioria das mulheres não vai aceitar homens nessas condições, assim como homens também. Como falei, não venha querendo pegar minorias e aplicar a todos, pois o ser humano não é assim e não somos iguais.

      Inclusive segundo você, não existe mulher compreensiva, só a psicóloga irá entender um homem, ou seja, seria mais justo todo homem se casar com uma né? (...)

      Isso foi do texto que tirei e há um erro nessa parte, pois nem psicóloga está prestando hoje em dia, ainda mais essa gente que em muitos casos vive achando superior em relação as pessoas, que vão conhecer as pessoas em poucos minutos, que podem saber tudo sobre o comportamento delas e vem com coisas pseudocientíficas como dinâmicas de grupo, junguianismo e algumas idiotices que o charlatão do Sigmund Freud falou.

      Obviamente, há bons psicólogos sim, bem como boas mulheres, mas em um número cada vez mais diminuto.

      Pessoas não são objetos que você escolhe o mais bonito ou o mais caro.

      Diga isso às mulheres de hoje.

      Eu, TAMARA, nunca dei preferência a esse tipo de coisa. Homem sarado, rico , que possuísse carro pra me levar pra baixo e pra cima. Sempre priorizei a inteligência, o companheirismo e o carinho. E sei que não sou a única a priorizar isso.

      É incrível que sempre quando falamos isso, aparecem as exceções.

      Ao contrário do que você pensa, existe muita mulher honesta e desinteressada por aí.

      Não me lembro de ter dito que penso que não existe muita mulher honesta e desinteressada por aí.

      Com relação a mulheres odiarem homens virgens, não sei de onde você tirou isso. Vá a uma igreja evangélica e pergunte se as meninas lá odeiam homem virgens. Pelo contrário, muitas querem se casar com um, (...)

      Ué, veja se falta mulheres para homens rodados... simplesmente não falta. Sobre igrejas evangélicas, pelo que vi é mais ou menos a mesma coisa, embora muitas possam dar preferências àqueles virgens com dinheiro ou bonitão.

      Você parece ter um ódio das mulheres porque em todo seu discurso você generaliza como se TODAS FOSSEM IGUAIS.Da próxima vez use palavras como "algumas" "nem todas" e etc para não passar a impressão que você está fazendo um discurso de ódio.

      Não tenho ódio nenhum e nem generalizo. É você que está assumindo algo que não sou, falando coisas que não disse e veio com quote-mining aqui. Não preciso dizer “algumas” e “nem todas”, pois se eu não disse “todas são assim / estou generalizando”, você não pode assumir essas coisas. Pergunte primeiro para saber.

      Eliminar
    21. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    22. Marcel

      Eu também ainda não compreendi de onde você tirou que o Lucas, ainda mais o Lucas... pudesse colocar em causa o Poder do Espírito Santo para salvar uma alma? Mas explica bem porque estou muito interessada em saber.

      Aguardando...

      Eliminar
    23. Tamára,

      Ser gordo faz mal saúde sim , agora você dizer que não existe ngm importunando eles com isso é inverídico.Bata um papo com um gordo e pergunte quantas vezes ele já sofreu Bulling na vida e depois você vem aqui pra me contar.

      Curioso essa sua preocupação... bata um papo com um gordo que já sofreu um bullying e pergunte se ele já não deu pelo menos um chega pra lá nessa(s) pessoa(s), se ele não se impôs, se ele não sabe que a situação que ele está é ruim e prejudicial à sua saúde, se ele faz algo para emagrecer ou ainda vive enchendo a pança de comida, se não há pessoas que se preocupam com ele de verdade e querem que ele saia dessa situação e depois vem aqui para me contar.

      Eu utilizei a comparação das fotos e da entrevista para EXPLICAR QUE O MACHISMO PODE PARTIR DOS DOIS LADOS, TANTO QUE USEI O EXEMPLO DA MULHER SER A ENTREVISTADORA.

      Não: da primeira vez que você falou você disse se referindo unicamente à mulher, não ao homem, dando a impressão até que você queria acusar os homens de serem maus e julgadores das mulheres, como se isso mulheres não julgassem homens na mesma situação também. Foi depois que falei que você veio falando que aconteceria com o homem.

      Com relação ao Dna e analisar as características das crianças como você citou, continuo afirmando que existem meios de se descobrir a paternidade. E nenhum homem é obrigado a pagar pensão a uma criança, se esta não for registrada com seu nome, ou seja, parem de chorar á toa. Se um cara tá com dúvida quanto a paternidade, faz um teste antes de ir lá no cartório e registrar a criança. É caro sim, mas é melhor do que pagar pensão pra ela até quando ela tiver 18 anos. E é melhor do que usar isso como desculpa para xororô.

      Acho curioso você insistir nisso, para tentar argumentar contra o fato de homens não aceitarem mulheres assim e ainda ser irônica, falando em ‘xororô’.

      Vamos recapitular novamente e refutar o que você ainda insiste em repetir:
      1º - de fato existem outras alternativas e até citei algumas, mas o DNA é a mais confiável;

      2º - em teoria nenhum homem é obrigado a pagar pensão, mas há casos em que juízes podem entender que houve vínculo afetivo que é uma teoria ridícula no direito em que o amor de um ‘pai’ pela criança se sobrepõe ao vínculo sanguíneo. Duvida? Veja aqui.

      3º - as leis estão cada vez mais afetando o homem e hoje, uma mulher grávida já pode ter pensão, mesmo sem DNA.

      4º - mesmo se DNA fosse barato e não existissem essas leis absurdas, isso não justificaria, uma mulher promíscua que rodou a vida inteira com um monte de homens e rejeitou os que realmente queriam namorar, ter agora, um homem de bem. É uma hipocrisia imensa isso.

      5º - é curioso você falar ‘xororô’, como se homens estivessem chorando e temer em relação a ter uma mulher promíscua fosse algo ruim. O medo nem sempre é ruim e pode ser fundamentado em certos casos, como esse.

      Eliminar
    24. Com relação ao termo VADIA citado por mim onde vc disse que o termo é sim universal porque os dicionários estão aí, logo então baseado no que você disse, somos seres unilaterais que raciocinamos e temos nossas opiniões formadas a partir de uma única fonte: DICIONÁRIO. Jogue fora seus livros, suas experiências pessoais, suas opiniões, jogue tudo no lixo e comece a basear sua vida num dicionário como segundo você a maioria da população faz.

      Como eu me divirto com esquerdistas! Palavras servem para nos comunicar e tem seus significados, precisa falar algo tão óbvio? Mais uma vez: o fato de algumas pessoas darem o significado diferente não implica que o significado não seja esse.

      Existem pessoas que podem dar um significado diferente até mesmo para sol, amor, carinho, mas não implica que essas palavras não tenham seus verdadeiros significados.

      Obrigado pelo seu conselhozinho, mas não preciso jogar fora meus ‘livros, experiências pessoais e opiniões não’, pois tudo isso só colabora para o que esse blogue tem mostrado e o fato de homens não gostarem de mulheres promíscuas.

      Por que você não faz o seguinte: se contenta com o fato de uma minoria de homens quererem mulheres rodadas e uma minoria de mulheres quererem homens feios, tímidos, desajeitados, etc., como você mesma confirma. Faça isso então, ao invés de reclamar, ué!

      O ser humano segue muitos padrões e temos os nossos instintos. Claro que existem exceções, mas elas nunca vão ser regras: homens não gostam de mulheres promíscuas e pronto!

      Mais uma vez: não venha querendo pegar minorias e impor a maioria, isso é falácia, anti-científico e muita estupidez, do mesmo jeito que não vou forçar mulheres a querer homens feios, pelo contrário, acho até bom isso de um certo modo, como falei para Nath aí em cima.

      Você disse que "há uma possibilidade imensa de mulheres que já transaram antes de se casar trairem e que quantos caras legais elas podem ter rejeitado no passado e etc"..que o passado dela...o passado ... Você parece se preocupar tanto com o passado de alguém, imagine basear um relacionamento nisso que inferno que vira. (...)

      Mas fazer o quê em um mundo cada vez mais cheio de promíscuas e vadias? Eu (como muitos homens) não quero cuidar de filho que não é meu e nem perder metade dos meus bens não, ora.

      Eu conheço pessoas que segundo você são "promíscuas" e também tem um casamento feliz e???? Não se pode dizer que toda mulher que ja transou irá trair seu futuro esposo. Leia seu texto e verá que você GENERALIZA O TEMPO TODO.

      Que lindo!! Ela conhece virgens que já traíram e promíscuas que tiveram um casamento de sucesso e acha que suas experiências pessoais vão refutar o fato do homem não querer se relacionar com uma mulher assim e que muitas promíscuas não vão trair e muitas virgens vão. Que bonitinho.

      Quanto a generalizações, isso já foi mais que esclarecido, pois isso não passa de um truquesinho esquerdista, que você tenta para levar vantagem.

      E bom, não disse que sempre preferi homens inteligentes e carinhosos apenas para ficar bonitinho no texto, eu disse porque realmente sempre priorizei isso e como você não me conhece, creio que não deve fazer a mim esse julgamento, se sou assim ou se não sou, me desculpe a franqueza.

      Mas priorizar não tem a ver com prioridade que é dar preferência? Ô meu Deus do céu!


      Ou seja, você diz: AS MULHERES em vez de ALGUMAS MULHERES. É questão de interpretação.
      Abraços...


      Chega desse truquezinho esquerdista, já deixei claro que não estou generalizando.

      Eliminar
  14. Resumindo os comentários. As mulheres estão escolhendo mudar "por conta própria", mas ficam com raiva pelos homens dispensarem as modernetes por mulheres mais conservadoras.

    ResponderEliminar
  15. Meu Deus, quanta ignorância!
    É surpreendente ver que ainda existe uma quantidade tão grande de pessoas de mente fechada que não conseguem se libertar de costumes tão arcaicos em plenos século 21 e atacam ferozmente todos aqueles que discordam de alguma forma do seu jeito de pensar. Exatamente como fazem algumas pessoas religiosas: apenas porque meu Deus é diferente do seu, ele não deve ser creditado. É heresia... supostamente.
    Só o que vi, tanto na postagem quando nos comentários, foram pessoas - salvo algumas exceções - defendendo um elitismo visual que já não deveria mais existir. Só porque uma mulher é mais baixa do que "deveria", mais gorda do que "deveria", mais tatuada do que "deveria", ela não pode ser considerada bonita? Só por que essa mulher escolhe o que fazer com o próprio corpo sem ligar para as opiniões de pessoas de mente retrógrada ela não pode ser considerada - utilizando das palavras de um dos que comentaram - "uma mulher digna"?
    Tudo isso, beleza, "promiscuidade", o suposto dever do casamento - afinal, uma mulher nasce com esse objetivo, não? Hilário -, opinião... Tudo isso é relativo. Séculos atrás, o homossexualismo era comum: pasmem, a maior parte dos espartanos, um dos grupos de guerreiros mais terríveis da história, eram homossexual, entretanto, nos dias atuais, ainda vemos crimes de ódio acontecendo. Sim, não tem relação com o assunto, é só um exemplo do quanto algo pode ser relativo.
    Mas, voltando ao que dizia... Algumas décadas atrás, as mulheres gordas eram consideradas as mais bonitas, pois isso representava saúde. Durante o Período Neolítico, sequer existia o conceito de monogamia, quem dirá de casamento: as mulheres eram "partilhadas" nas tribos, sem qualquer cerimônia.
    Tudo isso que pregaram na postagem e nos comentários são apenas convenções de uma sociedade demente que tenta se estruturar nos pilares do conservadorismo.
    Vamos lá, apedrejem-me. Chamem-me de herege. Eu não ligo. Pessoas assim não me despertam nada além de pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mari Admas, tudo bem?

