sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Mulher para casar: "700 parceiros sexuais em 48 horas"

Diana Ramos, a super-ninfomaníaca conhecida por bater o recorde de ter feito sexo com mais de 700 homens em apenas 48 horas, está em Portugal e será a grande atracção da 3.ª edição do Eros – Salão Erótico do Porto. No dia seguinte ao seu feito, a brasileira diz que nem conseguia andar.

– Como foi ter relações com 700 homens em 48 horas?
– Foram só 700? Pensei que tinham sido mais de mil. Mas foi um grande orgulho. Gostava de repetir de novo, pois não tive nenhuma dor. 

– E no dia seguinte como estava?
– Não me consegui levantar o dia todo. Não era capaz de andar, mas não me arrependo. Adorei, não queria parar. Alguns dos homens até ficavam admirados comigo. Aguento tudo. 

– E não se alimentou?
– Não. Não tinha vontade de beber nem comer. Isso é de uma pessoa preguiçosa. Quando começo vou até ao fim. 

– Conseguiu com todos?
– Sim, todos. Sou como um animal selvagem. 

– Com que tipo de homens manteve relações?
– Fizeram um casting e foram seleccionados. Eles já sabiam do que se tratava e estavam dispostos a ajudar-me a bater um recorde. Vinham em grupos de dez.

– É viciada em sexo?
– Adoro sexo, não sei viver sem ele. Todos os dias tenho de fazer amor. É uma necessidade fundamental. Se pudesse, partia a cama todos os dias.

– Já teve alguma experiência com portugueses?
– Nunca, mas adorava. Quero provar. São belos e parecem quentes.

– O que promete fazer no Eros?
– Bater um novo recorde, com homens ou mulheres, não me importo. Queria chegar aos dois mil em 48 horas e sei que vou conseguir.


* * * * * * *

Algumas feministas ficam irritadinhas quando os homens justificadamente fazem uma divisão entre as mulheres para casar e as mulheres que não são para casar. Ficam aqui umas perguntas para essas feministas:

* Esta mulher, que teve 700 (!) parceiros sexuais em 48 horas (fora aqueles que ela teve durante os restantes 35 anos da sua vida) , tem o mesmo valor marital que uma mulher que nunca teve qualquer relação sexual?

* Se por acaso algum homem se interessar por esta mulher (Deus o livre!), deve ele levar em consideração seu passado sexual? Ou levar em conta o seu horrível passado sexual é "machismo" e "ofensivo" para as mulheres?

Acho que a resposta é auto-evidente.

Avaliar o passado sexual duma mulher é uma forma mais do que válida de projectar que tipo de pessoa ela vai ser durante o casamento. O mesmo pode ser dito com o passado sexual do homem. O problema é que a maior parte das mulheres não vê o passado sexual do homem como o homem vê o passado sexual da mulher. Até aqui, tudo bem, visto que o homem e a mulher são diferentes. 

Os problemas começam quando as mulheres querem que os homens avaliem o passado sexual da mulher da mesma forma que as mulheres avaliam o passado sexual do homem.

Isso nunca vai acontecer porque a rejeição que o homem tem por mulheres promíscuas faz parte da sua psicologia masculina (isto é, não é nada que ele tenha o poder para mudar). Isto implica que por mais pressão social que as feministas façam - por mais "shamming" que elas imponham sobre os homens que dão preferência às mulheres castas - não vai haver altura alguma da História da Humanidade onde os homens coloquem a mulher casta e a mulher promíscua ao mesmo nível *marital* (isto é, para casar).

Obviamente que isto não é uma forma de "controlar o comportamento das mulheres", mas sim de não permitir que as escolhas dos homens sejam condicionadas de uma forma anti-natural pelo comportamento das mulheres.

Resumindo, as mulheres são livres para viver como elas querem, tal como os homens são livres para dar preferência *matrimonial* às mulheres castas. O homem não pode impor a sua moral sexual sobre as mulheres, mas as mulheres não podem de maneira nenhuma fingir que não existem mulheres para casar e mulheres que não são para casar.

63 comentários:

  1. não vejo qualquer problema no homem controlar a mulher, acho que ele deve a controlar para o bem da propria sociedade.Mesmo motivo pelo qual os homens preferem as mais castas do que as vadias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para de falar isso, ninguém (que segue a ética - ou seja, quem não rouba, não mata, não usa drogas nem faz mal ao próximo) deve ser controlado nessa parte, até porque é só a intimidade da pessoa e ninguém deve cuidar da vida dos outros ;)

      Eliminar
  2. 700 parceiros em 48 horas??? Isso vai além da promiscuidade. Isso é doença. Uma pessoa assim precisa de tratamento psiquiátrico.

    ResponderEliminar
  3. sempre pensei dessa maneira, sou homem e, pra mim, me relacionar com uma mulher
    promiscua é algo fora de cogitaçao mas nao sou contra a liberdade dela ser uma "vadia"
    se ela quiser tambem, só nao quero uma mulher assim pra mim.

    ResponderEliminar
  4. A premissa básica é que homens e mulheres são física e psicologicamente diferentes.
    Portanto, não se pode avaliar o comportamento sexual de homens e mulheres com base nos mesmos parâmetros.
    O homem que teve muitas mulheres é valorizado pelo sexo feminino, e será preferido por elas frente a um homem mais casto.
    Já uma mulher que teve vários homens (= promíscua) até pode ter a preferência masculina quando se fala de sexo fácil/casual. Porém, para um relacionamento mais sério (namoro/casamento), o homem sempre preferirá uma mulher menos rodada. Nenhum homem ficará satisfeito em namorar/casar com uma mulher que já foi lanche da rapaziada, pelos seguintes motivos:
    - a mulher rodada oferece maiores chances de trair;
    - a mulher rodada dificilmente se contentará com um só homem, e logo enjoará do namorado/marido e passará a infernizá-lo;
    - a mulher rodada tem maior probabilidade de transmitir uma DST para o namorado/marido;
    - assumir uma mulher rodada fere o respeito, orgulho e amor próprio do homem, pois ele será visto publicamente como um fraco que ficou com os restos de outros machos;
    - o homem passará por situações humilhantes ao se encontrar com outros machos que traçaram sua namorada/esposa, que pensarão assim: "esse cara é um otário, eu e toda a rapaziada já comemos a mulher dele em todas as posições e orifícios possíveis e ele assumiu dando casa, comida e roupa lavada pra ela, anda de mãos dadas e chama de "meu amor"".
    E nem adianta as feministas de plantão acusarem os homens de "inseguros", "machistas", "preconceituosos" e etc., já que o critério de rejeição às promíscuas faz parte do processo de seleção natural da fêmea mais adequada, inerente ao próprio instinto masculino.
    Por isso que as mulheres sempre mentem sobre seu passado sexual, na tentativa de passar ao homem uma falsa imagem de pureza e castidade. Desse modo, o homem deve cultivar o ceticismo, nunca acreditando no que a mulher lhe diz sobre seu passado sexual até que disponha de provas concretas que corroborem ou desmintam o que lhe foi falado pela dita cuja.

    ResponderEliminar
  5. Mais um triste registro para os brasileiros. Tinha de ser uma brasileira para nos envergonhar...

    Mulher para casar tem que ser igual a papel de carta: ser limpa, sem manchas e sem rabiscos.

    Se mulher gosta de homem rodado, problema delas [vão reclamar que o sujeito continua promíscuo depois de casado].

    Homem não gosta de mulher promíscua para compromisso. Ninguém quer ser corno, pegar uma doença mortífera, criar filhos dos outros ou viver sendo humilhado pelo comportamento de sua esposa [passado, presente ou futuro].

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mulher q gosta de homem rodado é mulher promíscua.
      Mulher pra casar nao gosta de homem rodado, pode até se casar mas fica uma pontinha de dúvida nela sobre o real passado dele, quando por exemplo surge alguma desordem ginecológica por conta das relações sexuais.
      mulher limpa, sem manchas e sem rabiscos, também quer "homem limpo, sem manchas e sem rabiscos".

      Eliminar
    2. Exato. Tenho uma mesma linha de pensamento. Quero um homem tão reservado quanto eu, para que eu possa serví-lo exclusivamente, sem haver fantasmas de relacionamentos passados, envolvendo sexo ou não.

      Eliminar
  6. Tá bom, ela extrapolou, mas ficar com essa de mulher "pra casar" e "pra não casar" é ridículo. Se vocês não controlam esses instintos, vocês precisariam de um tratamento psiquiátrico porque é isso que uma pessoa que não consegue se controlar deve fazer. Controlar a mulher pra manter a sociedade??? Papel de carta??? Essas coisas foram as mais infames que eu já li sobre o assunto na minha vida. É sério que ainda tem isso de valor? Isso devia ser só para objetos e nós estamos falando sobre coisas de seres humanos. Essa de se preocupar com o que os "abiguinhos" vão pensar é puta insegurança porque um casamento serve principalmente ( e somente?) pra comprovar que aquele casal de ama independentemente de qualquer coisa (desde que seja dentro da ética, né? Não dá pra se casar com um estuprador ou uma assassina [de gente que já nasceu] né?), incluindo o passado da pessoa.Tá bom, eu até compreendo o risco de doenças e realmente tem que tomar cuidado com isso, mas essa parte de não querer cuidar das crianças é uma pura falta de responsabilidade de vocês porque essas crianças tem sentimentos, sentem fome, etc.E claro, o passado sexual d_ parceir_ não vai mudar n-a-d-a em vocês. Até breve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nath:

      Tá bom, ela extrapolou, mas ficar com essa de mulher "pra casar" e "pra não casar" é ridículo.

      Porquê?

      E claro, o passado sexual d_ parceir_ não vai mudar n-a-d-a em vocês.

