segunda-feira, 31 de outubro de 2011

As maníacas das cartas

(Obrigado ao AF pela notícia)

Eis aqui algumas das cartas femininas que o Maníaco do Parque recebeu quando já estava preso.

À medida que forem lendo as passagens listadas a seguir, lembrem-se que isto são cartas que algumas mulheres dirigiram a um homem que foi condenado por ter que violado, torturado e morto pelo menos 6 mulheres e atacado outras 9 durante o ano de 1998:

Cquote1.svg

Eu não sei o que fazer para te distrair. Mas eu tenho uma ideia: primeiro quero dizer que te desejo todas as noites. É muito bom. Te acho gostoso, meu fogoso. Você está juntinho comigo, dentro do meu coração.

Depois que chego em casa, queria você de corpo e alma, te amando. Te quero de qualquer jeito. Eu te amo do fundo do meu coração. Não perca a esperança, acredite em Deus, porque algum dia a gente vai se encontrar. Sei de seu comportamento doentio, por isso quero que fique calmo...

Cquote2.svg
Cquote1.svg Por enquanto, nossos beijos são assim. Mas quero te beijar de verdade. Acho que tens saudades. Eu te amo, te amo, te amo etc, te desejo, te quero de corpo e alma. E me perdoe por tudo que estou sofrendo. Sabe Francis, eu não me conformo, e choro. E eu preciso ser forte (...) Cquote2.svg
(Rita, 27 anos)
Cquote1.svg

Quero te dizer que estou morrendo de saudade, querendo você... Aih meu Deus como te desejo todas as noites. Eu durmo sozinha e querendo você aqui. Mas sei que é impossível. O certo é eu ir te ver. E como posso sentir. Que é meu?

Cquote2.svg
Cquote1.svg Francisco, não deixe a tristeza tomar conta de você e acabar com o brilho do seu olhar. Acredite em Deus, você não está e nunca ficará sozinho. Jesus te ama, sua mãe e seu pai também e, principalmente, eu... Cquote2.svg
(Adriana, 22 anos)
Cquote1.svg Depois que tudo aconteceu, tentei dar um fim a minha vida, mais uma coisa super interessante teve que acontecer, eu pensei muito e tive esperanças, acredite o mundo dá voltas, quando a gente menos espera algo de bom sempre acontece. Cquote2.svg
(Márcia, 18 anos – suposta ex)

O jornalista Gilmar Rodrigues publicou em 2009 o livro “Loucas de Amor – mulheres que amam serial killers e criminosos sexuais” onde tenta entender o porquê do maníaco ser desejado por tantas mulheres.

Ele ficou impressionado com as cerca de mil cartas de amor que o criminoso recebeu um mês após ter sido preso, em 1998.


Sim, de facto, é um "mistério" enorme a atracção que as mulheres têm por homens que elas vejam como poderosos.

Quando um serial killer recebe mil cartas femininas em menos de um mês, seria de esperar que a esquerdalha que controla os centros de estudo mundiais notasse algum tipo de padrão na psicologia feminina. Mas não.

Atenção que isto não é um fenómeno localizado: em TODO o mundo as mulheres sentem-se atraídas por vilões do calibre do maníaco do parque.

Este artigo fala-nos de mais exemplos onde mulheres tentam entrar em contacto com homens que se encontram encarcerados. Infelizmente as razões que o artigo sugere para este fenómeno são no mínimo ridículas. Mike Aamodt, psicólogo forense na Radford University diz:

Quando te associas a alguém mau, isso dá-te a hipótese de te considerares uma rebelde. Nós observamos este padrão na escola secundária onde os "mauzões" atraem raparigas.
Exacto. As mulheres enviam cartas a assassinos em série para se considerarem umas "rebeldes". Claro que se isto fosse verdade, os homens também enviariam dezenas de cartas a mulheres presas por matarem outras pessoas.

Não acontece, e portanto não é por questões de "rebeldia" que as mulheres enviam tais cartas.

Se tu tens uma vida aborrecida, isto dá-te um propósito.
Claro que o Mike não mostrou que só as mulheres "aborrecidas" é que enviam cartas aos assassinos e outros presidiários. Como dito em cima, se isto é verdade, porque é que os homens que estão aborrecidos não enviam cartas em igual número às presidiárias? Ou será que só as mulheres é que estão "aborrecidas"?