      É justamente o argumento que você usou sobre "se libertar de costumes tão arcaicos em plenos século 21" que eu acho mais interessante, porque é justamente em pelo século 21 que estamos que as feministas querem impor algo a uma sociedade o que é certo e o que é errado, e quem for contra a opinião está errado, pronto e acabou. Esse texto que o autor escreveu é apenas uma opinião crítica sobre o feminismo, e não um ataque feroz como você sugere. Eu posso respeitar o pensamento das feministas, e o seu, mas não posso deixar de emitir uma crítica, pois uma coisa não tem nada a ver com a outra. E sabe o que é mais interessante? As feministas são as mais rudes e as que atacam mais ferozmente a opinião das pessoas (pelo menos na maioria das vezes), como um exemplo, vá em uma página feminista do Facebook chamada “Moça, você é machista”. Caso você emita uma opinião contrária, que é direito seu, você é enxovalhada, insultada de todas as formas possíveis e você passa a descobrir milhares de palavrões novos. Isso sim é atacar ferozmente a alguém.

      Podemos estar no século 21, 22, ou 40 que vão existir pessoas conservadoras, querendo você ou não, é o direito do pensamento de cada um. E nem sempre há necessidade de ligar o conservadorismo com a moral religiosa, minha opinião é conservadora e isenta de religião.

      E em relação à promiscuidade, acredito sim que a mulher tem direito de fazer o que quiser com o corpo, é direito dela, mas é dever arcar com as consequências, a vida não é um mar de rosas. Da mesma forma que eu não quero me relacionar com um homem promíscuo, eu entendo perfeitamente um homem não quer relacionar com uma mulher promíscua, e vice versa. Então o cara tem direito sim de fazer uma pré-seleção na escolha do parceiro, assim como você e eu com extrema liberdade.

      Em relação ao casamento que você citou, não acho que hoje ninguém nasce com o “dever” do casamento, até porque o casamento hoje a meu ver, está muito mais livre, pois além de você escolher seu futuro cônjuge, você pode escolher casar por amor, ou por outra coisa sei lá, e não por uma mera convenção social, como era obrigatório antigamente, e não é à toda que os Gays também estão podendo casar, e alguns casam até em igrejas.

      Eliminar
    2. Oie Amanda. Tudo sim, e com você?
      Primeiramente, quero agradecer a você por responder ao meu comentário com argumentos bem pensados. Acredito que, assim como eu tenho uma opinião, você tem outra completamente diferente da minha, e, eu não sei você, mas eu acho interessante conhecer um ponto de vista diferente do meu, apesar de muitas vezes não concordar.
      Eu não acredito que as feministas querem impor uma visão de certo ou errado, mas sim que elas querem tentar mudar justamente a visão de certo e errado que a sociedade atual tem sobre a aparência feminina. Basicamente, as feministas querem que parem de julgar as mulheres com base da aparência ou então sobre o modo como usam o próprio corpo. Infelizmente, acho que algumas exageram um pouco na dose: algumas, sim, descuidam de si próprias em causa de um ideal distorcido. Eu vou para a academia regularmente, como do modo mais saudável que posso, não porque um senso-comum dita isso, mas porque eu viso o meu próprio bem-estar, entretanto, isso não tem qualquer relação com meus ideais.
      Talvez você não tenha notado, mas eu sim: foi um ataque feroz ao feminismo. Quando fazemos uma crítica, utilizamos de argumentos, mas no texto eu vi apenas apontamentos e generalizações. Eu não sou feminista, muito menos conservadora: minha opinião é simplesmente de alguém com mente aberta.
      Não, utilizar de palavras de baixo calão para defender um ponto de vista ou insultar alguém não é um ataque feroz: é uma das coisas mais patéticas que você possa fazer. É quase risível. Significa que você sabe que está errado, sabe que seus argumentos acabaram, mas, antes de cair, quer que todos escutem os seus gritos.
      Claro que vão: isso se chama livre arbítrio. Eu acredito que as pessoas deveriam ser mais abertas ao mundo e as mudanças, mas essa é a minha opinião. Não a estou impondo à ninguém.
      Eu sei que não há. Eu utilizei de termos com um cunho religioso para fazer uma associação ao modo como o texto foi escrito e ao modo como muitos pastores que conheço falam. Eu sequer posso falar sobre moral religiosa, pois simplesmente não tenho crença, apesar de conhecer pessoas religiosas.
      Se uma mulher não escolhe o parceiro sexual e acaba grávida ou com alguma doença, bem, sinto muito por ela, mas isso não é problema meu: ela que tivesse pensado um pouquinho. Já se a estão chamando de meretriz porque ela teve uma sucessão de parceiros sexuais em um intervalo muito curto de tempo, novamente: ela que tivesse pensado um pouco. Se essas mulheres querem fazer isso, que façam, são os corpos delas, eu não tenho relação nenhuma com isso.
      Olha, eu não acredito em promiscuidade, já vou me explicar. Conheci um homem, certa vez: ele foi casado durante anos e nunca sequer trocou duas palavras mal intencionadas com outra mulher, entretanto, a relação foi se desgastando com o tempo e os dois se separaram amigavelmente: quando ele está solteiro ele dorme com uma mulher diferente toda a semana. É promíscuo: sim e não. É relativo. Nem sempre o modo uma pessoa age tem relação com o caráter dela.
      Eu jamais vou fazer um pré-seleção na escolha de um parceiro: são pessoas, não produtos. Eu não sou ninguém para julgar o próximo: se eu ver um rapaz que eu ache interessante, mesmo se ele tiver dezenas de tatuagens, uns kilos a mais do que "deveria", se ele se vestir de modo estranho, tanto faz, não importa, eu vou ir falar com ele. Pode ser que aconteça algo extremamente bom entre nós, pode ser que eu me apaixone perdidamente por ele, pode ser que ele salve a minha vida... Só porque ele namora com mais mulheres do que eu acho que deveria, não quer dizer que ele não vá ser bom para mim. Como eu disse, é relativo.
      Mas ainda há pessoas nesse mundo que não aceitam as mulheres na sociedade e que acreditam que elas nasceram para casar. Experimenta trabalhar em algum setor com apenas homens: você vai entender o que estou falando.

      Eliminar
    3. Olá,
      Estou bem, obrigada. Gosto de debater ideias com outras pessoas, principalmente com aquelas que tem uma ideia oposta da minha, pois sempre aprendo muito, e é saudável ter pessoas que pensem diferente de você. Você tocou em um ponto relevante em relação a aparência feminina: “as feministas querem que parem de julgar as mulheres com base da aparência”. Eu costumo pensar que realmente é errado “julgar” uma pessoa,seja ela o que for, eu penso que quem pode julgar alguém é um Juiz de Direito, em uma audiência ou então Juiz de futebol, em um campo de futebol(rsrs). Mas, uma mulher que não se enquadra nos padrões atuais de beleza de hoje em dia, sofre tanto, ou até mais, ou até menos do que uma mulher extremamente magra nos tempos que o padrão de beleza era ser gorda, ou outro tipo de padrão de beleza.

      A questão é que somos seres sociais, e o ser humano em um meio social tenta elaborar um conjunto de regras e padrões que ele acredita ser melhor para o convívio de sua época ( as vezes de modo inconsciente), portanto, sempre haverá pessoas “fora do padrão”, e essas pessoas podem ser avaliadas pelos outros, mas cada um tem seu gosto pessoal, alguns seguem a tendência do “padrão da sua época” , outras não. Na minha forma de ver, cada pessoa é diferente da outra, e cada um tem seu gosto pessoal. Eu posso gostar e me interessar mais por homens mais magros pois é um pensamento, opção, ideologia, mas nunca, deverei discriminar os gordinhos ou ridicularizá-los, mas esse assunto é outro.

      Costumo dizer que eu também tenho mente aberta, mas costumo filtrar o que acredito ser melhor para mim.

      Quando você cita um exemplo de uma mulher que fica grávida e todos estão a chamando de “meretriz” , também concordo que é problema dela, e ela deveria pensar nos atos antes de cometê-los, mas sinceramente, eu não quero ser omissa, esse tipo de comportamento vende muito, é aplaudido em vários cantos, principalmente pelas feministas, e influência bastante as novas gerações, crianças de 12 anos já sabem mais sobre sexo, do que adultos de 30 anos, e na minha opinião, essas crianças deveriam era estar brincando e estudando.
      Liberdade sexual é uma coisa, promiscuidade é outra. Costumo ter uma visão um pouco mais radical sobre a promiscuidade, que significa : Mistura desordenada de coisas e/ou pessoas diversas, relações sexuais em que estão envolvidos diversos parceiros, relacionamento sexual desregrado ou sem regras determinadas. O caso mais extremo de promiscuidade ao meu ver é o bacanal (suruba) assim como era feito em Roma, a milhares de anos atrás.

      O caráter de uma pessoa significa o conjunto de traços moral, habitual e pelicular de cada indivíduo, portanto, o seu caráter é demonstrado nas suas atitudes, se você age com honestidade, é honesto, se age com perversidade, você é uma pessoa má, se você rouba, é ladrão, se você faz sexo com 15 pessoas ao mesmo tempo é promíscuo, e assim vai. Na vida, e em sociedade, todos os nossos atos terão consequências, bons ou ruins, você tem que estar preparado tanto para o elogio, quanto para a crítica, e o seu sofrimento com a crítica é opcional.

      Em relação a pré-seleção, acredito que os homens estão em larga vantagem sobre nós mulheres. Só em São Paulo existe cerca de 11 mulheres para cada homem heterossexual, ou seja, eles estão podendo namorar a mais jovem, bonita e rica. É triste, mas números não mentem.

      E eu faço uma pré-seleção sim, quando posso, pois o passado tanto da história de um país, quanto de uma pessoa está sempre em comunicação com o presente e o futuro, pode até ser que um homem que foi muito promíscuo no passado, tenha mudado o seu comportamento, mas isso geralmente é raro, pode até acontecer na vida real, mas é exceção, e prefiro acreditar na regra.

      Eliminar
    4. Amanda

      E nem sempre há necessidade de ligar o conservadorismo com a moral religiosa, minha opinião é conservadora e isenta de religião.

      Se não tens uma base religiosa para apoiar o que defendes e acreditas na tua vida qualquer comportamento será válido.

      Em algum momento o que dizes vai se chocar com o que outra pessoa defende e acredita, e aí, qual a base que vocês terão para assumir o que realmente é certo ou errado se pensam por si?

      Se te vales do que é certo ou errado para embasar a tua opinião e apontar críticas ao que outros pensam, estas regras vem de onde?

      Você até pode ter uma vida um pouco conservadora, mas é como a Confraria de São João Batista já te disse em outro post: "Os bons valores que norteiam sua vida descendem, em sua maioria, de alguma moral religiosa passada a gerações."

      "E em relação à promiscuidade, acredito sim que a mulher tem direito de fazer o que quiser com o corpo, é direito dela, mas é dever arcar com as consequências, a vida não é um mar de rosas."