      Vai sim, porque quanto mais parceiros a mulher tem, maiores as probabilidades dela trair o marido. Os homens vão continuar a preferir casar com as mais castas e não há nada que possa ser feito em relação a isso. Vocês mulheres oi se adaptam a isso, ou ficam para trás. A escolha é vossa.

      Eliminar
    2. Porque? hahahahahahahahahah. Como eu disse no meu comentário, nós estamos falando se seres humanos (nesse caso, as mulheres) e não de objetos. Toda mulher tem sentimentos entre outras coisas e não dá pra ficar botando que elas não estão "à altura" mas é claro que não pode ter exageros na liberdade como foi no caso dela. Cê entendeu? Não dá pra exigir a perfeição de uma pessoa! Mas também não precisa ficar com alguém que realmente fez algo ruim como um assasinato [de uma pessoa que já nasceu] ou algo do tipo. Sobre a parte da traição... Eu concordo que pode ter essa probabilidade mas você já pensou nos motivos que podem levar uma mulher a fazer isso? Tem casos que realmente né, ela trai por motivos fúteis, mas cada caso é um caso apesar da traição não ser algo legal pros sentimentos da pessoa que foi traída.Mas a não ser por essa probabilidade (que não é tão grande assim) não vai mudar nada porque a pessoa ainda vai te amar e como eu disse, um casamento é pra comprovar que aquele casal (seja ele qual for) se ama. Claro que pode ter algo feito em relação a isso, é só educar os filhos meninos a não exigirem demais da futura parceira se eles curtirem mlrs, e incentivar as filhas a viverem/serem como elas quiserem sem ligar para esse conceito de "perfeição" milimétrico que a mídia e a sociedade impõe, mas sempre seguindo a ética e não fazendo mal a ninguém, o mesmo com os meninos. A gente não precisa se adaptar a algo que a gente não gosta por causa de uma pessoa só e escolhemos o que a gente bem entende. Mas é claro que eu devo ressaltar que eu realmente não estou numa idade apropriada para me casar ou ter uma relação desse tipo, mas eu tô falando pelas adultas (e até algumas jovens que já estão no meio de suas faculdades) que ficam presas por causa de pessoas como você.

      Eliminar
    3. "Não dá pra exigir a perfeição de uma pessoa! Mas também não precisa ficar com alguém que realmente fez algo ruim como um assasinato [de uma pessoa que já nasceu] ou algo do tipo."

      Então você considera ruim o comportamento para os Homens se relacionarem com mulheres apenas se cometem assassinato de pessoas que já nasceram e crimes de mesma escala. Ahan. Fora isso qualquer coisa é exigir perfeição? Sinceramente, eles não tem que aceitar nenhuma mulher que já tenha feito sexo com um ou quatro parceiros quanto mais qualquer outra coisa. O passado e não só sexual da mulher para o Homem tem IMENSO valor sim. Cada uma escolhe com que tipo de liberdade e comportamento quer viver, mas eles não são obrigados a ficar com as promíscuas.


      "Sobre a parte da traição... Eu concordo que pode ter essa probabilidade mas você já pensou nos motivos que podem levar uma mulher a fazer isso? Tem casos que realmente né, ela trai por motivos fúteis, mas cada caso é um caso apesar da traição não ser algo legal pros sentimentos da pessoa que foi traída."

      Infidelidade é injustificável em qualquer caso.


      "é só educar os filhos meninos a não exigirem demais da futura parceira se eles curtirem mlrs, e incentivar as filhas a viverem/serem como elas quiserem sem ligar para esse conceito de "perfeição" milimétrico que a mídia e a sociedade impõe, mas sempre seguindo a ética e não fazendo mal a ninguém, o mesmo com os meninos."

      Essa tua idée é péssima para meninos e meninas. Isso fará aumentar o que já acontece: promiscuidade, liberdade desenfreada, falta de respeito e de todos os tipos de valores. Viver bem não é só não fazer mau aos outros, é também não fazer mal a si mesmo e quando tudo der errado não culpar os outros.


      "A gente não precisa se adaptar a algo que a gente não gosta por causa de uma pessoa só e escolhemos o que a gente bem entende."

      Verdade, ninguém precisa se adaptar ao que não quer. Mas depois, quando a vida for dura com estas pessoas que escolheram viver desta forma, elas que não reclamem que os outros são errados e que os outros estragaram a vida delas...


      "Mas é claro que eu devo ressaltar que eu realmente não estou numa idade apropriada para me casar ou ter uma relação desse tipo, mas eu tô falando pelas adultas (e até algumas jovens que já estão no meio de suas faculdades) que ficam presas por causa de pessoas como você."

      1) Não nos interessa a tua vida pessoal e isso não anula o padrão geral.

      2) Não queira falar por todas, cada uma pode escolher viver como quiser e muitas não querem o que você sugere.

      3) Por causa de HOMENS como o Lucas é que as mulheres tradicionais ainda se casam. Capisce? Senão, todas virariam freiras ou eternamente castas e solteiras, porque se envolver com homens feministas nem morta.

      Eliminar
  7. Rebate:

    Porque? hahahahahahahahahah. Como eu disse no meu comentário, nós estamos falando se seres humanos (nesse caso, as mulheres) e não de objetos. Toda mulher tem sentimentos entre outras coisas e não dá pra ficar botando que elas não estão "à altura" mas é claro que não pode ter exageros na liberdade como foi no caso dela.

    Em lugar algum do texto diz de que mulheres não são seres humanos? Não, muito pelo contrário, perfeitamente humanas e capazes de cometer erros, tão brutais e escrotos quanto os homens. Você só veio aqui pra distorcer e demonizar o conteúdo. Não veio debater, veio apenas vomitar seu ódio e mostrar o quanto a carapuça de modernete te serviu.

    Cê entendeu? Não dá pra exigir a perfeição de uma pessoa! Mas também não precisa ficar com alguém que realmente fez algo ruim como um assasinato [de uma pessoa que já nasceu] ou algo do tipo.

    Então você concorda que promíscuidade é imperfeição, né? Se você acha que exigir castidade e submissão é perfeição, então concorda conosco de que promíscuidade e rebeldia são imperfeitos, certo? Exigir uma pessoa de boa moral e índole com seu próprio corpo é o mínimo.

    Sobre a parte da traição... Eu concordo que pode ter essa probabilidade mas você já pensou nos motivos que podem levar uma mulher a fazer isso? Tem casos que realmente né, ela trai por motivos fúteis, mas cada caso é um caso apesar da traição não ser algo legal pros sentimentos da pessoa que foi traída.Mas a não ser por essa probabilidade (que não é tão grande assim) não vai mudar nada porque a pessoa ainda vai te amar e como eu disse, um casamento é pra comprovar que aquele casal (seja ele qual for) se ama.

    Pode não, TEM probabilidades e realmente alarmantes. Se informe melhor, arroganta. Na verdade, nada justifica uma traição, seja do homem, seja da mulher. Traição é, por si só, uma coisa injustificável. Você concordaria em ficar com um cara que viajou pelos recintos de postituição como se não houvesse amanhã e que ainda vai te comparar com as anteriores com quem ele ficou? Casamento é semelhante a um trato, com papéis bem definitidos e realmente necessários, e é algo que requer muito mais do que só amor, mas paciência, respeito, confiança, companheirismo e sobretudo, serenidade e auto-controle. Uma vida promíscua simplesmnete destrói tudo isso e o amor não estará lá todos os dias para segurar o que restou, infelizmente. E o que não for feito de um homem e uma mulher, deve ser chamado de par, não de casal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Casamento é semelhante a um trato, com papéis bem definitidos e realmente necessários, e é algo que requer muito mais do que só amor, mas paciência, respeito, confiança, companheirismo e sobretudo, serenidade e auto-controle. "

      Casamento é uma aliança eterna com DEUS. Esperamos em DEUS para nos casar. Assinamos o documento dessa aliança para que O AMOR que é o mais importante > o amor ágape < seja o sentimento mais forte e eterno acima de todas as outras que precisamos para sermos uma só carne com a pessoa que amamos.

      Eliminar
    2. Bem visto, cara Pat. Obrigada pelo complemento.

      Eliminar
  8. E pelo que deu pra entender, você só considera assassinato quando é contra uma pessoa que já nasceu. Você deve ser abortista. Eu realmente não consigo entender como que uma pessoa CONSEGUE ver um ser humano mutilado, destruído e brutalmente morto sem ao menos estar formado direito e NÃO considerar assassinato.

    Claro que pode ter algo feito em relação a isso, é só educar os filhos meninos a não exigirem demais da futura parceira se eles curtirem mlrs, e incentivar as filhas a viverem/serem como elas quiserem sem ligar para esse conceito de "perfeição" milimétrico que a mídia e a sociedade impõe, mas sempre seguindo a ética e não fazendo mal a ninguém, o mesmo com os meninos.

    Então você quer dizer não devemos nem mesmo exigir alguém confiável, que sabemos por onde andou e o que fez? Devemos sair ficando com qualquer um, despreocupados de tudo e sempre calados, deixando de escanteio a sanidade para construir algo firme, concreto e sem mácula = FAMÍLIA? Nem pensar. Essa "perfeição" não é algo imposto pela sociedade ou mídia. Pelo menos não mais hoje em dia, em que tem homossexualismo e promíscuidade gratuíta. Essa perfeição é algo que a NATUREZA exige.

    ...seguindo a ética e não fazendo mal á ninguém...