Diane Fanning, escritora de livros em torno do crime, não está surpresa. Ela diz que já viu milhares de cartas de amor a inundarem as caixas de correio dos criminosos sobre os quais ela escreve.

Muitas mulheres sabem que nunca hão-de ter uma hipótese com um uma estrela do cinema ou um estrela desportiva. Mas contacta um assassínio em série, e pode ser que ele responda.
As mulheres que entram em contacto com os criminosos também não sabem se ele vai ou não responder.

Fanning diz que é uma questão de "auto-estima".

Elas acreditam que não merecem alguém melhor que um rejeitado social. Elas olham para alguém que é odiado pelo mundo, e podem simpatizar.
Nenhuma evidência foi oferecida para esta posição. Como é que a Fanning sabe que as mulheres que escrevem as cartas acreditam que "não merecem alguém melhor"? Há centenas de homens que são rejeitados sociais mas estão fora das prisões. Porque é que estas mulheres não "simpatizam" com esses?

.....

Refutando a noção da "auto-estima" ou a noção de que "nunca irão ter uma hipótese com uma estrela de cinema" (e todas as outras desculpas esfarradas) a editora da Publishers Weekly, Bridget Kinsella, apaixonou-se por um presidiário depois de ler o seu livro de memórias ainda por publicar.

Será que Bridget Kinsella não tinha outras formas de se considerar uma rebelde? Será que ela tinha uma vida aborrecida? Será que ela não tinha hipóteses de conhecer estrelas desportivas ou vedetas do cinema? Ou será que ela achava que ela não merecia ninguém melhor que um assassino em série?

Oh, antes que alguém diga que só as mulheres sem chances de obter um homem de outra forma é que se dedicam a enviar cartas a homens condenados por crimes graves, eis uma foto da Bridget Kinsella:

Não é uma beleza por aí além, mas, a julgar pela sua aparência, não parece ser uma mulher com dificuldades em arranjar parceiros românticos em liberdade. Porque é que ela se apaixonou precisamente por um presidiário?

Como é que as feministas explicam esta tendência universal das mulheres se sentirem atraídas por presidiários?

12 comentários:

  1. Não é que elas se sintam atraídas por presidiário. Elas sentem-se atraídas pelo mau. Narcotraficantes cruéis e violentos são rodeados de mulheres belas enquanto muitos homens honestos têm dificuldade de conseguir uma única para se relacionar.

    Embora elas não hão de admitir, é intrínseco às mulheres a atração pelo mau. Isso é descrito por escritores e filósofos desde os tempos antigos.

    ResponderEliminar
  2. Esse maníaco hoje é casado com uma mulher que conheceu por carta! segue a passagem que diz isso

    "Jussara, sua mulher que o conheceu por carta dedica seu tempo com a tentativa de solucionar seus problemas jurídicos. “Ela é inteligente, tem formação, é formada em História e Geografia”, orgulha-se.

    ResponderEliminar
  3. Sinceramente? Eu não acredito que todas sejam assim. Pode ser a maioria esmagadora, mas não TODAS!

    Só de pensar numa situação dessas dá-me nojo. Um cara que viola e mata mulheres, pá! receber cartas desta forma? Eu queria saber o que elas diriam se fossem violadas e mortas e pudessem voltar para contar...

    O que eu acredito é que tem mulheres com tendência submissa e não ligam muito para os sentimentos... estas sim sentem atracção por poder e coisas do gênero em um Homem mauzão e por isso prefiram eles.
    Diferente de outras mulheres com tendência sub que simplesmente gostam do poder masculino do Homem que amam.

    Penso que possa ser isso, é um universo complicado de compreender.

    Abraços, Lucas.

    ResponderEliminar
  4. "Sinceramente? Eu não acredito que todas sejam assim. Pode ser a maioria esmagadora, mas não TODAS!"

    E isso já não é o bastante? É como Nessahan diz, temos que buscar a menos imprestável para relacionamento. Mulher-excessão não existe, temos que buscar a menos problemática, e mais suportável.

    ResponderEliminar
  5. Carlos,

    É muito, sim senhor!! Só acredito que sempre deve ser citado que não são todas! Porque realmente existem mulheres que não fazem parte deste lixo tóxico. Mesmo sendo o mínimo do mínimo, ainda há! E sempre que eu puder vou dizer: ainda há MULHERES SIM!!!!