      Ela não pode fazer o que quiser quando está grávida. Abortar, assassinato em vida uterina é crime. E todas pensam que o bebé é corpo delas e não é. Bebé outro DNA, outra vida e elas tem a obrigação de mantê-los vivos.

      Eliminar
    5. Mari Adams

      "Tudo isso, beleza, "promiscuidade", o suposto dever do casamento - afinal, uma mulher nasce com esse objetivo, não? Hilário -, opinião... Tudo isso é relativo."

      Os esquerdistas são relativos...

      Sendo assim é relativo um Homem de 56 gostar de ter relações sexuais com uma menina de 10 anos e querer se casar com ela, certo? Ninguém pode dizer nada, afinal como tu dizes, tudo é relativo...até o 'amor'. lol
      Então também não tens nada contra um Homem querer se casar com uma cabra ou uma mulher querer ter relações sexuais com seu falecido marido, certo? Cada um faz o que quer, é isso?


      "Séculos atrás, o homossexualismo era comum: pasmem, a maior parte dos espartanos, um dos grupos de guerreiros mais terríveis da história, eram homossexual, entretanto, nos dias atuais, ainda vemos crimes de ódio acontecendo. Sim, não tem relação com o assunto, é só um exemplo do quanto algo pode ser relativo."

      E, séculos atrás, eles por acaso entraram com movimentos para acabar com o nome PAI E MÃE das certidões de nascimento das crianças?
      Quiseram banir o sexo e inventar o gênero?
      Fizeram manifestações para aprovação do 'casamento' (não existe casamento nas uniões de pares, duplas, homoeróticas ou homo anfíbias - 1Homem + 1Mulher = Casal = Casamento) como tem hoje?
      Inventaram kits gays para violar a inocência das crianças?
      Criaram adoções de crianças para duplas homoeróticas?
      Ficam usando a desculpa de 'homofobia' para se valerem de práticas horrendas?

      Ou... praticavam o que queriam cada um na sua intimidade e cada um no seu canto?

      Eliminar
    6. Mari Adams

      "Já se a estão chamando de meretriz porque ela teve uma sucessão de parceiros sexuais em um intervalo muito curto de tempo, novamente: ela que tivesse pensado um pouco. Se essas mulheres querem fazer isso, que façam, são os corpos delas, eu não tenho relação nenhuma com isso.

      A questão sobre esse assunto é: os Homens não tem a menor obrigação de aceitar mulheres com passado sexual promíscuo, seja pouco ou muito. Eles podem escolher o quanto quiserem e devem fazer isso mesmo.

      Elas querem 'liberdade' de poder sair por aí se deitando com quantos quiserem e depois quando já estão bem usadas e velhas ficam chocadas quando são renegadas pelos Homens para um casamento. Aí eles são 'machistas', 'opressores', não aceitam as mulheres como elas são... é risível estes argumentos, digo eu.


      "Conheci um homem, certa vez: ele foi casado durante anos e nunca sequer trocou duas palavras mal intencionadas com outra mulher, entretanto, a relação foi se desgastando com o tempo e os dois se separaram amigavelmente: quando ele está solteiro ele dorme com uma mulher diferente toda a semana. É promíscuo: sim e não. É relativo. Nem sempre o modo uma pessoa age tem relação com o caráter dela.

      Então pela tua lógica, os pedófilos não podem ser julgados por terem relações sexuais com meninas de 7 anos. Afinal, muitos não trocam sequer uma palavra mal intencionada com as pequenas, apenas olham e olham. Teve um no noticiário recente que nunca se casou, é solteiro, mas sempre que podia 'conquistava' a menina e depois tinha relações com ela. É relativo. Nem sempre o modo como uma pessoa age tem relação com o caráter dela, né amiga?

      Também teve um outro caso que uma mulher que é casada, ela ficou grávida e não contou ao esposo. E embora ela tenha criado os seus 3 filhos anteriores ela quando se separou matou o bebé no seu ventre. É relativo. Nem sempre o modo como uma pessoa age tem relação com o caráter dela. Nesse caso, ela se separou antes de matar o bebé.

      "Eu jamais vou fazer um pré-seleção na escolha de um parceiro: são pessoas, não produtos. Eu não sou ninguém para julgar o próximo: se eu ver um rapaz que eu ache interessante, mesmo se ele tiver dezenas de tatuagens, uns kilos a mais do que "deveria", se ele se vestir de modo estranho, tanto faz, não importa, eu vou ir falar com ele. Pode ser que aconteça algo extremamente bom entre nós, pode ser que eu me apaixone perdidamente por ele, pode ser que ele salve a minha vida... Só porque ele namora com mais mulheres do que eu acho que deveria, não quer dizer que ele não vá ser bom para mim. Como eu disse, é relativo.

      Realmente, Mari, se não tens como base na tua vida a Palavra de DEUS não tens como apontar dentro da reta justiça qualquer coisa.

      E é mesmo isso, o cara pode ter milhentas tatoos, fumar, beber até cair só nas festas. Ele pode gostar de beijar pernilongos e comer lesmas, e eu acredito que vais mesmo falar com ele... pois ele é uma pessoa e não um produto. Seus gostos, portanto, independem.

      Paixão não segura casamento. Paixão não faz você estar com ele na alegria e na tristeza e muito menos na saúde e na doença.

      Só porque ele namora muitas mulheres e trai de vez em quando não quer dizer que fará o mesmo contigo, afinal ele deixou esposa legítima e filhos para viver contigo, não é mesmo? (só exemplo).

      Aqui tudo que escrevi para você é relativo, Mari.


      "Mas ainda há pessoas nesse mundo que não aceitam as mulheres na sociedade e que acreditam que elas nasceram para casar. Experimenta trabalhar em algum setor com apenas homens: você vai entender o que estou falando.

      Quando tiveres com 50 anos volta aqui para dizer exatamente isso.

      Eliminar
    7. Amanda

      "...e influência bastante as novas gerações, crianças de 12 anos já sabem mais sobre sexo, do que adultos de 30 anos, e na minha opinião, essas crianças deveriam era estar brincando e estudando."

      Sem um comportamento cristão isso é impossível -> crianças brincando e estudando. Quem cuida das crianças? As mulheres. O que as mulheres desejam hoje? Liberdade travestida de libertinagem. Mãe é o quê? Exemplo. E se não tem mãe em casa e a mesma apenas tem comportamento promíscuo, qual o resultado disso? Crianças com 12 sabendo mais do que adultos com 30.

      Entendes porque é importante a mulher voltar aos seus valores cristãos?


      "Liberdade sexual é uma coisa, promiscuidade é outra. Costumo ter uma visão um pouco mais radical sobre a promiscuidade, que significa : Mistura desordenada de coisas e/ou pessoas diversas, relações sexuais em que estão envolvidos diversos parceiros, relacionamento sexual desregrado ou sem regras determinadas. O caso mais extremo de promiscuidade ao meu ver é o bacanal (suruba) assim como era feito em Roma, a milhares de anos atrás. "

      Liberdade sexual, quer dizer que a pessoa tem liberdade de fazer sexo como, quando e com quantos ela quiser...seja Homem ou mulher. Portanto, liberdade sexual é o mesmo que promiscuidade, Amanda.

      No caso da mulher, quando ela faz sexo com muitos namorados por exemplo. Ela namora um e faz sexo e fica com ele 3 meses. Termina e encontra outro aí namora 1 ano e tem sexo. Aí termina e volta e nesse meio tempo ela conheceu outro e já fez sexo com este e com o antigo e assim vai. A vida da maioria das mulheres é daí para pior, infelizmente. Isso chama-se promiscuidade, relacionamento sexual desregrado, liberdade sexual de fazer o que bem entender...


      "O caráter de uma pessoa significa o conjunto de traços moral, habitual e pelicular de cada indivíduo, portanto, o seu caráter é demonstrado nas suas atitudes, se você age com honestidade, é honesto, se age com perversidade, você é uma pessoa má, se você rouba, é ladrão, se você faz sexo com 15 pessoas ao mesmo tempo é promíscuo, e assim vai. Na vida, e em sociedade, todos os nossos atos terão consequências, bons ou ruins, você tem que estar preparado tanto para o elogio, quanto para a crítica, e o seu sofrimento com a crítica é opcional.

      E quem acredita que tudo é relativo é porque aceita todo comportamento moral. Se todo comportamento moral é válido porque tudo é relativo (...) entendedores entenderão.


      "Em relação a pré-seleção, acredito que os homens estão em larga vantagem sobre nós mulheres. Só em São Paulo existe cerca de 11 mulheres para cada homem heterossexual, ou seja, eles estão podendo namorar a mais jovem, bonita e rica. É triste, mas números não mentem."

      Larga vantagem?

      Se pegares 11 mulheres para cada 1 Homem, quantas dessas 11 são feministas? Pelos cálculo que já li são as 11. O percentual é muito baixo para tirar uma mulher que valha para casamento.

      Hoje eles buscam uma mulher que não seja feminista e depois eles observam o restante. As mulheres não estão dispostas a serem mulheres... Se for para competir, eles preferem ficar sozinhos.

      Mas ainda tem aqueles que se arriscam a pegar uma dessas feministas por não ter opção... mas se arrependem amargamente e depois acabam se separando e virando eternamente castos e com o maior amor, o de DEUS.


      "E eu faço uma pré-seleção sim, quando posso, pois o passado tanto da história de um país, quanto de uma pessoa está sempre em comunicação com o presente e o futuro, pode até ser que um homem que foi muito promíscuo no passado, tenha mudado o seu comportamento, mas isso geralmente é raro, pode até acontecer na vida real, mas é exceção, e prefiro acreditar na regra.

      É exatamente o que os Homens fazem, acreditam na regra. Portanto, ninguém pode reclamar do comportamento deles quando não aceitam certas mulheres...

      Eliminar
    8. Pats, eu quero realmente agradecer à você por ter alegrado o meu dia. Você não faz ideia o quão hilário é ver alguém que, apenas por ser religiosa, se acha melhor do que todos, e então, para provar um ponto de vista, distorce completamente o que os outros dizem.
      Sério, eu estou rindo até agora. E você ainda perdeu tempo tentando refutar o que a Amanda e eu dissemos... Ai, ai, pessoas como você, de mente tão fechada... eu não me digno nem a responder.

      Eliminar
    9. Oie, Amanda.
      Infelizmente, a maioria das pessoas não pensa que não é sequer saudável julgar os outros. Perdemos muitas oportunidades de conhecer pessoas maravilhosas por julgar apenas visando a aparência: o modo como uma pessoa é fisicamente não tem qualquer ligação com o modo como ela realmente é. Mas muitos não conseguem ver isso.
      Sofre, e muito, principalmente quando são garotas mais novas. As crianças sabem ser realmente cruéis. Quando eu era criança, eu era bem gordinha, e minha vida era terrível por causa das piadas.
      Exato. Eu penso exatamente isso. Só porque uma pessoa não se encaixa no "padrão de sua época", não quer dizer que ela não seja uma pessoa incrível.
      É verdade. É só ligarmos a televisão para vermos o quanto a aparência vulgar de uma mulher vende: em qualquer canal se vê mulheres mostrando até o útero. Eu acho isso o fim. Acho que isso é um comportamento que não deveria ser influenciado, inclusive pelas feministas.
      Crianças de 12 anos ultimamente já podem até dar aula, se quer saber. Então eu paro e penso: quando eu tinha doze anos eu queria a casinha da Barbie. Eu fico realmente chocada com isso.
      Eu acredito que todos deveriam se sentir livres sexualmente, mas muitas pessoas tem medo de se tornarem "promíscuas" e acabam se tornando retraídas. Você pode ser livre com seu parceiro, isso não é ser promíscua.
      Eu não vejo assim: acredito que entre um extremo e outro há nuances. Um homem que rouba para alimentar os filhos, para mim, não é ladrão, é alguém desesperado, por exemplo.
      Sim, para qualquer coisa que você diga, ou faça, ou pense, haverá consequências: todos terão de lidar com elas.
      É, isso é verdade. Mesmo eu achando que não deveria haver, muitos ainda fazem essas pré-seleções, para tentar escolher apenas a "melhor" opção. É triste, mas é a realidade.