    Se você for abortista, realmente não bastará só fazer mal, tem que matar também! Se você realmente for esquerdista, realmente tem de seguir SUA PRÓPRIA ÉTICA, indo inclusive em território opositor e deixar discursinhos banalizando o ponto e vista de donos de blogs cristãos conservadores, por exemplo. Se você realmente for feminista, realmente não tem de fazer mal á ninguém, só á todos os homens e mulheres non-sisters que se recusam a aderir ao nazismo de vocês.

    A gente não precisa se adaptar a algo que a gente não gosta por causa de uma pessoa só e escolhemos o que a gente bem entende. Mas é claro que eu devo ressaltar que eu realmente não estou numa idade apropriada para me casar ou ter uma relação desse tipo, mas eu tô falando pelas adultas (e até algumas jovens que já estão no meio de suas faculdades) que ficam presas por causa de pessoas como você.

    Tem razão, ninguém precisa se moldar em nada, mas não me venha, por favor, com discursinho e esquerdismo políticamente correto num ambiente em que se trata de um comportamento e moral que você não quer para si. Assim como você não quer ser conservadora, cristã, tradicional ou de direita, nós também não queremos ter a infelicidade de ver abortistas, imorais e ignorantes por aqui. E você sempre vai se considerar despreparada pra ter um relacionamento porque você realmente está e pela sua linha de pensamento, permanecerá imatura até o Mr. Cronos te mostrar que é tarde demais e você finalmente ver que estava errada.

    Não é aprisionamento, é mudança de responsabilidades. Claro que uma carreirista workaholic que nem você NUNCA vai entender o que é o amor por uma família, pois vendeu sua alma pro mundo. Ao se casar, você assume uma nova responsabilidade. Você se torna esposa e logo você certamente se tornará mãe. Você vai ter um lar pra cuidar, pessoas com quem se preocupar. Pessoas que vão precisar de você, pessoas que vão se preocupar com você e sobretudo, te amar a ponto de dar a vida delas pela sua. Você nunca vai entender isso e vai crescer no ambiente gelado de carreiristas e feministas invejosas e ranzinzas, que apenas pregam ódio e não sabem o amar e muito menos o que é ser realmente amada.

    E já vai pensando nos nomes dos seus futuros gatos!

    ResponderEliminar
  9. Eu não vou falar mais aqui,ok? E Pat, eu respeito a escolha de todas as PESSOAS (não somente as mulheres) que seguem a ética (ou seja: gente que não usa/vende drogas, que não rouba, que não faz nenhum mal físico e verbal pro próximo, que não mata gente [que já nasceu], etc e tal) e se alguém quiser ser de direita/conservad__, pode ser a vontade, o ruim é querer forçar alguém (tipo a(s) criança(s) a seguir algo que não quer, mas é claro que eu devo ressaltar que eu também não irei apoiar um usuário de drogas ou alguém que queira ter relações com animais e gente morta por exemplo, pois essas são coisas horríveis apesar das pessoas que fazem isso gostarem. Entendeu? Você pode fazer o que quiser só que sem exageros (como a mulher dessa postagem), e sendo verdadeir_ com você mesm_ sem sair da ética ;) Mary, você tá louca? Eu nem tô no Ensino Médio (vou entrar ano que vem) e você fala que eu sou uma workaholic? E se eu for, qual vai ser o problema? Eu sou verdadeira comigo mesma e posso fazer o que eu bem entender mas seguindo a consciência e a ética, ué? E é claro que eu sei sobre as responsabilidades que tem em cuidar de pessoas e amá-las, só não pretendo me voltar completamente a isso igual vocês sugerem. Gatos? Mr. Cronos? Pfvr. Esses argumemtos são os mais ridículos que eu vejo nesse tipo de blog. Tenha certeza de que eu serei uma velhinha feliz, bonita mesmo com as "imperfeições" e sem nenhuma postagem aqui sobre a "farmacêutica industrial aposentada que se arrependeu de suas escolhas" porque eu posso ser feliz com criança(s) ou não :) P.s:Aquelas imagens feionas de fetos abortados vieram de abortos CLANDESTINOS, estes que matam milhares de mulheres no mundo todo e que as pessoas de esquerda (como eu :3) queremos parar com a legalização do aborto e planejamento familiar adequado. P.s2: Eu não odeio homens e meninas que tem ideais conservadores por escolha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nath N Heart,

      E Pat, eu respeito a escolha de todas as PESSOAS (não somente as mulheres) que seguem a ética (ou seja: gente que não usa/vende drogas, que não rouba, que não faz nenhum mal físico e verbal pro próximo, que não mata gente [que já nasceu], etc e tal)

      E por que você não respeitaria alguém que faz uma escolha tão boa e correta?

      e se alguém quiser ser de direita/conservad__, pode ser a vontade,

      Oh, é sério? Podemos ser? Ebaaaaaaaaa!!! A Nath N Heart deixou a gente ser direita / conservador!! Como podemos recompensá-la por isso?

      Tivemos uma mudança incrível na nossa vida agora por ela ter deixado, visto que ser isso é algo errado e até proibido dependendo do lugar hoje!! (e as mesmas pessoas que falam isso são as que perdem e feio no debate com um de direita / conservador, já que refutar certos argumentos nossos é outra coisa...)

      o ruim é querer forçar alguém (tipo a(s) criança(s) a seguir algo que não quer,

      Não tem ninguém forçando ninguém a seguir algo que não quer. Defendemos sim os bons valores e se há coisas que são prejudiciais a sociedade como um todo, condenamos.

      A liberação das drogas, por exemplo. Isso não só prejudicaria o próprio drogado como as pessoas em volta que correriam o sério risco de serem assaltadas por algum nóia da vida aí, que os esquerdistas tanto amam.

      mas é claro que eu devo ressaltar que eu também não irei apoiar um usuário de drogas ou alguém que queira ter relações com animais e gente morta por exemplo, pois essas são coisas horríveis

      Ou seja, no fundo você tem um pouco de direitismo e conservadorismo dentro dela (e espero não ter te irritado... se bem que ela irritaria é um extrema-esquerda se ela dissesse isso).

      apesar das pessoas que fazem isso gostarem.

      Só um doente gosta dessas coisas horrendas.

      Você pode fazer o que quiser só que sem exageros (como a mulher dessa postagem),

      Não, as pessoas não podem fazer o que quiserem, pois há coisas ruins que afetariam a sociedade como um todo, além da própria pessoa... a mulher dessa postagem pode até transar com quem quiser, mas isso poderia estimular outras a fazerem o mesmo e ser prejudicada com isso no futuro, pois homens simplesmente detestam mulheres promíscuas.

      e sendo verdadeir_ com você mesm_ sem sair da ética ;)

      O que você quer dizer com isso? Um bandido também é verdadeiro com ele mesmo e tem sua própria ética... assim como comunistas e nazistas assassinos, pedófilos, assaltantes, mafiosos... O que é ser verdadeiro e ética para você?

      Eu nem tô no Ensino Médio (vou entrar ano que vem) e você fala que eu sou uma workaholic? E se eu for, qual vai ser o problema?

      Se você vai entrar o ano que vem, posso presumir que você tem uns 14 ou 15 anos, visto que é essa idade que a maioria dos brasileiros entram no ensino médio, logo, é lamentável que gente assim já tenha esse tipo de pensamento.

      Eu sou verdadeira comigo mesma e posso fazer o que eu bem entender mas seguindo a consciência e a ética, ué?

      Mas não reclame depois se você for julgada por outras pessoas que tem sua consciência e ética.

      E é claro que eu sei sobre as responsabilidades que tem em cuidar de pessoas e amá-las, só não pretendo me voltar completamente a isso igual vocês sugerem. Gatos? Mr. Cronos? Pfvr. Esses argumemtos são os mais ridículos que eu vejo nesse tipo de blog. Tenha certeza de que eu serei uma velhinha feliz, bonita mesmo com as "imperfeições" e sem nenhuma postagem aqui sobre a "farmacêutica industrial aposentada que se arrependeu de suas escolhas" porque eu posso ser feliz com criança(s) ou não :)

      Ué, se você no futuro quer transar com qualquer um, então faça isso, mas não reclame em ser rejeitada pelos homens depois, pois homens simplesmente detestam mulheres promíscuas. Isso é instinto do homem, assim como as mulheres também tem os seus.

      Eliminar
    2. Aquelas imagens feionas de fetos abortados vieram de abortos CLANDESTINOS, estes que matam milhares de mulheres no mundo todo

      Não, não são e mesmo se fosse:

      -> não invalidaria o fato de que o aborto é ruim;

      -> não invalidaria o fato de que nos abortos legalizados tem coisas semelhantes ou até piores, pois MATAM e DILACERAM o feto do mesmo jeito, retirando-o todo destroçado depois, restando apenas uma triste imagem depois;

      -> não invalidaria o fato de que há muitas mulheres morrendo em clínicas de abortos legalizados;

      -> não invalidaria o fato de que há alternativas ao aborto;

      -> não invalidaria o fato de que muitas mulheres sofrem com depressão depois disso;

      -> não invalidaria o fato de que isso está acabando com a queda de natalidade e a nossa sociedade como todo;

      -> e muito mais...

      e que as pessoas de esquerda (como eu :3) queremos parar com a legalização do aborto e planejamento familiar adequado.

      Pessoas de esquerda querem parar com a legalização do aborto?? Hahahahahahaha!!!!!

      Eu não odeio homens e meninas que tem ideais conservadores por escolha.

      Mas parece não ir com a cara, visto que você ainda não teve a mente totalmente lavada pelos ideais de esquerda, mas se você se radicalizar mais e não ver as coisas pelos bons valores, achando que isso é algo ruim, certamente vai odiar e não vai ser uma velhinha feliz.

      Eliminar
    3. Eu não vou falar mais aqui,ok?