    E sobre o que pensas à respeito das mulheres TODAS, ALGUMAS OU NENHUMA realmente é um problema só seu!

    Agradeço à ti Senhor Deus por ainda existirem HOMENS! Que apesar do lixo feminista instalado no mundo, AINDA não conseguiu corromper à todos os HOMENS, nem mudar à todos! Assim, como não conseguiram infectar todas as MULHERES!

    **

    Abraços, Lucas! ;)

    ResponderEliminar
  6. e pat. está certa a grande maioria das mulheres faz parte da corrupta massa feminazi mais sim ainda existem mulheres certas. Do mesmo modo que a grande maioria dos homens fazem parte da grande matrix nao so feminista mais de centenas de outros pontos destrutivos e da mesma forma como a citada acima ainda existem homens no caminho certo.

    ResponderEliminar
  7. lagarto_200

    Seria muita injustiça com todos se todas, sem exceção, fossem assim. Claro que há homens e mulheres livres de todo este mal que assola a humanidade.
    Obrigada por ser mais um a acreditar.

    ResponderEliminar
  8. é pat. não podemos generalizar as pessoas,porque todas são diferentes cada um é uma unidade de pensamento impar.

    ResponderEliminar
  9. À luz desta "nova" informação vou ter de rever toda a minha estratégia de "engate" baseada em grande parte nos conselhos e na infinita sabedoria da senhora minha mãe.


    P.s: Alguém sabe onde posso adquirir uns 50 litros de acido sulfúrico?

    ResponderEliminar
  10. Mulheres (estou escrevendo sobre a maioria delas - quem achar uma exceção, gentileza avisar-me para catalogar esse espécime raro) adoram o sobe-e-desce emocional.

    Um cara estável psicologicamente faria isso por elas? Não!

    Por isso, homens honestos não as atraem. Quer terminar um namoro? Dê um buquê de flores.

    Elas precisam desse combustível, dessa adrenalina, dessa egolatria de ser a redentora de algum cafajeste, a submissa a algum bruto em troca de segurança financeira (e com toda a alegria de não saber qual será o humor do animal amanhã) ou a domadora de alguma fera.

    O homem decente parece tão sem sal, tão sem emoção, tão previsível e rotineiro (homem de verdade geralmente é estável, ao contrário da mulher)...É ótimo para ser o "amiguinho gay", mas não para ser o amor da vida dela. Há muitos namorados e maridos sendo tratados como amiguinho gay, até serem trocados pelos "homens de verdade", aqueles inesquecíveis que as subjugavam e de quem elas sempre se lembram e gostam de comparar com o homem decente.

    Elas detestam rotina: como gostam de mudar, nem que seja de roupas, os móveis de lugar, o tipo de cabelo, o próprio humor, etc.

    O macho instável, violento e bruto é o que elas entendem como masculinidade.

    Elas também confundem coragem com temeridade irresponsável, a impulsividade hormonal e irracional com ser masculino, a promiscuidade com "gostar de mulher", cumprir tratos que não têm mais razão de serem mantidos (teimosia e opinião imutável) com "atitude de homem", o zelo e a delicadeza com ser efeminado, o cavalheirismo com gayzices, etc.

    As criaturas não têm senso nem discernimento mesmo. E querem governar, administrar, liderar e comandar com uma mentalidade infanto-juvenil dessas.

    O perigo é que uns 90% agem assim. Ainda que fossem 10%, isso já seria perigoso, um campo minado.

    Arrumar a mulher menos problemática seria a solução? Só se fôssemos obrigados a nos envolver com essas criaturas. Como não é o caso, a distância delas é a melhor saída.

    ResponderEliminar
  11. Já ouvi de uma ex-colega de universidade:

    "Mulher não gosta de homem bonzinho..."

    ResponderEliminar
  12. Conheci uma mulher que era casada com um rapaz que não gostava muito de trabalhar, um marginal. A mulher pagava as contas, sustentava o cara e ele batia nela toda semana. Mas até hoje ela nunca deixou ele, é doida por ele.

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem PROFANA e GROSSEIRA.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
-------------
OBS: A moderação dos comentários está activada, portanto se o teu comentário não aparecer logo, é porque ainda não foi aprovado.

ATENÇÃO: Não será aceite comentário algum que não se faça acompanhar com o nome do comentador. ("Unknown" não é nome pessoal).

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PRINT