      Eliminar
    10. Mari Adams

      Agradeço a atenção e os elogios da sua resposta, mas não esperava palavras diferentes das que me dedicou.

      Acho que o sentido da visão em você é pouco apurado. Isso porque não consegue ao menos enxergar a própria vergonha. Em mim prospera o pensamento de que mais uma vez o feminismo foi refutado e sem condições de responder iniciou os ataques pessoais.

      Não a quero mal.

      E antes de me despedir, só quero dizer para que sejas mais digna como mulher e procure a verdade que nunca encontrou em si.

      God Bless

      Eliminar
    11. Pats, na verdade, eu vejo as coisas com bastante clareza. Mas você tem de entender que o meu ponto de vista é diferente do seu, e que, para mim, ele é correto.
      Eu não te ataquei, apenas me mostrei indiferente ao que você disse, pois você distorceu completamente o que eu tinha escrito, e, para mim, uma pessoa que faz isso não é digna de retórica. Se você tivesse enviado uma resposta montando argumentos bem pensados, com base no que eu escrevi, e não nos absurdos que você interpretou, eu teria te respondido tranquilamente, assim como fiz com a Amanda. Mas você não o fez.
      Só me responda: por que eu teria vergonha? Por que eu não seria "digna"? Eu sei quem eu sou e sei o que quero da minha vida. Em alguns anos me termino minha residência em cardiologia. Só estive com dois homens a minha vida toda, porque eu os amava. Você não me conhece. Não faz a mínima ideia de quem eu sou. Apenas porque as minhas crenças são diferentes da suas, significa que eu não sou digna? Que eu devo ter vergonha? Por favor... me poupe.

      Eliminar
    12. Mari Adams

      "Pats, na verdade, eu vejo as coisas com bastante clareza. Mas você tem de entender que o meu ponto de vista é diferente do seu, e que, para mim, ele é correto.

      Quando estamos a comentar num blog público, Mari, temos que ter a consciência de que podemos ou não receber críticas de todos os tipos. E também podemos obter respostas de outras pessoas. Se você responde, isso torna-se um debate, como já é o caso. Entendeu?

      Tanto entendi o teu ponto de vista que eu quis responder com o meu, iniciei um debate contigo para entender onde queres chegar com o teu pensamento.

      Sim. Teu pensamento é correto para ti, não pra mim. Por isso a respondi. Uff

      "Eu não te ataquei, apenas me mostrei indiferente ao que você disse, pois você distorceu completamente o que eu tinha escrito, e, para mim, uma pessoa que faz isso não é digna de retórica."

      Você disse que eu me coloquei melhor que os outros por ser cristã, isso é um ataque. Podes mostrar onde eu me coloco como melhor que os outros?

      Você disse, no teu 'discurso' aqui no blog que não julga as pessoas, mas o faz livremente comigo. :D hipocrisia?

      Eu usei apenas a TUA lógica contra você mesma. :D Não percebes que és auto refutável?


      "Se você tivesse enviado uma resposta montando argumentos bem pensados, com base no que eu escrevi, e não nos absurdos que você interpretou, eu teria te respondido tranquilamente, assim como fiz com a Amanda. Mas você não o fez."

      Eu? Eu responder com 'BASE' no que você escreve? És sempre assim bem humorada ou só de vez em quando? Hahahaha

      Mari, eu respondo com base no que eu sigo, vivo e acredito. Sigo uma moral cristã e jamais responderia com base no que você acredita, pois sou contra o modo como pensas.

      A Amanda tem um pensamento parecido com o teu e mesmo comportamento, por isso você gostou do que ela te escreveu. Agora eu tenho um pensamento diferente e fui contra o que vocês disseram, e claramente você ficou bem incomodada. Pensei que fosses responder as minhas palavras, e não, iniciar um mimimi aqui. lol

      "Só me responda: por que eu teria vergonha? Por que eu não seria "digna"? Eu sei quem eu sou e sei o que quero da minha vida. Em alguns anos me termino minha residência em cardiologia. Só estive com dois homens a minha vida toda, porque eu os amava. Você não me conhece. Não faz a mínima ideia de quem eu sou. Apenas porque as minhas crenças são diferentes da suas, significa que eu não sou digna? Que eu devo ter vergonha? Por favor... me poupe."

      Estou tentando entender a relação da sua vida particular com os argumentos que usei para refutar as tuas explicações sobre o post. (?!?)

      Me poupe você. Se és tão certa dos seus argumentos, pega as minhas respostas e refute, estamos num debate e não num confessionário. hmpf.

      Bons Sonhos

      Eliminar
    13. "É exatamente o que os Homens fazem, acreditam na regra Portanto, ninguém pode reclamar do comportamento deles quando não aceitam certas mulheres"


      E é o que você NÃO quer que as mulheres façam, correto?

      Eliminar
    14. Marcel

      Errado!

      Não falo por elas, meu comportamento é completamente diferente GLÓRIAS A DEUS!

      Apenas defendi que os Homens podem generalizar quando falam das mulheres pois a maioria se encontra embebida de feminismo. E nenhuma delas pode reclamar disso, afinal, a maior parte se comporta como tal.

      É o que eu entendo como JUSTO que eles façam, capisce?

      Eliminar
    15. Bem, bem, pois eu me lembro que, mais ou menos no meio do ano passado, eu postei um link em uma página no facebook onde uma mulher recusava um homem dada sua experiência pregressa sexual. A sua reação foi de indignação: você disse que se a mulher fazia essa exigência, era porque ela NÃO O MERECE (você postou em caixa alta). Depois você deu uns argumentos esdrúxulos - pra lá de fracos, para convencer que era um erro a mulher ter aquela preferência. Disse que era uma "judiação" o que ela estava fazendo porque, de acordo com você, as mulheres seduziam os homens de uma forma que era "impossível" (!!!) de resistir (é impossível de resistir a sexo!). Como esse argumento não colou, você disse que "a maior parte das mulheres católicas gosta dos caras experientes" (estatísticas tiradas da sua cabeça), logo, ela não podia ser diferente (não entendi a lógica do argumento). Mas, antes disso, você escreveu algo que eu só percebi depois que voltei lá na página do facebook uma semana depois pra rever um link interessante que estava lá próximo de onde eu postei o meu link e não tinha lido de primeira, algo que, juro, me fez preferir ser cego do que ler aquilo - você disse que "homem não tem a mesma obrigatoriedade de ser casto que a mulher" (!!!). Essa fez meus olhos sangrarem, mas eu deixei quieto porque a discussão já tinha morrido. Depois eu copiei a sua frase e postei em um grupo de discussão católico e a reação das pessoas era bastante adversa, questionando sua formação religiosa, que para eles era fraca, pra alguém dizer uma barbaridade daquelas.

      Eliminar
    16. Marcel


      Olá, tudo bem?

      Lembro-me de você muito vagamente e pelo que comentou, o debate foi na página O EX BONZINHO que nem existe mais.

      O que você escreveu neste seu comentário são partes soltas de comentários meus de toda uma postagem que não consigo lembrar a 100%. Mas farei um esforço pegando apenas os seus comentários sem o conteúdo do post, e sem o debate na íntegra com todos os participantes, para tentar respondê-lo novamente e fazê-lo entender a minha posição.

      A moça namorava um rapaz e ao saber que ele não era mais casto resolveu terminar a relação e disse que ele não servia para casamento. Este era o foco da postagem, se bem me lembro. Mas havia também todo o comportamento que ela teve com ele.

      Ponto 1.

      Deus diz para que TODOS nos mantenhamos castos até o casamento.

      Ponto 2.

      É difícil para os Homens cristãos manterem-se castos, e entendo quando os não cristãos abandonam a castidade. Isso não quer dizer que eu concorde com isso. Para mim, TODOS devem manter-se castos até o casamento independente de serem cristãos e não cristãos.

      Ponto 3.

      Se a menina estava namorando com o rapaz, ela sendo verdadeiramente cristã, tinha intenções de casamento. Ao saber que ele não era mais casto ela tomou a decisão de terminar com ele. Eu não acredito que ela terminou por isso.

      A mulher cristã que quer seguir A Palavra de DEUS na íntegra tem obrigação de saber se o rapaz é casto ou não ANTES de começar a namorá-lo. Se ele mente, ela tem o direito de terminar, se é por causa do seu desejo em fazer tudo como DEUS manda. Apoio isso. Mas não acredito que seja o caso, isso é muito difícil de acontecer e ouso dizer que quase impossível nos dias atuais, principalmente quando também trata-se de 'mulheres religiosas'.

      As mulheres na verdade não são assim! Elas são atraídas pelos mais experientes e querem os mais visados por outras mulheres.

      Eu não acredito que ela terminou por ele não ser casto. Tenho quase certeza que ela USOU isso como motivo para o fim da relação. As mulheres que se dizem cristãs, religiosas, conservadoras tem ultimamente pecado muito mais do que aquelas que se assumem como feministas. Elas estão dentro das igrejas e muitas, muitas mesmo, tem um comportamento completamente reprovável conhecendo a Bíblia. Todos veem isso de todo lado, não sou só eu quem afirmo. Sendo assim, no geral, está difícil mulheres virtuosas. Mas sei que ainda existem as realmente cristãs, e como são uma minoria super, mega ínfimas, julgo pela maioria.

      Copiar apenas parte de uma frase minha e colocar dentro de um grupo católico para discussão é uma atitude bem suspeita. Estás a fazer isso com o proposito de me colocar abaixo e claramente se fixou em mim. Passado mais de 7 ou 8 meses as minhas palavras ainda permeiam no seu pensamento. E o mais curioso é que claramente ficou incomodado com o que eu disse. Espero agora ter lhe feito compreender a minha posição. Se por acaso ainda restou dúvidas, posso esmiuçar mais o modo como penso. Para isso, peço autorização ao dono do blog para ser mais longa a fim de que não reste dúvidas.

      Desejo de coração que Deus o abençoe e lhe de a Paz que precisas para viver.
      Paz e Bem.

      Eliminar
    17. " Eu não acredito que ela terminou por isso. As mulheres na verdade não são assim! Elas são atraídas pelos mais experientes e querem os mais visados por outras mulheres"

      Porque não acredita que ela tenha terminado por isso? Por que não pode ter sido? Você está me dizendo que 100% das mulheres são idênticas nesse aspecto, e NENHUMA mulher no mundo se incomoda com isso e têm as mesmas preferências pelo mesmo tipo de homem, sendo você o único floquinho de neve que andou na contramão ao escolher seu parceiro?