      Você é bem vinda, Nath. Ninguém disse que não podes comentar, apenas estamos num debate e cada um te responderá conforme seu entendimento. Se entendes que ser respondida é motivo para não comentares mais, ok. A decisão é tua. Aqui no blog estamos sempre comentando, debatendo e aprendendo. :)

      E Pat, eu respeito a escolha de todas as PESSOAS (não somente as mulheres) que seguem a ética (ou seja: gente que não usa/vende drogas, que não rouba, que não faz nenhum mal físico e verbal pro próximo, que não mata gente [que já nasceu], etc e tal) e se alguém quiser ser de direita/conservad__, pode ser a vontade,

      Que bom. Em nenhum momento falei que não respeitas. :)

      o ruim é querer forçar alguém (tipo a(s) criança(s) a seguir algo que não quer,

      A criança enquanto criança tem que seguir os ensinamentos dos pais para sua proteção. Depois de adultos eles podem seguir o que quiserem, mas enquanto crianças precisam seguir o que os seus pas determinam. Infelizmente nem todos os pais são responsáveis, mas nada podemos fazer sobre os filhos dos outros.

      mas é claro que eu devo ressaltar que eu também não irei apoiar um usuário de drogas ou alguém que queira ter relações com animais e gente morta por exemplo, pois essas são coisas horríveis apesar das pessoas que fazem isso gostarem. Entendeu?

      Sim, Nath entendi. rs Você é que não compreendeu a ironia que usei, mas não há problema. Concordamos que nenhuma pessoa deve apoiar comportamentos errados :)

      Você pode fazer o que quiser só que sem exageros (como a mulher dessa postagem), e sendo verdadeir_ com você mesm_ sem sair da ética ;)

      O comportamento que cada pessoa adota para sua vida realmente é de competência e responsabilidade de cada um. O que dizemos sobre o post é que os Homens não tem a menor obrigação de aceitar mulheres que tem um passado sexual para se casar. Mas, cada um faz o que quer da sua vida, é verdade. E arca com as consequências das suas escolhas. :)

      Você realmente é uma menina ainda, e, por isso, sugiro que você tente perceber o antes e depois da vida das mulheres conservadoras e das 'liberais'. Não precisa me responder, só peço que observe durante o seu amadurecimento. Não aja por impulso e pense sempre. Se preserve ao máximo, se valorize e se cuide. Deus te abençoe.

      Eliminar
  10. Agora que eu vi que escrevi "parar com a legalização do aborto e planejamento familiar adequado" hahah eu quis dizer "parar com os abortos clandestinos" '-'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os abortos legalizados também matam fetos de maneiras e idênticas aos abortos clandestinos, além das próprias mulheres e estarem colaborando para acabarem com a nossa sociedade, como foi falado.

      Eliminar
    2. Aquelas imagens feionas de fetos abortados vieram de abortos CLANDESTINOS, estes que matam milhares de mulheres no mundo todo

      Bem, a única coisa que importa é a vida da mulher, pelo jeito. O feto pode morrer de qualquer forma, desde que não mate a mulher, sendo por aborto clandestino ou não.

      Eliminar
    3. " Os abortos legalizados também matam fetos de maneiras e idênticas aos abortos clandestinos" Pode até ser, mas a vida nunca vai ser bonita por completo. A maneira pode até ser "idêntica", mas o lugar é mais limpinho e não tem um açougueiro fazendo o procedimento.Agora eu vou mudar um pouco o assunto. Eu sou a favor da legalização do aborto, mas eu sei das alternativas que tem e dos fatores psicológicos, só que tem casos em que não há alternativas como no caso dos fetos anencéfalos, porque quando nascem ou nascem mortos ou nascem para ficarem numa cama a vida toda e seria muito triste se eu, numa idade apropriada e com um trabalho, tivesse uma criança que nascesse pra ficar numa cama caso nascesse viva :'( e também tem aqueles casos que realmente né, a criança ia se achar um "troço sem valor que só e cuidado por pena" como nos estrupos [Eu não sei se você é uma mulher, mas vou te deixar algo agora: Imagina que você tem uns 20 anos e tá voltando dá faculdade. Aí quando você são do ônibus, tu vai andando tranquila(o/?) até a sua casa e um cara vem, te lava pra um lugar estranho e te esteios. Aí uns dias depois, você vai na ginecologista e descobre que tá grávida. Você ainda tem a opção do aborto pois provavelmente vão estar chocada. Agora imagine que você está na década de 80. Nessa época, o aborto era crime e você provavelmente não vão querer ir pro açougueiro pra morrer, mas aí vem as dificuldades. Você não vai mais poder fazer a faculdade por causa do bebê e vai ter que arranjar um trabalho furreca. E aí a criança nasce. Você vai vivendo "normalmente" e cuidando do bebê, mas crianças não são bebês pra sempre e quando você começa a reparar mais na aparência dá criancinha... BAM, ela é igualzinha ao cara que te agrediu! Você começa a ficar se lembrando mais daquele momento horroroso. A criança cresce e vira uma adolescente. Esse tempo vai ser um pouco ruim porque ela vai te perguntar porque nunca vou o pai e uma hora você vai ter que falar a verdade. Quando aquela pessoa sabe algo assim, ela se sente um troço e você mais ainda porque a sua vida foi arruinada. Capisce?). E quando a mãe fosse pobre demais (Agora eu vou deixar esse último caso bem explicado: Eu apoio alternativas nesses casos, mas infelizmente o sistema de adoção [pelo menos o daqui] não permite que a criança seja posta pra adoção por causa de má situação financeira) e acreditem, eu já vi muitas crianças pobrinhas perto daonde eu moro e a situação delas é horrível. Mas eu não apoio quando é por um motivo fútil. Simples assim :)

      Eliminar
    4. Nath N Heart

      Pode até ser, mas a vida nunca vai ser bonita por completo.

      E o que a vida não ser bonita por completo refuta o fato dos absurdos que acontecem nas clínicas de aborto, onde saem fetos mortos, independente do mês todos os dias?

      A maneira pode até ser "idêntica", mas o lugar é mais limpinho e não tem um açougueiro fazendo o procedimento.

      As clínicas "limpinhas" como você diz tem horrores, não são nada limpas e usam métodos horríveis também contra bebês.

      Hitler, Stalin, Mussolini, Fidel, Pol Pot, Mao e outros ditadores esquerdistas mandaram milhões para morte em lugares deploráveis... faria diferença se o lugar que eles mandassem fosse "limpinho"?

      Agora eu vou mudar um pouco o assunto. Eu sou a favor da legalização do aborto,

      Você não mudou de assunto. O assunto continua sendo aborto e você está deixando claro que está tomando uma atitude contra a vida.

      mas eu sei das alternativas que tem e dos fatores psicológicos, só que tem casos em que não há alternativas como no caso dos fetos anencéfalos, porque quando nascem ou nascem mortos ou nascem para ficarem numa cama a vida toda e seria muito triste se eu, numa idade apropriada e com um trabalho, tivesse uma criança que nascesse pra ficar numa cama caso nascesse viva :'(

      Esse papo de anencefalia é um assunto desonesto. É pura tentativa para forçar mais ainda o aborto:

      -> anencefalia não é ausência de vida;

      -> a vida não é como linha de produção em que produtos com defeitos tem que ser jogados fora;

      -> casos de anencefalia são raros (seus décimos para mil gestações) e muitas vezes ocorrem por má alimentação, falta de vitaminas e sais minerais ou por terem filhos em altas idades, coisas que não são difíceis de se resolver quando a mulher tem bom senso;

      -> nossa constituição garante direito a vida;

      -> os anencéfalos tem vida, embora curta, mas tem vida e portanto tem esse direito. O caso de Marcela de Jesus é um exemplo disso e mesmo quando morrem terão tido uma vida digna e podem até doar seus órgãos depois disso, ajudando a salvar outros bebês.

      e também tem aqueles casos que realmente né, a criança ia se achar um "troço sem valor que só e cuidado por pena" como nos estrupos

      E quem disse que uma criança nascida de estupro vai se achar um "troço sem valor que só e cuidado por pena"? Puro espantalho.

      [Eu não sei se você é uma mulher, mas vou te deixar algo agora: Imagina que você tem uns 20 anos e tá voltando dá faculdade. Aí quando você são do ônibus, tu vai andando tranquila(o/?) até a sua casa e um cara vem, te lava pra um lugar estranho e te esteios. Aí uns dias depois, você vai na ginecologista e descobre que tá grávida. Você ainda tem a opção do aborto pois provavelmente vão estar chocada.

      O argumento de estupro: casos de estupros são raros também, além do mais, há a possibilidade muito grande da mulher ser estuprada e não estar no seu período fértil, além de haver até casos de mulheres que afirmam gostar de serem estupradas se for por um homem bonito e querer ter o filho, portanto, pense antes de querer ler a mente dos outros. Isso não é ciência.

      Eliminar
    5. Agora imagine que você está na década de 80. Nessa época, o aborto era crime e você provavelmente não vão querer ir pro açougueiro pra morrer, mas aí vem as dificuldades. Você não vai mais poder fazer a faculdade por causa do bebê e vai ter que arranjar um trabalho furreca. E aí a criança nasce. Você vai vivendo "normalmente" e cuidando do bebê, mas crianças não são bebês pra sempre e quando você começa a reparar mais na aparência dá criancinha... BAM, ela é igualzinha ao cara que te agrediu! Você começa a ficar se lembrando mais daquele momento horroroso. A criança cresce e vira uma adolescente. Esse tempo vai ser um pouco ruim porque ela vai te perguntar porque nunca vou o pai e uma hora você vai ter que falar a verdade. Quando aquela pessoa sabe algo assim, ela se sente um troço e você mais ainda porque a sua vida foi arruinada. Capisce?).

      Você está esquecendo um detalhe: ser a mãe quis criar um filho que nasceu de um estupro, há uma razão especial para isso, além também dessas coisas poderem ser contornadas facilmente, sabendo o que é ressentimento, o que é perdão e dando boa educação.

      E quando a mãe fosse pobre demais

      Muitas mães pobres aqui no Brasil cuidam de seus filhos. Sei que há as que passam dificuldade, mas isso também se resolve facilmente: não abra as pernas para qualquer um, a todo momento, só pensando em safadezas... em sexo. Planeje. Simples.

      Eu apoio alternativas nesses casos, mas infelizmente o sistema de adoção [pelo menos o daqui] não permite que a criança seja posta pra adoção por causa de má situação financeira) e acreditem, eu já vi muitas crianças pobrinhas perto daonde eu moro e a situação delas é horrível. Mas eu não apoio quando é por um motivo fútil. Simples assim :)

      Você não apoia alternativas: você apoia a matança de bebês.

      Você apoia que a lei do aborto seja mais modificada do que já está sendo, mas não apoia que a lei da adoção seja modificada, ou seja, opta pelo mau, como uma ‘maria vai com as outras’, ao invés pensar, de optar pelo bem e ver que tem outros meios.

      Quanto a crianças pobres, já comentei e você apoia sim, quando o motivo é fútil, como anencefalia ou pobreza... Capisce?

      Eliminar
    6. É, entregar a criança para adoção, não dá, né? Você deve ter prazer em sangue inocente. Até pares homossexuais querem ter filhos e você ainda falando de aborto.

      Eliminar
    7. Mas eu não tava falando de pobreza comum. Eu tava falando de miséria, entende? Não dá pra criar uma criança direito na miséria.Eu conheci o caso da Marcela e reconheço que ela foi uma exceção porque a maioria das pessoas que nascem com isso vivas ficam, como eu disse, numa cama. Eu sei que todos tem direito de viver, mas eu não acho que alguém tem que nascer pra sofrer.

      Eliminar
    8. Nath

      A vida começa na concepção e devemos proteger a vida sem exceção. Legalizar a matança de bebés em vida uterina é a mesma coisa que legalizar a matança de bebés logo depois de nascer. Isso é ASSASSINATO.

      Fetos anencéfalos podem viver por alguns anos, e seus pais devem querer a morte deles pelo pouco tempo de vida? Não é justo, moça. Se nascem mortos pela consequência natural, é um lamento mas não é assassinato. E uma criança com problemas só ia se achar um 'troço' como tu mesma dizes SE ela tiver pais muito sem alma e amor.

      como nos estrupos [Eu não sei se você é uma mulher, mas vou te deixar algo agora: Imagina que você tem uns 20 anos e tá voltando dá faculdade. Aí quando você são do ônibus, tu vai andando tranquila(o/?) até a sua casa e um cara vem, te lava pra um lugar estranho e te esteios. Aí uns dias depois, você vai na ginecologista e descobre que tá grávida.

      Sim. No caso de estupro estás grávida. Qual a diferença da vida quando concebida por um estupro ou dentro do matrimônio? Nenhuma. Portanto, matar um filho concebido em um estupro é um crime maior do que o praticado pelo estuprador pela violência com a mulher. É preciso trabalhar sim o psicológico da mulher atacada, mas de forma que ela ame o seu bebé que não tem culpa. Quantas e quantas meninas fazem sexo depois de uma balada com Homens que nem sabem o nome e nunca mais irão vê-los novamente e depois de um ou dois meses descobre que está grávida e segue com a gestação? Inúmeras... E qual o problema de seguir com um filho de um estupro também? A vida é a mesma, Nath.
      Existe a lei que aprova o aborto no caso de estupro, mas se pensarem bem, isso é um crime hediondo.


      Você não vai mais poder fazer a faculdade por causa do bebê e vai ter que arranjar um trabalho furreca. E aí a criança nasce. Você vai vivendo "normalmente" e cuidando do bebê, mas crianças não são bebês pra sempre e quando você começa a reparar mais na aparência dá criancinha... BAM, ela é igualzinha ao cara que te agrediu! Você começa a ficar se lembrando mais daquele momento horroroso. A criança cresce e vira uma adolescente.

      Eu pensei que as feministas eram fortes e independentes...lol
      Olha Nath, qualquer mulher consegue criar filhoS, estudar, trabalhar e ainda se dedicar ao esposo... as mulheres conservadoras fazem isso muito bem, vocês não?
      Se uma mulher não consegue olhar para um filho gerado dentro dela com amor de forma a passar por cima do que aconteceu e olhar a criança como uma benção e um presente de DEUS, é porque ela é uma egoísta e não é uma mãe. Se a mulher for fraca para superar traumas, ela pode se tratar existe médico para isso, mas matar um bebé inocente não é a solução. E outra coisa, é muito difícil ocorrer um estupro e uma gravidez pela violência, isso não é comum.

      Esse tempo vai ser um pouco ruim porque ela vai te perguntar porque nunca vou o pai e uma hora você vai ter que falar a verdade. Quando aquela pessoa sabe algo assim, ela se sente um troço e você mais ainda porque a sua vida foi arruinada. Capisce?).

      Não, moça. Você deve SEMPRE dizer a verdade, ainda mais em casos assim. Se a criança é fruto de uma violência e sabe disso, sabe que a mãe optou por sua vida, eu imagino apenas o imenso amor que essa criança terá pela mãe eternamente. Nunca a criança irá se sentir um 'troço' porque quando existe um amor de mãe que a faz se sentir especial qualquer sentimento menor não sobrevive.


      E quando a mãe fosse pobre demais (Agora eu vou deixar esse último caso bem explicado: Eu apoio alternativas nesses casos, mas infelizmente o sistema de adoção [pelo menos o daqui] não permite que a criança seja posta pra adoção por causa de má situação financeira) e acreditem, eu já vi muitas crianças pobrinhas perto daonde eu moro e a situação delas é horrível. Mas eu não apoio quando é por um motivo fútil. Simples assim :)

      A morte de crianças não é simples assim. Pobreza não é motivo para matança. Trabalho tem para todos e quem quer consegue criar muitos filhos.

      Pelo que li você não capiscou nada... hmpf.

      Eliminar
  11. Mas gente, eu sou a favor das alternativas e acho essa de não poder levar pra adoção por causa de.má condição financeira uma porcaria. Eu sou sim a favor de mudanças nas alternativas, mas o assunto não foi esse entendeu? ;) "Você deve ter prazer em sangue inocente." Pode isso produção? Não dá pra ter "prazer" em algo que tem sim seus efeitos colaterais apesar de ser necessário em alguns casos. "Até pares homossexuais querem ter filhos e você ainda falando de aborto." Eu sei que el_s querem ter filhos, mas o assunto não foi esse -.-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alternativas pra evitar estupro num país livre do marxismo/comunismo pregado por vocês, esquerdinhas:

      1 - Porte de armas. Certamente que você não seria facilmente estuprada se estivesse armada, podendo se defender de qualquer marginal (armado ou não) que viesse em você.

      2 - Conter o liberalismo sexual. Certamente que contendo o liberalismo sexual e parando de inventivar todo mundo á fazer sexo adoidado, diminuíria a taxa de adolescentes grávidas, só pra começar.

      3 - Colocar valores, tradições familiares e de boa moral. Nada que uma boa índole, alimentada desde cedo, não possa evitar quanto ás paixões e tentações mundanas.Deveria estar, aí, incluída uma educação fortemente cristã.

      Sim, tem prazer pelo sangue inocente, sim! Você também é a favor da seleção social, em que apenas pessoas com "condições" (entra aqui, provavelmente, suas exigências marxistas do que é "qualidade de vida") pra viver. Não pense você que o marxismo e o esquerdismo que você tanto defende e quer impôr nesse blog vá mudar a situação dos miseráveis ou do estupro, muito pelo contrário, um meio que quer deixar todo mundo igualmente pobre e que não dá qualquer penalidade pra criminoso (mas os defende, com unhas e dentes, os tratando como oprimidos), só vai aumentar de forma alarmante estupros e crianças "que vão viver pra sofrer".

      E se você é miserável, porque ainda faz sexo? Porque ainda insiste em abrir as pernas? Portanto, miséria não é desculpa pra se promover abortos, legalizados ou não.

      Quanto o assunto não ter haver com a adoção homossexual, é simplesmente o seguinte: você fala da matança de seres inocentes, enquanto pessoas que naturalmente não pode tê-las, simplesmente as almejam. Você fala em matar quando há pessoas que falam em adotar e não são só os homossexuais, são milhares de pessoas que estão impedidas de ter filhos. Se você não quer tê-los ou não pode criá-los, feche suas pernas e se mantenha casta. Quer incentivo? Leia a Bíblia, ore pra Deus, jejue. Agora, não venha querendo usar isso pra desculpar matança de pessoas, sendo que pode ser evitado pelo menos das três formas que eu te citei.

      A propósito, procure ver como é feito um aborto, principalmente em ambientes legalizados para isso. Existem inclusive filmagens dos procedimentos, em clínicas especializadas. Dizem que o embrião/feto luta pra sobreviver quando está para ser morto. Não cheguei a ver porque não tenho estomago para isso, mas já que você gosta de sangue inocente e dá até desculpas esfarrapadas para matança dos mesmos, talvez lhe seja interessante.


      Eliminar
    2. Nath, em geral eu não sou muito boazinha com as mulheres com pensamento feminista... mas no teu caso não me apetece discutir tanto contigo pelo fato de seres uma criança e sem qualquer educação moral e ou religiosa, o que é péssimo para ti. Mas torço para que procures o melhor caminho sozinha mesmo, buscando mais DEUS na tua vida e entendendo a importância de se preservar, se cuidar e valorizar o que realmente importa. :) Que DEUS esteja contigo, menina.