      Eu conheço pessoalmente uma, ex de um camarada meu, que se incomodava com isso, bastava ele falar de uma mulher com quem ele tinha se relacionado, e ela fechava a cara e ficava assim o dia inteiro. Se estiver disposta, basta procurar na Internet, e você vai achar sim que existem mulheres que de fato se incomodam com isso

      http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20111006073905AAoOKTO

      http://www.casalsemvergonha.com.br/2012/07/06/nao-consigo-superar-o-fato-de-que-meu-namorado-era-galinha-o-que-fazer/

      A não ser que você queira afirmar, categoricamente, que na verdade isso não existe e esses textos são obras de algum desocupado.


      "Eu não acredito que ela terminou por ele não ser casto. Tenho quase certeza que ela USOU isso como motivo para o fim da relação"


      Aliás, vamos saber separar as coisas. Você acha que ela achou que estava se envolvendo em um relacionamento de risco, e que a probabilidade de ele trair era grande devido a esse fato? Mas é claro que não. Nenhuma mulher, e nem mesmo homem, acha que só porque a pessoa teve um único relacionamento, e que aliás foi duradouro, existe uma chance considerável de ser traído por conta disso. O motivo é muito mais pessoal: a pessoa se incomoda de pensar que o(a) outro(a) já esteve em outros braços, e teve outra paixões. Isso não tem nada a ver com a religião, mas pode e DEVE ser respeitado.

      Aliás, por mais que você diga que não acredite que ela tenha terminado por esse motivo, não era isso que voê estava argumentando aquela vez; você paertia do pressuposto de que era esse sim o motivo que a levou a terminar, mas dizia que ela tinha que perdoar porque as mulheres faziam de um jeito que era "impossível" de resistir, ou então vinha com um papo que "nunca viu pais católicos que incentivassem o homem a ser casto", só a mulher, querendo que alguém acreditasse que você sabia do íntimo do lar de cada família e o que os pais abordavam com os filhos.

      Eliminar
    18. " Passado mais de 7 ou 8 meses as minhas palavras ainda permeiam no seu pensamento"


      Não que eu tenha pensado nisso por muito tempo, mas é que eu tenho uma memória prodigiosa mesmo. Só me deparei com sua fala aos ler os comentários daqui, e pensei: "peraí, não é aquela mulher que ficou revoltada com o caso do cara que tinha sido dispensado por esse motivo?"

      Eliminar
    19. Marcel

      Eu não acredito que ela terminou pela falta da castidade, por tudo que já te escrevi e pelo meu direito de entender dessa forma perante tudo que vejo nessa sociedade.

      Não! Eu disse que A MAIORIA tem o mesmo comportamento. E com a febre do feminismo que manifesta uma mentira atrás da outra para angariar mulheres ao movimento, chegou ao ponto de entrar dentro das igrejas, logo, pior.

      Só se incomoda com o passado sexual do Homem as mulheres verdadeiramente cristãs que são uma minoria mesmo, e em momento algum falei que sou a única. E não sou nenhum floquinho de neve, Marcel, e não aprecio estes termos porque não lhe dou o direito de falar dessa forma comigo. Seja mais formal, se faz favor.

      Exemplos pessoais não anula o padrão, a maioria. A ex do teu camarada se incomodava com o fato dele falar de suas ex... por ciúmes, ou seja, lembrar, recordar, mexericar de outra mulher. Isso, convenhamos, não é comportamento de um Homem cristão e nem de uma mulher cristã a se relacionar com um tipo desses.

      Achas que as mulheres verdadeiramente cristãs colocam isso na internet? Tu estás bem por fora do comportamento cristão.

      Li os links que me enviou. E tu tens coragem de colocar isso aqui? Ora, ela está com ciúmes do namorado ter tido uma mulher antes dela, deu pra ele a sua virgindade sem casamento e você vem me dizer que tem mulheres que se incomodam com o passado sexual do Homem? Ahhh faça-me o favor! Estas aí se incomodam com a possibilidade de serem descartadas/trocadas, isso sim! Pois quem alimenta o Homem com sexo antes do casamento não é nem de longe cristã e mulher alguma que é verdadeiramente cristã se relaciona com Homens de jugo desigual e muito menos 'galinhas' como diz um dos links. Hmpf.

      O que eu afirmo é que os teus links são um HORROR e nada tem a ver com mulheres verdadeiramente cristãs.

      ***

      Eliminar

    20. "Aliás, vamos saber separar as coisas. Você acha que ela achou que estava se envolvendo em um relacionamento de risco, e que a probabilidade de ele trair era grande devido a esse fato? Mas é claro que não. Nenhuma mulher, e nem mesmo homem, acha que só porque a pessoa teve um único relacionamento, e que aliás foi duradouro, existe uma chance considerável de ser traído por conta disso. O motivo é muito mais pessoal: a pessoa se incomoda de pensar que o(a) outro(a) já esteve em outros braços, e teve outra paixões. Isso não tem nada a ver com a religião, mas pode e DEVE ser respeitado."

      Em nenhum momento falei que não merece respeito a atitude de uma mulher que escolhe um Homem casto para se casar. Falei que a maioria não se importa com isso e até preferem os experientes e que acredito que a moça da postagem não terminou por isso, pelo menos foi o que o post transmitiu para mim quando o li.

      "Aliás, por mais que você diga que não acredite que ela tenha terminado por esse motivo, não era isso que voê estava argumentando aquela vez; você paertia do pressuposto de que era esse sim o motivo que a levou a terminar, mas dizia que ela tinha que perdoar porque as mulheres faziam de um jeito que era "impossível" de resistir, ou então vinha com um papo que "nunca viu pais católicos que incentivassem o homem a ser casto", só a mulher, querendo que alguém acreditasse que você sabia do íntimo do lar de cada família e o que os pais abordavam com os filhos."

      Na postagem da época eu argumentei várias coisas e não apenas sobre o tópico, pois vieram vários Homens e mulheres para o debate falando sobre o tema de forma bem abrangente. Eu coloquei várias possibilidades e dei minha contribuição de pensamento sobre cada um delas. Se não aproveitou o momento lá para resolver essa perturbação que estás a sentir, pegue essa chance agora porque não vou mais explicar o óbvio para você.

      Eu nunca vi mesmo pais que são verdadeiramente cristãos incentivar os filhos, inclusive Homens, a irem contra as Leis de Deus. Mas pseudo- cristãos tem aos montes e fazem isso aos montes. E não sou só eu que penso assim, tem mais pessoas.

      Agora, procure ler mais a Bíblia e estar na companhia de pessoas verdadeiramente cristãs, e não, de pessoas que se dizem.

      Paz e Bem.




      "Não que eu tenha pensado nisso por muito tempo, mas é que eu tenho uma memória prodigiosa mesmo. Só me deparei com sua fala aos ler os comentários daqui, e pensei: "peraí, não é aquela mulher que ficou revoltada com o caso do cara que tinha sido dispensado por esse motivo?"

      Você já fez vários comentários aqui e sempre a me confrontar com os temas. Isso chama-se fixação. Agora que já nos reencontramos, já fiz o favor de te responder novamente e um assunto fora do post do blog, vamos em frente porque é para frente o caminho.

      God Bless

      Eliminar
    21. "Ora, ela está com ciúmes do namorado ter tido uma mulher antes dela, deu pra ele a sua virgindade sem casamento e você vem me dizer que tem mulheres que se incomodam com o passado sexual do Homem?"

      Bem, eu não sei se você tem um poder de compreensão bastante limitado ou está se fazendo de desentendida, mas esse não é o cerne da questão. Se a mulher em questão é atéia, budista, católica, não é isso que importa, eu só queria te mostrar, através dos links, que há, sim, um grupo de mulheres que se importa de fato com isso, e que, embora as mulheres dos links não sejam cristãs, não há razão para crer que cristãs estão imunes a isso. Certamente há mulheres que são cristãs, que se guardam e se incomodam com isso, por que você duvida que isso exista? Se você quiser, eu posso procurar no fórum de discussão do site apologética um caso assim, pois há milhares de novos visitantes com dúvidas e inseguranças e certamente irei encontrar. A respeito do caso por mim citado, você menciona que uma mulher religiosa não se relacionaria com um cara que revira o passado de outra mulher que ele teve, mas a moça era, sim, católica, mas ele não revirava o passado por se gabar de ter "comido" suas ex- mulheres, mas sim de, ao contar fatos que eram engraçados e ocorridos com ele em uma época que a namorada atual não estava presente, ele precisava de cuidado redobrado para acidentalmente não tocar em nomes que ela não queria ouvir.

      Eliminar


    22. Marcel

      Parece que não consigo me fazer entender para ti, pois não?

      Há mulheres que se importam com o passado sexual do Homem, mas não como naqueles links que me enviou. Há mulheres que se importam se ele é casto, claro que sim. Há mulheres que preferem os experientes (a maioria), claro que sim.

      Tanto os links que você enviou quanto a maioria das mulheres que dizem preferir Homens sem passado sexual, elas não estão preocupadas com a castidade, com a obediência para com Deus e desejam se guardar para estarem dentro da aliança no seu casamento. Elas estão preocupadas em serem as primeiras... Elas não querem ser comparadas, trocadas e traídas porque elas desejam ou já fizeram sexo com eles antes do casamento. E querem ficar com eles até elas enjoarem para então reiniciar este ciclo novamente.

      O que citei acima, para mim, não é querer um Homem casto para fazer um casamento abençoado na palavra do Nosso Senhor, e sim, usar a base cristã para pecar.

      "Se a mulher em questão é atéia, budista, católica, não é isso que importa, eu só queria te mostrar, através dos links, que há, sim, um grupo de mulheres que se importa de fato com isso, e que, embora as mulheres dos links não sejam cristãs, não há razão para crer que cristãs estão imunes a isso. Certamente há mulheres que são cristãs, que se guardam e se incomodam com isso, por que você duvida que isso exista?

      Através dos links eu percebi que tem mulheres fazendo exigências para o Homem de castidade, fidelidade e tudo o mais. Mas ela é a primeira a se deitar com ele antes do casamento...isso é esperar em Deus? Para mim, não. E o fato delas não serem cristãs contribui para o que eu já disse nos outros comentários.

      Eu não disse que as cristãs estão imunes a isso. Falei inclusive que o feminismo chegou dentro da igreja. Mas existe sim uma minoria de mulheres que ESPERAM EM DEUS e são verdadeiramente cristãs. Muito diferente da maioria (pseudo-cristãs)e desses links que me enviou.

      "Se você quiser, eu posso procurar no fórum de discussão do site apologética um caso assim, pois há milhares de novos visitantes com dúvidas e inseguranças e certamente irei encontrar.

      Não há necessidade, não sou eu que quero saber sobre isso. E sim, você. Para mim não precisas provar nada. Qualquer um consegue ver como é a mulher hoje e principalmente as suas intenções.

      As mulheres que tem insegurança quanto a castidade e passado sexual do Homem, devem ler a Bíblia, reforçar a sua Fé em Deus, esperar em Nosso Senhor e conhecer muito bem o comportamento do Homem que ela deseja namorar para construir um relacionamento e chegar ao casamento. Dificilmente elas vão encontrar um Homem casto que não seja cristão. Observar o comportamento e não pecar é um bom começo. Mas se elas não tiverem um comportamento cristão, vai dificultar ainda mais ...

      "A respeito do caso por mim citado, você menciona que uma mulher religiosa não se relacionaria com um cara que revira o passado de outra mulher que ele teve, mas a moça era, sim, católica, mas ele não revirava o passado por se gabar de ter "comido" suas ex- mulheres, mas sim de, ao contar fatos que eram engraçados e ocorridos com ele em uma época que a namorada atual não estava presente, ele precisava de cuidado redobrado para acidentalmente não tocar em nomes que ela não queria ouvir.