      Eliminar
    3. Nath N Heart,

      Mas eu não tava falando de pobreza comum. Eu tava falando de miséria, entende? Não dá pra criar uma criança direito na miséria.

      Pessoas em miséria são seres humanos e assim como todos nós podem cometer erros e acertos.

      Uma das coisas que essas pessoas podem fazer é não ter optar por não fazer sexo para gerar um filho em condições ruins, não fazer sexo por safadeza, mas pensar primeiramente em sair da disso, ao invés de ficarem parados, vendo as novelas da globo que tanto estimulam a coisas erradas e ouvindo o funk que é pior ainda... tudo isso coisas estimuladas pelo governo e a mídia, que só aumenta a promiscuidade entre eles.

      Caso tenham um filho, que usem a cabeça e superem, do mesmo jeito que se você andar em alta velocidade e sofrer um acidente você vai ter que superar os erros.

      Isso não significa que a pessoa não vai poder cuidar, pelo contrário: busque emprego, peça ajuda aos próximos, as igrejas, as associações, faça bicos, algum curso, coisas que tem muito por aí.

      Faltam apanhadores de cafés aqui no Brasil e profissionais técnicos, pois muitas dessas pessoas não estão querendo trabalhar ou estão querendo viver de bolsa família, enquanto milhões de pessoas que tem talento em si e poderiam ser alguém na vida, preferem ficar em um mundo obscuro e sem valor, sendo estimulado pelas novelas da globo e pelo funk a preguiça e promiscuidade descontroladas.

      Mas para alguns é mais fácil em pensar em matar inocentes do que em meios para contornar isso, não é, Nath N Heart?

      Eu conheci o caso da Marcela e reconheço que ela foi uma exceção porque a maioria das pessoas que nascem com isso vivas ficam, como eu disse, numa cama (...)

      Não foi só o dela que foi exceção e ficar numa cama não significa que ela está sofrendo e também, sofrimento não é algo eterno e que não possa contornado.

      Existem muitos casos de pessoas que tem alguma deficiência, que no começo sofrem e depois superam dando exemplos a muitas pessoas normais. Há casos de pessoas com boa saúde que sofreram algum trauma, ficaram cegas ou paralíticas que também dão a volta por cima. Há pessoas que sofreram graves acidentes que depois superaram e casos em que bebês sofreram tentativas de aborto ou deformações durante a gravidez que depois cresceram e viraram pessoas incríveis, dando vários exemplos ao mundo.

      Tudo isso porque elas contaram com pessoas que as apoiaram e as amam, as estimularam, ensinaram com paciência, sabedoria e meios adequados, não desistiram, usaram a ciência e todo coração e não como pessoas como você, que ainda tem a cara de pau de colocar ‘heart’ no seu nick, mas que se dependessem mesmo desse heart, que é mais um sour heart, estariam mortas.

      Como falei, você é uma ‘maria vai com as outras’. Esquerdistas adoram falar que quem é contra eles não pensam, mas eles ao mesmo tempo não pensam nas alternativas e outros meios, em situações para contornar as outras, sempre optando pela pior e criando falsos dilemas.

      O mais triste é que muito conhecimento científico e coisas maravilhosas que poderiam ser feitas são jogadas fora, devido a pessoas com um pensamento limitado.

      Mas gente, eu sou a favor das alternativas e acho essa de não poder levar pra adoção por causa de.má condição financeira uma porcaria. Eu sou sim a favor de mudanças nas alternativas,

      Aí você prefere apoiar o aborto, ao invés de apoiar melhores mudanças nas alternativas, depois diz apoiar mudanças nas alternativas e continua sendo a favor dessa monstruosidade, não é?

      mas o assunto não foi esse entendeu?

      Qual é o assunto, afinal de contas?

      "Você deve ter prazer em sangue inocente." Pode isso produção? Não dá pra ter "prazer" em algo que tem sim seus efeitos colaterais apesar de ser necessário em alguns casos. "

      Pode e você mesma demonstra isso: você que começou falando de clínicas de aborto legalizadas, nas quais há horrores, com muitas filmagens, relatos e fotos na internet sobre isso e sobre abortar anencéfalos e pessoas que ao seu ver podem sofrer, parecendo a eugenia na Alemanha nazista.

      Eliminar
    4. "E se você é miserável, porque ainda insiste em fazer sexo?" Você bebeu, Mary? EU NUNCA FIZ ISSO!!! E mesmo que eu queira, vai ser só quando eu for bem adulta (e de preferência com o maridex). Pat, essa parte do estupro é meio delicada porque tem sim pessoas que vieram de violações e se sentem mal e cuidadas "só por pena" (eu ia botar um link de uma mulher que veio de um estupro e se sente assim, mas eu tô no cel). Não tá dando muito pra falar porque eu tô em crise de enxaqueca, mas quando eu melhorar eu falo mais :p

      Eliminar
    5. Não foi um ataque pessoal, Nath. Foi uma colocação para qualquer um que siga esse tipo de filosofia.

      E não, eu não bebi. Não tenho hábito de beber.

      Eliminar
  12. Ô meu Deus, vocês ainda não entenderam! Eu vou fazer um resumo tá? Eu simplesmente sou a favor dos abortos em situações muito necessárias (como nos casos que a mulher está com um risco de vida muito grande e pode morrer junto com o feto, ou quando o feto tá numa condição que pode nascer vegetando ou algo do tipo), prefiro alternativas em casos plausíveis (como o do estupro e o dá miséria) e acho ridículo quando é uma gravidez indesejada de uma "funkera v1d4 l0c4" por ser desnecessário e ver muitas delas dando a volta por cima depois (pelo menos as esforçadas). Nunca que eu ia preferir que a pessoa ficasse grudada no sofá ao invés de trabalhar, até porque o trabalho diminui a miséria e melhorar a qualidade de vida (menos quando é um trabalho de muito esforço e pouco salário).Eu fico super emocionada quando eu vejo as histórias de pessoas deficientes que deram a volta por cima e acho o desperdício de ciências e avanços medicinais ...bom, eu acho que é um desperdício, né? rç. Eu fico com peninha quando eu vejo aquelas imagens feionas de abortos, mas eu entendo que, a não ser quando foi num motivo fútil, aquilo foi necessário e se eu gostasse de sangue inocente, eu não ia ficar com pena e provavelmente postaria uma foto de aborto no meu instagram :p ...quer dizer, eu nasci aspie e tendo a ser meio fria naturalmente, mas eu sempre me controlo ;) Se vocês me conhecessem pessoalmente, vocês veriam que apesar dá minha posição de esquerda, sou uma pessoa legal que gosta de ajudar o próximo (Não Nathalia, você vai fazer Farmácia e se especializar em indústria [pra fazer medicamentos] só pra ganhar dinheiro! kkkkkkkkk zoa) e acreditem, vocês iam se surpreender com o meu heart de tão verdadeiro e rechonchudo que ele é :3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nath N Heart,

      Ô meu Deus, vocês ainda não entenderam! Eu vou fazer um resumo tá?

      Entendemos sim. É você que não está falando coisa com coisa: começou a falando que é a favor do aborto, depois que é a favor de alternativas, mas depois de clínicas (onde há monstruosidades, mas são ‘limpinhas’), depois que é em certos casos e no final, mostrando que apoia monstruosidades do mesmo jeito, ainda mais quando falou das clínicas “limpinhas” e dos anencéfalos.

      Estamos apenas refutando o que você disse.

      Eu simplesmente sou a favor dos abortos em situações muito necessárias (como nos casos que a mulher está com um risco de vida muito grande e pode morrer junto com o feto, ou quando o feto tá numa condição que pode nascer vegetando ou algo do tipo)

      Como uma pessoa que está correndo risco de vida pode morrer??? :-O

      Tá bom, sei que quis dizer risco de morte, mas existem muitos casos em que a mulher esteve com um risco de morte de acordo com o “médico” e que deram a luz a filhos saudáveis e lindos.

      A medicina também avança e muitos estudos poderiam ser feitos para contornar isso, fora as que já existem no meio da medicina, mas devido a pessoas com um pensamento limitado e criam falsos dilemas como você, os avanços na ciência que poderiam contornar mais ainda do que os que já existem são poucos.

      acho ridículo quando é uma gravidez indesejada de uma "funkera v1d4 l0c4" por ser desnecessário e ver muitas delas dando a volta por cima depois (pelo menos as esforçadas)

      Uma gravidez não é indesejada. É o resultado de um ato inconsequente, vindo de pessoas que fazem sexo só por safadeza.

      Ainda mais, de uma pessoa que você mesma falou: “funkera v1d4 l0c4”, que acredito que você deve saber muito bem o tipo de gente que é e o quanto ouvem músicas que estimulam a fazer coisas erradas.

      e acho o desperdício de ciências e avanços medicinais ...bom, eu acho que é um desperdício, né?

      Oh, really??? Que conclusão maravilhosa!

      Agradeça a pessoas esquerdistas como você que não pensam em alternativas que já existem em TODOS os casos, e que a ciência poderia avançar muito mais se descobrissem mais meios de evitar ao máximo mortes terríveis de bebês, de evitar mais ainda que as crianças nasçam com problemas e como cuidar das que já tem.

      Eu fico com peninha quando eu vejo aquelas imagens feionas de abortos, mas eu entendo que, a não ser quando foi num motivo fútil, aquilo foi necessário e se eu gostasse de sangue inocente, eu não ia ficar com pena e provavelmente postaria uma foto de aborto no meu instagram :p

      Então, a sua ‘peninha’ pode não existir quando há “casos que são necessários”, pois você não quer enxergar que existem muitos outros meios nesses casos e que a própria ciência mostra que “esses casos que são necessários” não são necessários, vide a quantidade enorme de falsos positivos em gravidez de risco e pessoas anencéfalas ou com alguma outra deficiência que vivem com dignidade com pessoas que as amam de todo coração ao lado delas.

      quer dizer, eu nasci aspie

      O que você quis dizer com nasceu ‘aspie’?

      e tendo a ser meio fria naturalmente, mas eu sempre me controlo ;)

      Aí você mesma está admitindo o que já notamos.

      Eliminar
    2. Se vocês me conhecessem pessoalmente, vocês veriam que apesar dá minha posição de esquerda, sou uma pessoa legal que gosta de ajudar o próximo

      Esquerdistas não são nada legais e detestam quem tem opinião diferente, sempre os censurando e falando absurdos deles, postando no facebook, instagram e em seus blogs (mas no final, sempre perdem no debate para pessoas que pensam diferente de vocês =).

      Eu queria ser esquerda como você, Nath N Heart. Sério. E muita gente da direita também gostaria de ser.

      Como vi em um blog: “Ser de esquerda é mais fácil. Não seria maravilhoso se não houvesse nenhuma diferença entre os vários povos, culturas, e religiões, e todos pudessem ser perfeitamente integrados sem conflito em todas as partes do globo? Não seria lindo se descobríssemos que para solucionar a pobreza basta tirar o dinheiro dos ricos e criar um estado autoritário que como um bom pai o redistribua para o restante da população? Não seria demais se todos os problemas pudessem ser simplesmente resolvidos com mais impostos? Não seria incrível se todos pudessem ser livres para fazer o que bem entendem, sem que isso causasse nenhum tipo de conseqüência negativa no restante da sociedade? Não seria fantástico se as guerras pudessem ser evitadas e substituídas pelo diálogo pacífico ou por jogos de dominó? Não seria legal se pudéssemos preservar a Natureza com uma energia super-limpa que é inesgotável, não polui e não faz mal a ninguém?

      Só há um único problema com essa visão: ela é falsa, como uma nota de três dólares.

      A visão de mundo da direita é mais deprimente, de certa forma. Assume que nem tudo é cor-de-rosa, não existem unicórnios e as fadas cobram por hora.

      Eu queria acreditar que um outro mundo é possível! Que a burguesia é malvada e os pobres são puros de coração. Só que não acredito, não adianta. A infância passou.

      Ser de esquerda é ser eternamente criança, viver em um mundo de fantasia. Curiosamente, a esquerda nos EUA costuma se autointitular "the reality-based community", um título bem bizarro para quem costuma acreditar em unicórnios e paz mundial. A esquerda é incapaz de reconhecer os problemas mais óbvios que a sociedade enfrenta. Por exemplo, como explicar os problemas financeiros da Califórnia sem mencionar as massas de imigração ilegal mexicana? Como não relacionar o consumo de drogas com o crime? A esquerda consegue.

      Fui levado à direita pela via do realismo, como aqueles que foram "assaltados pela realidade", por assim dizer. Mas acho que ainda preferia não ter sido assaltado...”

      Esquerdistas também sempre acham que a esquerda não é esquerda o suficiente: quando alguém fala dos milhões de mortos na China, União Soviética já falam: “ah, aquilo não é comunismo de verdade”, ou “teve que acontecer por um mundo melhor” ou “o próximo socialismo vai ser de verdade”... por que é que devemos acreditarem você? Seria como se eu falasse que o nazismo que matou milhões também não foi nazismo de verdade.

      Além do mais, detesto bandidos, criminosos, assassinos “dimenores”, drogados, ditadores e baderneiros. Esquerdistas como você sempre tentam justificar gente assim e detestam mais punições, resultando em um monte de marginais perigosos pelas ruas. O curioso é que a compreensão é sempre de um lado: jamais entendem um cidadão que reagiu e matou um bandido ou uma pessoa que é contra a opinião de vocês, contra o feminismo e outras coisas que tanto corrompem a sociedade.

      Não param para pensar que gente como vocês mesmos ou seus parentes que tanto amam poderiam ser vitimas de um crime terrível de bandidos, assaltantes e marginais mirins.

      Ah, e as camisas de seu amigo Che Guevara são horríveis. =)

      Eliminar
    3. Sobre a parte da energia e dos conflitos, dá pra mudar SIM! As pessoas que ficam acomodadas.Eu detesto bandidos e quero que eles se danem (ao contrário dos extrema-esquerda que são uns imbecis) eu já falei mais de uma vez que apoio alternativas apesar de eu ser meio preocupada com a super população e tals e eu não odeio quem não segue o que eu sigo, só não gosto quando falam coisas absurdas como a das fertilizações artificiais (sim, tem gente que é contra mesmo sabendo das pessoas que não podem ter crianças). Ps: eu também acho aquelas camisetas feias :p

      Eliminar
    4. Nath N Heart,

      Sobre a parte da energia e dos conflitos, dá pra mudar SIM!

      Faltou o COMO.

      Eu detesto bandidos e quero que eles se danem (ao contrário dos extrema-esquerda que são uns imbecis)

      Não existe essa de odiar bandido e querer que eles se danem se você é de esquerda. A esquerda apoia bandidos, sempre os justifica, tem pena deles e nenhuma pelo cidadão de bem.

      Seria como se disse: 'ah, eu sou nazista, mas não apoio quem mata judeus (ao contrário dos que matam que são os imbecis)'.

      Você não passa do que eles mesmos chamam de idiota útil. Enquanto você seria facilmente expulsa e xingada por eles por não promover o que eles realmente promovem e querem no fundo.

      Você devia ter é vergonha de apoiar algo que tanto mal faz ao mundo, que mata milhões, de dizer que apoia o aborto, mas escapar do assunto toda hora dizendo que apoia alternativas e depois diz o contrário. Seria o mesmo que dizer que apoia o nazismo ou o comunismo, mas não concorda com esses assassinos de judeus ou de cidadãos inocentes. Mentirosa, assassina. Devia se chamar Nath no Heart.

      A propósito, ainda outro absurdo que você falou: “O engraçado é que vocês defendem os fetinhos, mas depois de um tempo quando a criança já tá no mínimo com uns 5(!!!) anos, vocês ficam botando defeito, colocam regras desnecessárias (tipo as de aparência - você deve usar roupas assim, seu cabelo é feio, etc) entre outras coisas ruins que eu sou contra.

      Curioso usar a palavra 'fetinhos', como se eles não tivessem valor ou importância.

      Como se você soubesse a vida de todo mundo e como se não houvessem jeitos certos de se vestir para que uma criança de 5 anos não saia por aí vestida feito uma “funkera v1d4 l0c4” ou estimule a coisas ruins.

      Lembrei que você falou que não estava no ensino médio e do que a Pats havia dito sobre você ainda ser uma menina, e por curiosidade vi o seu perfil e vi que você tem um bloguinho que fala sobre moda*.

      Nele você dá dicas e opina sobre o que usar, sobre roupas, esmaltes e sandálias em tópicos e até em vídeos, ou seja: você reclama de nós determinarmos o que uma pessoa deve usar (ao invés de PENSAR nos motivos para isso), quando você mesma determina o que as pessoas devem usar.

      É muita cara de pau, mas esquerdistas são assim mesmo: mentirosos, hipócritas e agressivos por natureza. Parecem até sofrer de mitomania.

      Já vi conservador reagir com surpresa e espanto sobre o porquê dos esquerdistas serem tão mentirosos, hipócritas e agressivos, mas fazer isso é como se surpreender por um urso atacar uma pessoa ou uma cobra picar. É da natureza, coisa embutida, na qual o melhor a se fazer é expor e sempre desmascarar, mostrando o quão ridículos vocês são.

      Quanto a fertilização, não tem ninguém falando nada sobre isso. Não coloque palavras nas nossas bocas.

      * (ah, como uma pessoa que dá dica sobre modas, creio que você deve saber que certas cores de roupas combinam ou não com uma calça, com a situação do momento ou até com o tempo... ao montar uma página é quase a mesma coisa: aqueles títulos de cor amarela clara com um fundo branco não combinam, pois são cores claras, que irão dificultar a leitura, fazendo o leitor não se interessar pelo seu bloguinho...)

      Eliminar
    5. Eu não imponho ninguém a seguir o que eu postava* no blog, hahah Como mudar o tipo de energia e os conflitos? Ué, os sites de notícias, textos de pessoas informadas falando sobre servem pra isso '-' eu não vou mais tocar no assunto de abortos e tals, mas pelo menos vocês sabem que eu não o aborto necessário pra tudo, muito menos "prazeroso" [funny fact: ...Quer dizer, minha mãe conheceu uma mulher que fez 10 abortos e eu ainda não sei porque ela (a mlr dos 10 abortos) fez toda essa palhaçada né]. Só tem que ter moderação na hora de planejar uma família pra não ficar grande demais (devemos pensar que tem mais de 7 bilhões de pessoas no mundo e a maioria não tem laumavidaboa

      Eliminar
    6. *Aquele blog tá empoeirado, hahah. Depois eu vou transformar ele num blog pra postar o livro que tô escrevendo e o secundário num blog de "moda" e essas coisas (vai ser mais pra conselhos, mensagens positivas, roupas né? e humor (minha noção de humor na época era podre mas agora tá melhor)

      Eliminar
  13. Sim, até eu achei o exercício mental que eu montei (o do estupro) uma porcaria '-'

    ResponderEliminar
  14. O engraçado é que vocês defendem os fetinhos, mas depois de um tempo quando a criança já tá no mínimo com uns 5(!!!) anos, vocês ficam botando defeito, colocam regras desnecessárias (tipo as de aparência - você deve usar roupas assim, seu cabelo é feio, etc) entre outras coisas ruins que eu sou contra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nath,

      Não posso falar pelas pessoas, mas quem tem um comportamento conservador e religioso vai sempre querer ensinar aos seus filhos regras de boa educação e como se vestir para sua própria proteção de forma que siga sempre no bom caminho, e mesmo assim, um ou outro pode se desviar, mas não é comum. Quem não se importa com o que o filho de 5 anos veste ou como se comporta não pode reclamar se futuramente o filho virar um feminista, um drogado, um bandido de qualquer natureza. Cuidar do filho não é querer coisas ruins para ele, como você citou... e sim, é querer o seu bem.