      Eu disse que uma mulher verdadeiramente cristã não se relaciona com Homens desse perfil que apontou. Ela exige conforme o que oferece. Ele tem que estar 100% amando Deus e respeitando a namorada/noiva como uma irmã. E só depois do casamento vem as intimidades.

      Espero que agora tudo fique compreendido mesmo que não estejas de acordo.

      Paz e Bem.

      Eliminar
  16. Mari Adams,

    Não tenho nada a acrescentar às respostas da Pats, mas há coisas que ela disse que tu tens que entender:

    1. Nenhum homem tem a obrigação moral de casar com uma mulher cujo comportamento sexual não está dentro do que ele considera aceitável. Ele é que vai casar com ela, portanto, ele é que sabe que tipo de mulher ele quer.

    2. Tu és livre para dormir com quantos homens quiseres, tal como os homens são livres para classificar as mulheres segundo padrões morais que eles entendem. Repito, ele é que sabe que tipo de mulher ele quer. Uma mulher casta não tem (nem nunca terá) o mesmo valor marital que uma promíscua. Quando se trata de casamento, os homens valorizam mais as mulheres castas.

    3. Isto não quer dizer que os homens estão a "forçar" as mulheres a viver como eles querem, mas sim que as mulheres promíscuas não podem determinar quais os critérios que os homens irão usar quando pensarem em casar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lucas, por um acaso eu disse que um homem tem de casar com uma mulher da qual ele considera o comportamento sexual inaceitável? Muito pelo contrário, o que eu deixei bem claro em meu ponto de vista é que cada um deve fazer o que quiser, mas que, na minha opinião, as pessoas, no geral, não deveriam julgar e fazer pré-seleções apenas com base na quantidade de parceiros sexuais que acham aceitáveis.
      Só tente entender uma coisa: nem toda a mulher sonha com o casamento, nem toda a mulher nasce com esse objetivo. Isso é uma escolha. Não tem nada a ver com o caráter dela.
      Uma dica para você: não diga que eu "tenho" de entender alguma coisa, pois assim como você não é obrigado à aceitar e/ou compreender a minha opinião, eu não sou obrigada à aceitar e/ou compreender a sua. Estamos em um país livre.

      Eliminar
    2. Escolher entre casar-se e não se casar realmente nada tem a ver com o caráter da mulher.

      Mas os homens (e também as mulheres) levam em consideração o caráter dos seus futuros cônjuges antes de se casarem com eles(as). E um passado de promiscuidade gera um alto grau de desconfiança quanto ao item fidelidade, essencial nesse tipo de relacionamento. É assim que a maioria das pessoas de bem pensa, quer lhe agrade ou não.

      Mari, entender algo é uma coisa; aceitar algo é outra. Queremos saber se você entendeu o perigo da promiscuidade, e não se você aceitou isso como valor a ser considerado (claro que você é livre para aceitar ou recusar o que quiser - mas não entender isso nos leva a desconfiar da clareza do seu raciocínio).

      Eliminar
    3. Mais uma feminista brasileira.

      Os homens brasileiros se dividem em dois tipos:

      os que se aproveitam de mulheres feministas e

      os que fogem delas.

      Eliminar
    4. Ótimas respostas da Pats!

      Não adianta haver 11 mulheres para cada 10 homens em SP se houver uma alta proporção de feministas (hétero ou lésbicas) e apenas 1 homem interessante para essas 11 (rico, musculoso, tatuado, violento, cafajeste, "na idade certa" - já que é assim que elas concebem o que vem a ser um "homem de verdade"). Talvez haja 11 bons rapazes para cada boa moça (que é rapidamente "laçada" - pois é "avis rara" e valiosa). O resto fica a ver navios...

      No final, lucram só os cafajestes, que se aproveitam das feministas e as tornam ainda mais feministas (decepcionadas, porque "homem é tudo igual"). Os honestos, esforçados, mais pobres, mais feios, menos ostentadores, etc. se tornam homens invisíveis (simplesmente não existem para elas).

      Eliminar
    5. Mari,

      "Lucas, por um acaso eu disse que um homem tem de casar com uma mulher da qual ele considera o comportamento sexual inaceitável? Muito pelo contrário, o que eu deixei bem claro em meu ponto de vista é que cada um deve fazer o que quiser, mas que, na minha opinião, as pessoas, no geral, não deveriam julgar e fazer pré-seleções apenas com base na quantidade de parceiros sexuais que acham aceitáveis.

      Porque não, se isso é uma forma válida de projectar que tipo de comportamento a mulher é mais susceptível de adoptar depois do casamento?

      Quando tu dizes que o número de parceiros sexuais não deve ser levado em conta quando se trata de casamento, tu estás a dizer que aquilo que os homens (e maioritariamente eles) usam para filtrar a sua futura esposa não pode ser usado. Ou seja, tu estás a querer dizer que os critérios masculinos não podem ser levados em conta.

      Eliminar
    6. Olá Pats,

      Sim, os valores que eu tenho da minha vida tem forte influência da religião, e principalmente da Católica, mas eu não deixo apenas um caminho de visão nortear meus pensamentos, eu aprendo muito com livros, mas, mais ainda com os erros dos outros e suas consequências.

      Ainda penso que a mulher pode fazer o que quiser com seu próprio corpo, até porque, eu acredito no livre arbítrio, mas, porém, todavia, um feto não é o seu corpo, e sim outro corpo, e eu penso e acredito fielmente que um feto não é uma úlcera, ou apenas um “amontoado de células” como as feministas costumam pensar. O Feto é outro ser, outra vida, e, portanto a mulher não pode retirá-lo, apenas em casos de estupro comprovado e anencefalia , mas esses são casos extremos.

      Confraria de São João Batista, não sei de que país você é, mas a situação nas principais capitais brasileiras em relação a quantidade e qualidade está muito ruim para as mulheres. Porque por mais que tenha muita mulher feminista, tem pouquíssimo homem conservador e que realmente quer alguma coisa séria com as mulheres, entende? Principalmente na faixa etária de 20-30 anos, os homens não querem nada sério com ninguém.

      Mulheres como eu, que estudam, são mais tímidas, reservadas, e querem casar um dia (principalmente casar antes dos 30 anos) sempre são vistas como careta, sem graça, ultrapassada, moralista, etc, e só serve para ser amiga. E realmente concordo com você, tem muito homem aproveitador, e eles estão gostando bastante dessa onda de feminismo, e eles tiram bastante vantagem disso.

      Eliminar
    7. Amanda

      Olá!


      " Sim, os valores que eu tenho da minha vida tem forte influência da religião, e principalmente da Católica, mas eu não deixo apenas um caminho de visão nortear meus pensamentos, eu aprendo muito com livros, mas, mais ainda com os erros dos outros e suas consequências."

      É como eu já te respondi acima sobre esse assunto. Você pode ler tudo o que quiser, podes observar o comportamento das outras pessoas e saber o que queres e não para tua vida. Mas quando escolhes não seguir o caminho só com DEUS, ficas à mercê de tudo e sem qualquer base para se valer do que é certo e errado, pois todo comportamento será válido.

      Uma mulher que tem um comportamento e pensamento relativo nunca terá a oportunidade de se casar com um Homem cristão. Pois esse procura uma mulher com comportamento de mesmo jugo e não aceita relativismos. Mas se preferes assim...


      "Ainda penso que a mulher pode fazer o que quiser com seu próprio corpo, até porque, eu acredito no livre arbítrio, mas, porém, todavia, um feto não é o seu corpo, e sim outro corpo, e eu penso e acredito fielmente que um feto não é uma úlcera, ou apenas um “amontoado de células” como as feministas costumam pensar. O Feto é outro ser, outra vida, e, portanto a mulher não pode retirá-lo, apenas em casos de estupro comprovado e anencefalia , mas esses são casos extremos.

      A mulher pode sim fazer o que quiser com seu corpo, o que ela não pode é depois julgar os Homens pela seleção que ELE faz quando não quer essas mulheres que fazem o que querem. Entendeu? Pois as mesmas mulheres que dizem isso, 'livre arbítrio' -> fazer sexo com quem quiser, como quiser e com quantos quiser, são as mesmas que depois xingam os Homens e os rotulam por não querer um tipo de mulher assim para um relacionamento.

      Quando a mulher está grávida, ela perde o direito de fazer o que quiser com seu corpo porque existe ali uma nova vida. Ela tem obrigação de proteger o bebé até o nascimento.

      Quanto aos casos de estupro e anencefalia proteger essas vidas é ainda mais importante.
      É certo ela escolher matar seu bebé porque vai nascer com alguma deformação? Não será mais justo deixar a vida fazer seu curso e esperar que o bebé venha ao mundo para então lhe cuidar e dar amor mesmo com problema e fazer a sua vida durar ao máximo? Aproveitar cada segundo da passagem dessa criança no mundo? Ora, estamos a falar de uma vida que cresce dentro da mulher, seu filho. É possível não amar um filho porque vai nascer com deficiência? Lembro-me que alguém disse aqui no post que o ser humano não é um produto...

      No caso de estupro a mesma coisa. E olha, os casos da mulher engravidar em um estupro são bem pequenos. Mas quando acontece é correto cometer um crime maior? Deus não nos disse: não matarás? Não importa se é fruto de violência, o filho que ela carrega está no ventre dela e por mais traumático que possa ser, é o seu bebé.

      Boa Tarde.

      Eliminar
    8. Confraria de São João Batista, claro que o passado de uma pessoa que teve dezenas de parceiros sexuais gera desconfiança em qualquer tipo de relacionamento, mas isso nem sempre tem relação direta com o caráter da pessoa. Só acredito que deve-se avaliar cada caso como um só. Entre branco e preto sempre há o cinza.
      Eu sei que são duas coisas bem diferentes, por isso as separei com "e/ou".
      Do meu ponto de vista, eu entendo muito bem o que é "promiscuidade". Mas eu quero que me diga o que é para você a promiscuidade? Quais são os perigos que você mencionou?
      P.S.: Eu não tenho certeza se você estava falando de mim ou de qualquer outra pessoa, considerando o fato que você não apontou nenhum nome, mas, só para que saiba: eu não sou feminista. Há ideais delas que eu concordo, como há os que discordo. Conhece a história dos girondinos e jacobinos? Lembra-se que entre os dois extremos havia um meio-termo?
      Só gostaria que ao menos tentasse entender que nem todas feministas são como você julga.

      Lucas, eu te aconselho sinceramente a prestar mais atenção no que as outras pessoas escrevem quando você tem a intensão de respondê-las: eu não disse que não deve ser um fator levado em consideração, mas que não se deve julgar e fazer pré-seleções apenas com base nisso. Entre um e outro há diferença.

      Pats, fui eu que disse que o ser humano não é um produto: não faz muito sentido utilizar do meu argumento contra a Amanda.

      Eliminar
    9. Cara Mari Adams

      Para você eu já disse tudo que precisava.

      Aproveita que a Confraria e o Lucas estão bem dispostos e preste bem atenção nos comentários deles, são valiosos. Outra chance dessa não terás.

      Paz e Bem.

      Eliminar
    10. Mari Adams:

      "Lucas, eu te aconselho sinceramente a prestar mais atenção no que as outras pessoas escrevem quando você tem a intensão de respondê-las: eu não disse que não deve ser um fator levado em consideração, mas que não se deve julgar e fazer pré-seleções apenas com base nisso. Entre um e outro há diferença."

      Porque não? O casamento é uma união eterna entre duas almas. Se uma dessas almas já deu evidências de estar diminuída na sua capacidade de manter um relacionamento eterno (ao ter tido vários parceiros sexuais), pouco ou nada interessam as suas outras "qualidades".

      O número de parceiros sexuais pode ser sim o único factor que leva um homem a escolher não casar com uma dada mulher. E vocês mulheres sabem disso, e é precisamente por isso que muitas de vocês tenta esconder ou reduzir o número de parceiros sexuais que já tiveram.

      Eliminar
  17. Maria Adams,

    Vamos há alguns comentários seus:

    Que costumes tão arcaicos são esses que você referiu no começo do post? E onde o autor da postagem foi feroz, como você havia dito?

    Você havia falado que perdemos muitas oportunidades por julgarmos as pessoas pelas aparências, o que é verdade e citou um caso seu quando era pequena, mas você não acha que o mesmo ocorre com homens não que também são e muito, julgados pelas aparências?

    Citei até casos interessantes sobre isso nos comentários acima, de garotas postando aquelas frases de auto ajuda idiotas no facebook de beleza interior, para não julgar, mas que depois bloqueiam o primeiro feio na hora.

    Não são só homens que julgam, mulheres também fazem isso e muito, até mais que os homens (vide as gordas do face que ficam postando frases idiotas, mas bloqueiam feios e o que acontecem com homens “menos favorecidos” em boates).

    Sobre ser livre sexualmente, o Lucas falou tudo, bem como já foi falado aqui: a mulher pode ser livre sexualmente, mas não implica que o homem não vai ser livre para não escolher esse tipo de mulher depois.

    Você havia falado que acredita que as feministas não tentam impor uma visão de certo e errado, mas você já viu as atitudes horríveis de muitas feministas por aí? Atacam o cristianismo, expulsam quem não concorda, falam pouco ou nada sobre os ataques, os blogs feministas são quase sempre a mesma coisa, sempre repetindo as mesmas coisas.

    Você que afirmou que estuda, deve saber muito bem o que é método científico e vendo o que a grande maioria dos blogs feministas fazem, dá para tirar muitas conclusões sim, sobre as atitudes da maioria.

    Claro que não são todas e você até falou ao Confraria nem toda feminista são como ele julga, mas não vamos negar que o feminismo é uma opção errada e pronto, então tome cuidado e não siga o que elas dizem e se tem algum argumento feminista que você acha correto, nos mostre.

    Se você não sabe, existe até nazista que é gente boa e que nem todo nazista é como a maioria julga, mas eu não vou negar também que o nazismo é errado e pronto.

    A promiscuidade feminina é a mesma coisa: para um homem uma mulher assim tem altas chances de trair, ter doenças e ter um comportamento errado.

    Obviamente, não são todas que vão voltar a ter, mas por via das dúvidas um homem não vai querer se relacionar com alguém assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mari, entre o roxo e o vermelho há o vinho (entre jacobinos e girondinos), assim como entre os assassinos e os ladrões há os latrocidas (matam e roubam). Sua comparação não se estendeu aos extremos diversos, mas aos semelhantes. Erro de raciocínio lógico (sabia que sua clareza de raciocínio era questionável). Isso é fruto do igualitarismo (achar que o certo tem tanto valor quanto o errado e seriam igual e moralmente válidos) e da "liberdade" (achar que o erro tem direitos à existência).

      Então o hábito de promiscuidade não integra o caráter de uma pessoa? Hábitos, que derivam de uma escala sedimentada de valores, não integram o caráter de alguém? Você se casaria com alguém com um histórico de promiscuidade contumaz ou de violência persistente contra ex-namorada? Meio perigoso isso, não?

      Promiscuidade, para mim, é a mesma definição que um dicionário lhe dá. Opiniões sobre promiscuidade só variam o grau da mesma, mas nunca sua definição. Alerta! Seu relativismo moral foi detectado!

      Então quer dizer que você é "meio feminista"? Também há gente meio suja, meio grávida, meio tuberculosa, meio endividada, meio nazista, etc?

      Concordar com partes do feminismo faz de você alguém contaminado com essa ideologia. Pelo menos você reconhece que partes dela são detestáveis. Quando você descobrir que as partes que você gosta têm a mesma base dos contra-valores que você detesta, pelo amor à coerência, abandone isso e torne-se uma pessoa normal.

      Claro, nem todas feministas são como julgo. Variam entre as que começam a ter dúvidas sobre se o feminismo é realmente o que diz ser até aquelas que atentam contra as vidas de artistas plásticos masculinos, como o Andy Warhol, e pregam a extinção dos homens.

      Feministas são iguais a doentes com câncer: há os que apresentam os primeiros sintomas, os casos avançados, os casos terminais, os que estão em recuperação (raros!). Cuide-se, Mari, pois seu caso de feminismo ainda é grave. Isso é uma doença mental crônica mas ainda tem cura (apesar de deixar sequelas comportamentais e psiquiátricas muito sérias). Basta fugir de toda proposta baseada na "igualdade-liberdade-fraternidade", falácias usadas para enganar e manipular os invejosos, os incapazes, os fracos, os ignorantes, os frívolos, os sem-freio moral e os estúpidos - retrato da maioria das mulheres ocidentais.

      Eliminar
    2. AF, como me referi no início do post, os costumes arcaicos do qual falei são esse elitismo visual que muitos seguem cegamente, essa mania de julgar e fazer seleções de pessoas das quais nem conhecem. A aparência, à meu ver, não quer dizer nada.
      Talvez para você não tenha sido, mas, o que eu vi foi sim um ataque feroz. O autor da postagem generalizou completamente as feministas, criticou duramente e, até mesmo, em alguns pontos, relacionou com coisas que não tem ligação nenhuma.
      Claro que ocorre! Muitas mulheres julgam cegamente homens tendo em vista apenas a aparência deles. Isso me parece tão errado! Não parece para você?
      Sejamos sinceros: uma pessoa que faz isso é hipócrita.
      Eu acho que as pessoas deveriam parar de julgar pela aparência: de nada adianta uma pessoa ser linda se, ao conhecê-la melhor, você descobrir que ela é uma cretina.
      Eu particularmente acho que liberdade sexual é diferente de promiscuidade. Você ser livre sexualmente é se sentir livre no aspecto sexual, e isso você pode ser com seu parceiro.
      Mas nem todas. Não estou falando dessas mulheres que acreditam que precisam ser agressivas para provar um ponto. Já vi blogs feministas que falam simplesmente sobre coisas que acham erradas: em nenhum momento as vi atacar algo por não concordar. Lembro-me de um rapaz que veio falar sobre as populares cantadas masculinas e do como ele não achava elas ofensivas, como muitas mulheres afirmam: as mulheres ali simplesmente disseram porque elas não achavam aquilo legal. Como já disse, todo caso é um caso.
      Do mesmo modo como posso tirar conclusões do autor desse blog. Ele julgou e apontou, exatamente como muitas feministas fazem.
      O maior ideal feminista é a luta contra os padrões que oprimem muitas mulheres da nossa sociedade. Eu sinceramente concordo com isso. Acho que a mulher deve sim cuidar de si própria, visando o próprio bem-estar, não para tentar corresponder à um padrão.

      Confraria de São João Batista, sério que você está me julgando por que o que eu acredito é diferente do que você acredita?!

      Eliminar
    3. Para mentes dirigidas por gurus do relativismo moral, crer no erro é igual a crer no acertado e há plena liberdade de escolha. Apenas estou alertando você que muitos dos seus conceitos estão confusos, equívocos e equivocados, contraditórios, e, portanto, cheios de erros. Mas se quiser crer nessas ideologias de morte e colaborar para um mundo pior...

      Argumente e mostre as contradições do autor da postagem. As suas contradições (e as das outras feministas) já foram exaustivamente demonstradas aqui. Falta inteligência para compreender ou foram golpes muito duros na vaidade e no orgulho para haver vontade de reconhecer os erros?

      Eliminar
  18. Nunca li tanta besteira na vida.Você age como se as mulheres devessem se importar SÓ com sua aparência,sua beleza física e NADA mais importasse.Porque VOCÊ as vê assim:como objetos de decoração que têm a obrigação de serem sempre bonitas.Você não tolera as feias.Você acha que as mulheres pensam no corpo delas como você pensa sobre o corpo delas e não é bem assim.O feminismo fez mais do que um favor á sociedade de acabar com esse padrão de beleza inatingível e opressor.Você só escreveu essa porcaria porque seus pais não te ensinaram uma coisa:
    1) O que é beleza?
    Acontece que beleza NÃO EXISTE.Pergunte a 100 etnias diferentes o que eles consideram belo e você se surpreenderá que nem sempre a resposta vai ser o padrão que você conhece:alta,magra e BRANCA.Beleza é um conceito relativo mané!Não se pode discutir a respeito de um conceito relativo!Se não acredita em mim,siga a lógica:Porque existe maquiagem,photoshop,produtos e tratamentos estéticos?Você já viu as celebridades femininas mais belas do mundo sem as coisas que eu citei?Elas são horríveis.Tanto,que se
    vc se arriscar a ver a linda katy perry,angelina,hilary duff,nick minaj sem maquiagem nunca mais vai se masturbar.Mas elas não são feias.São apenas normais.O corpo é só uma embalagem que segura o cérebro e a alma.Depois que você morre,ELE NÃO IMPORTA MAIS!E sobre a "objetificação masculina" me poupe. Ela nem se compara a feminina.O objetificação feminina é MUITO mais cruel.É uma tentativa masculina de botar as mulheres "no seu devido lugar" quando estas o ameaçam.
    Quanto a promiscuidade feminina vá se ferrar com sua hipocrisia.Homem pode ir a uma festa,transar com dez ele é macho,mulher se fazer isso é puta.Puta pq?Porque mulheres não podem também?Em nenhum momento você sequer condenou a traição masculina."porque homem pode né?"mas achou que aquela pobre menina devia ter vergonha na cara,enquanto se fosse um marido trair sua esposa com quem é casado a anos não fosse errado.O feminismo é destrutivo é?Imagine o quão destrutivo seria se as mulheres ousassem serem independentes de você,ajudar com as despesas e ainda pudessem transar com quem quisessem sem serem criticadas.Seria uma bagunça!O que você tem medo de verdade é que as mulheres o ameaçem!Que o prejudiquem em seu meio de trabalho,roubem os cargos políticos e todo o resto!E para isso precisa diminuí-las,fazendo-as acreditar que são só objetos de decoração.E quando elas não atendem ao padrão de beleza,hora de lembrar a elas que elas são só mulheres,e mulheres tem a obrigação de serem belas o tempo todo.Mas isso não funciona comigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, depois do seu desabafo pelo post ter lhe tocado pessoalmente, agora lê de novo e também os comentários para ver se consegues perceber o X da questão feminista.

      O que está em questão é algo que vai muito além da beleza, trata das feministas que adoram detonar as mulheres que gostam de se cuidar e do direito do Homem escolher com que tipo de mulher ele quer casar. Trata das feministas quererem o mesmo status de uma mulher que se cuida e é casta. Trata do direito dos Homens e das mulheres que se cuidam.

      As feministas querem que todas as mulheres sejam gordas, pele perebenta, cheias de doenças e sintam-se felizes. Defendem que o Homem é obrigado a aceitar uma mulher que come de forma desproporcional chegando a pesar 150 kg e que ele deve achar essa mulher tão linda quanto uma outra que se cuida pela saúde, beleza e bem estar. Ahh vamos nos respeitar! A mulher pode escolher o macho que ela quiser, ele não pode escolher a mais bonita, casta e conservadora? HA HA HA. Só na ideia de vocês...

      As mulheres devem cuidar de si e isto não é só por motvos estéticos. Quando a mulher cuida de si isto não faz dela objeto de decoração; este tipo de pensamento é um pensamento medíocre que as feministas promovem a fim de fazer com que todas as mulheres se descuidem, e fiquem esteticamente menos atraentes mas que mesmo assim sejam todas aceitas como princesas.

      Os produtos e os tratamentos estéticos existem para preservar ainda mais a beleza e saúde de cada mulher (e ainda bem que existem). A beleza está em ter saúde e preservar o belo de cada um na sua essência natural, mas isso só é possível para as que cuidam da saúde cuidando da alimentação e fazendo atividade física, o que está bem longe do conceito e pensamento feminista.

      Esse tipo de conversa de objetificação da mulher é um discurso sem nexo e que deve ser colocado de parte.

      A mulher deve ,sim, se guardar ao máximo e não enveredar pela vida promíscua, tal como o Homem deve se guardar e procurar a melhor mulher disponível; e não há nada de mal com isso.

      O que há de mal é incentivar as pessoas para o sexo sem compromisso matrimonial, incentivar as pessoas para a prática de comportamentos que vão destruir a pessoa tanto fisicamente como emocionalmente e também moralmente; isto é o que as feministas promovem entre as mulheres.

      Se fores Homem, responde só a isto: 1) você se casaria com uma mulher que começando na sua adolescência teve vários parceiros sexuais (que é a maioria hoje)? 2) você se casaria com uma mulher que não cuida da saúde e da sua aparência? 3) você aceitaria que uma mulher que age desta forma fosse mãe dos seus filhos? 4) Aceitaria que uma mulher com estes 'lindos' exemplos de vida cuidasse da sua descendência e de ti, ou procuraria uma mulher mais casta, caseira que se cuide e tenha condições de dar uma educação e exemplo melhor para seus filhos (e acima de tudo que seja uma esposa que te ampare e mereça teus esforços)?

      Eliminar
    2. Lumos Glow,

      Nunca li tanta besteira na vida.

      Começou mal, com ataques idiotas e a refutação ao que foi dito: nada.

      Você age como se as mulheres devessem se importar SÓ com sua aparência,sua beleza física e NADA mais importasse.Porque VOCÊ as vê assim:como objetos de decoração que têm a obrigação de serem sempre bonitas.Você não tolera as feias.Você acha que as mulheres pensam no corpo delas como você pensa sobre o corpo delas e não é bem assim

      Puro ad hominem. Aponte onde o aoutor do texto age como se as mulheres fossem se importar SÓ com a aparência ou as vê como objeto de decoração ou não toleramos as feias não ou dizemos que as mulheres pensam no corpo dela como pensamos?

      O feminismo fez mais do que um favor á sociedade de acabar com esse padrão de beleza inatingível e opressor.”

      Fez mais é um “favor” de aumentar o número de aborto, a infelicidade das mulheres, a perda de valores da sociedade, porcarias musicais como funk, extremismo, ódio aos homens e a nossa sociedade, a esquerda radical e muito mais e não existe nenhum padrão de beleza inatingível e opressor, existe beleza, que queremos ou não, reconhecemos.

      Reconhecemos a simetria nas pessoas, a razão áurea e a beleza das coisas e isso é adotado até pela indústria que busca construir TVs, carros e até prédios em proporções áureas.

      1) O que é beleza?
      Acontece que beleza NÃO EXISTE.Pergunte a 100 etnias diferentes o que eles consideram belo e você se surpreenderá que nem sempre a resposta vai ser o padrão que você conhece:alta,magra e BRANCA.


      Tentativa de falácia de apelo ao povo, além de mentiras. Se você perguntar a 100 etnias diferentes o que é engenharia, ou o que são as estrelas elas podem dar respostas diferentes também, e aí?

      Dar respostas diferentes não anula a verdade sobre o que é alguma coisa e ninguém disse que pra ser belo tem que ser alta, magra e branca, até porque, beleza não é isso. É algo que reconhecemos nas pessoas, nas coisas e existem em todas as raças.

      Beleza é um conceito relativo mané!Não se pode discutir a respeito de um conceito relativo!

      Se beleza, como você disse antes não existe (e ainda colocou em maiúsculo para realçar), então por que você agora diz que é um conceito relativo?

      Beleza não é nada relativo, até porque, na matemática e na simetria não existe relatividade. Beleza tem muito a ver com a proporção áurea e simetria.

      Se não acredita em mim,siga a lógica:Porque existe maquiagem,photoshop,produtos e tratamentos estéticos?”

      Maquiagem existe para corrigir imperfeições, photoshop para editar imagens e tratamentos estéticos também são para corrigir, de forma mais aprofundada certas perfeições no corpo humano, pois é meio chato sair com uma espinha enorme e cheia de pus ou com os dentes desalinhados. E todas essas coisas citadas podem ser usadas para ‘enfeiar’ alguém também.

      Você já viu as celebridades femininas mais belas do mundo sem as coisas que eu citei?Elas são horríveis.Tanto,que se
      vc se arriscar a ver a linda katy perry,angelina,hilary duff,nick minaj sem maquiagem nunca mais vai se masturbar.”


      Continuam lindas sem maquiagem, claro que com imperfeições nos seus rostos, mas continuam lindas. Isso mostra que não existe padrão de beleza e sim uma exageração do que é belo, vide a quantidade exagerada de maquiagem que as atrizes colocam nelas e Photoshop que usam, que fazem tudo ficar artificial e até fora do que é belo, mas apesar disso, elas são belas, sem a quantidade exagerada de maquiagem que usam.

      Eliminar
    3. Mas elas não são feias.São apenas normais.

      Ué, não foi você que disse que beleza não existe ou é relativo? Se não são feias, é porque são bonitas... parabéns, ô gênio.

      O corpo é só uma embalagem que segura o cérebro e a alma.Depois que você morre,ELE NÃO IMPORTA MAIS!

      Irrelevante ao assunto.

      E sobre a "objetificação masculina" me poupe. Ela nem se compara a feminina.O objetificação feminina é MUITO mais cruel.É uma tentativa masculina de botar as mulheres "no seu devido lugar" quando estas o ameaçam.

      Se você acha que não devemos nos preocupar com essa sociedade que coloca o homem como um bastardo, mané e estuprador, as enormes exigências que as mulheres tem para ter um homem, com leis que permitem prender um homem falsamente e até mesmo pagar pensão sem DNA, então, você não passa de um tolo.

      Quanto a promiscuidade feminina vá se ferrar com sua hipocrisia.Homem pode ir a uma festa,transar com dez ele é macho,mulher se fazer isso é puta.Puta pq?Porque mulheres não podem também?Em nenhum momento você sequer condenou a traição masculina."porque homem pode né?"mas achou que aquela pobre menina devia ter vergonha na cara,enquanto se fosse um marido trair sua esposa com quem é casado a anos não fosse errado.

      Em nenhum momento foi dito que os homens podem fazer transar com qualquer um e que as mulheres não podem. Ambos podem sim, mas há um problema: as mulheres, em sua maioria, detestam homens pouco rodados e escolhem um que tenha tido várias parceiras ou que tenha um nome bom entre suas amigas. Além do mais, elas não perdoam homens tímidos, feios e desajeitados. Se as mulheres tem o seu direito de escolha, por que o homem não pode ter também?

      O feminismo é destrutivo é?Imagine o quão destrutivo seria se as mulheres ousassem serem independentes de você,ajudar com as despesas e ainda pudessem transar com quem quisessem sem serem criticadas.Seria uma bagunça!

      Ainda bem que você sabe e o que você disse já anula outras idiotices que você disse: “ O que você tem medo de verdade é que as mulheres o ameaçem!Que o prejudiquem em seu meio de trabalho,roubem os cargos políticos e todo o resto!

      E para isso precisa diminuí-las,fazendo-as acreditar que são só objetos de decoração.

      Não tem ninguém fazendo acreditar que mulheres são objetos de decoração e nem diminuindo-as.

      E quando elas não atendem ao padrão de beleza,hora de lembrar a elas que elas são só mulheres,e mulheres tem a obrigação de serem belas o tempo todo.Mas isso não funciona comigo.

      E quando um homem não atende o padrão de beleza, hora de lembra a eles que são só manés, nerds e tem a obrigação de atender as enormes exigências delas, além de ter dinheiro e servindo-as o tempo todo. Mas isso não funciona comigo e nem com muitos homens que estão cada vez mais acordando para a realidade.

      Eliminar
  19. O que realmente importa nas pessoas, mulheres e homens, não é a aparência. O exterior é só o cartão de visitas, a primeira impressão.
    Mas como o texto trata desse único aspecto, vamos lá:
    Primeiro: NENHUMA mulher quer se “enfeiar”, nem se deixa influenciar para isso. Tal coisa é totalmente contra a natureza feminina.
    Eu particularmente também não acho certos cortes e cor de cabelos, tatuagens, piercings e etc, uma coisa bonita (nem em mulheres nem em homens). Mas em certos grupos sociais isso é que é bonito. E se elas usam é porque integram esses grupos e também acham que é, para elas, estão bonitas.
    Segundo: Pelo que pude entender de tudo o que já li até agora, o discurso das feministas é focado no: Aceite-se como você é e dê uma banana para tem que critica e ridiculariza porque você não se encaixa nos padrões estéticos estabelecidos pela sociedade em geral e que mídia nos empurra, principalmente a nós mulheres, goela á baixo todo o dia. Um homem, por mais que sofra discriminação por sua aparência, não faz idéia da pressão que nós mulheres sofremos, nesse sentido. Somos humanas, mas não temos sequer o direito de envelhecer.
    E em um mundo em que as pessoas (mulheres e homens) sofrem constante discriminação pela aparência, em que, por exemplo, pessoas que por pré disposição genética nunca serão magras, se matam, acabam com a própria saúde em dietas absurdas, tomando remédios que só fazem mal, para atentar atender á essa exigência. Numa realidade em que as mulheres encaram cirurgias plásticas das mais avariadas como se enfrentar um risco cirúrgico fosse o mesmo que fazer uma limpeza de pele ou tingir o cabelo, só para atender á esses padrões, essa atitude de foda-se o que os outros pensam de mim é muito saudável sim.

    ResponderEliminar
  20. Qual é o teu complexo? As mulheres que chamas de aberrações são lésbicas.

    ResponderEliminar
  21. Para as Mulheres Feministas, o Homem "Feminista" = Gay
    Homem Gordo mas bacana e bom caráter = continua sendo gordo
    E por aí vai....
    Depois querem igualdade de gênero !!!!!!!!

    ARRRRRR !!!!!!!!!

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem PROFANA e GROSSEIRA.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
-------------
OBS: A moderação dos comentários está activada, portanto se o teu comentário não aparecer logo, é porque ainda não foi aprovado.

ATENÇÃO: Não será aceite comentário algum que não se faça acompanhar com o nome do comentador. ("Unknown" não é nome pessoal).

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PRINT