      As vezes tenho a impressão que você tem uns 5 anos. lol

      Eliminar
    2. Não há ninguém colocando regras. Quem faz isso é justamente vocês que afirmam lutar contra “o padrão de beleza machista opressor”, para aceitarem as gordas e / ou mulheres fora de padrão, mas tem nojo de gordos e homens feios.

      Vide a quantidade enorme de garotas que ficam colocando frases de autoajuda idiotas no facebook, como “o que conta é o interior”, “não julgue pela aparência”, “não julgue pelo rótulo e sim pelo conteúdo”, “o verdadeiro homem não é aquele cheio de músculos blá blá blá”, mas depois ficam postando fotos com atores sarados falando “MULTILPICA SENHOR” e bloqueiam o primeiro homem feio que aparecer.

      Eliminar
    3. E sim, há algumas regras de convívio com a sociedade e certos tipos de roupas são boas e outras não, ou você acha que certos tipos de roupas como shortinhos e penteados como os de roqueiras seriam bons para crianças de cinco anos?

      Eliminar
    4. Continua batendo em ponta de faca. É aquela pessoa que não quer entender e se esforça ao máximo para isso.

      Pelo rítimo dessa conversa, já entendi que a moça é a favor da matança de miseráveis, é a favor da matança de deficiêntes, mas realmente não se preocupa nas alternativas certas, que é a segurança das pessoas (o poder de andar armado, por exemplo), a condenação dos verdadeiros culpados pelo estupro (os estupradores) e muito menos de um ensinamento casto e honroso na sociedade.

      Pra mim, pessoas que apreciam outras pessoas sendo mutiladas antes mesmo de nascerem, não tem coração.

      Na mente desse tipo de gente, a única alternativa pra tudo é a morte, não a vida.

      Eliminar
    5. Nath N Heart

      Eu não imponho ninguém a seguir o que eu postava* no blog

      Não disse que você impõe ninguém a seguir o que você posta. Só critiquei o seu duplo-padrão, coisa comum em pessoas de esquerda, de criticar-nos por “por defeito, colocar regras desnecessárias (tipo as de aparência - você deve usar roupas assim, seu cabelo é feio, etc) entre outras coisas ruins que você é contra”, sem analisar bem isso e ao mesmo tempo falar no seu blog sobre o que a pessoa deve usar (ou não) a nível de roupa, penteados, etc.

      Ué, os sites de notícias, textos de pessoas informadas falando sobre servem pra isso '-'

      Sites de notícias como a Falha de São Paulo, G1, yahoo notícias, Estadão, cnn, uol, etc., que, na grande maioria das vezes tem colunistas e notícias esquerdistas pró-aborto, contra a tal ‘homofobia’, incentivando a pornografia, homossexualidade e igualdade de gêneros, com artigos anti-cristãos, anti-israel, pró-feministas, anti-conservadores e que sempre descem a lenha em quem critica essas coisas?

      Não, obrigado.

      Dizer que eles servem para isso é o mesmo que dizer que o nazismo serve para os judeus.

      eu não vou mais tocar no assunto de abortos e tals

      Claro que não, pois você sabe que tudo o que você disser aqui será concretamente refutado, com fatos e a verdade. Se não busca a verdade, o problema é seu.

      mas pelo menos vocês sabem que eu não o aborto necessário pra tudo, muito menos "prazeroso" [funny fact: ...Quer dizer, minha mãe conheceu uma mulher que fez 10 abortos e eu ainda não sei porque ela (a mlr dos 10 abortos) fez toda essa palhaçada né]

      E daí se sua mãe conheceu? Existe gente que sente prazer com canibalismo ou com estupro e creio que você deve saber muito bem como é a saúde mental dessas pessoas e que um dia a casa cai para elas, não tendo um destino agradável.

      *Aquele blog tá empoeirado, hahah. Depois eu vou transformar ele num blog pra postar o livro que tô escrevendo e o secundário num blog de "moda" e essas coisas (vai ser mais pra conselhos, mensagens positivas, roupas né? e humor (minha noção de humor na época era podre mas agora tá melhor)

      Pude ver, mas como falei, só critiquei a sua postura de nos criticar, mas fazer o mesmo que você critica e falei sobre o design do seu blog, com título amarelo e fundo branco, que ficam claros de mais, não combinando e impossibilitando muita gente de ver os títulos já de cara, fazendo com que as pessoas já desistam do seu blog e pensam que é mais um criado por uma adolescente que diz: “visita meu blog e comenta, curte minha foto no face, da joinha, blá blá blá”.

      Eliminar
  15. Ok, ok. Já falamos demais sobre esse assunto. Agora vou dar outro rumo baseado num trecho de um dos comments que me respondeu. Essa pessoa falou que não dá pra usar uma energia inesgotável que é amiga do meio ambiente. What? Então o melhor é usar o mesmo tipo de energia (a insustentável) entre outras coisas que poluem o planeta e que mesmo com taaantas alternativas, não dá pra mudar essa realidade? Tá "serto" -.-

    ResponderEliminar
  16. A realidade mundial pode ser mudada, é só as pessoas deixarem de ser acomodadas e pedirem mudanças e melhoras no país (esse precisa de muitas). Simples assim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criança sem o que fazer, sem cérebro, sem monitoramento de pais, derramando asneiras a torto e a direito na internet DETECTADA!

      Eliminar
    2. Eu não tô insultando ninguém aqui tá? Então faça o favor de me respeitar, que eu só tô expressando a minha opinião ok? E sobre monitoramento... Eu já tenho o necessário e a minha mãe nunca ia me criar pra não ter opinião própria (dentro da ética, óbvio)

      Eliminar
    3. E olha o que você respondeu com o insulto, respondeu justo o comentário que eu disse sobre o fato da possibilidade de mudar o mundo. '-'

      Eliminar
    4. Possibilidade de mudar o mundo na tua concepção: aborto, marxismo, seleção social.

      Eliminar
    5. Nathalia

      A Confraria de São João Batista é um dos comentadores mais importantes deste blog há muito tempo. Ele não te desrespeitou, apenas expressou a opinião dele sobre o que você tem escrito aqui. Eu parei de te responder justamente pelo motivo que ele escreveu. Paz.

      Eliminar
    6. Passou da hora da Nathalia largar de lado os livrinhos didáticos marxistas do governo, as revistinhas feministas (Cláudia, Lola, Atrevida, Capricho, etc.) e as opiniões das amiguinhas e começar a ler textos sérios como os deste blog, o do blog Tradicionalíssima, outros blogs e sites na net, livros sérios, como os de histórias politicamente incorretas do Narloch, os "Protocolos dos Sábios de Sião" etc para perder as ilusões adolescentes.

      Nat, o centro do universo não é um chip em seu celular... Talvez suas opiniões próprias não sejam tão próprias assim: foram plantadas na sua cabeça por gente ignorante ou de má-fé.

      Por falar em mudanças, já vivi tempo suficiente para ver que todas as vezes em que falam em mudanças é para piorar. Daqui a 5 ou 10 anos, Nat, você vai começar a reparar isso também.

      Os professores marxistas, a imprensa e outros desinformados vivem repetindo estas palavras: mudar, mudança. E a juventude faz-lhes coro. Adoram ser feitos de bobos para transformarem o mundo num lugar mais aprazível para os tiranos, os usurários, os pagãos, os violentos e os sedentos de sangue.

      No Brasil, se mexer, piora. Desde a volta de D. João VI para Portugal, é assim que as coisas funcionam.

      Oh povo crédulo este nosso! Só crê no que não presta, acha-se muito esperto e duvida justamente daquilo que lhe pode fazer bem!

      Eliminar
    7. Hpje estou com quase 20 anos. Já tive meus 14, 15 anos e infelizmente um mesmo pensamento que ela. Felizmente, eu fiz grandes progressos nos meus últimos anos letivos e durante o ensino médio, pude ser odiada pelos professores marxistas em geral pela minha posição direita-cristã.

      Eliminar
    8. Mundo aprazível pros tiranos e sedentos por sangue? Se fosse assim, eu ia tar apoiando as ditaduras, meu quindinzinho :* As ditaduras que tornam o mundo assim, não o progresso ;) ...eu já li uns artigos da Tradicionalíssima e eu simplesmente fiquei perplexa com os absurdos que tem lá.

      Eliminar
    9. E desde quando essas revistas são feministas? Só porque são modernas? Não se exalte, fera. Nem toda a revista que é moderna é feminista. Elas viram muitos padrões ridículos de beleza e relacionamento. Só a Capricho que foi um pouquinho pra frente com as dicas de estudos e a matéria "pelo direito de dizer não ao garoto" :p mas essas das adultas ainda são nojentas e só compraria uma se estivesse usando EPIs.

      Eliminar
    10. Possibilidade de mudar o mundo na minha concepção: fim da corrupção e dos maltratos com o povo, sustentabilidade, educação(um meio termo: coisas progressistas mas sem sair da ética - não matar [gente que já nasceu - mas eu também não apoio os abortos por motivos fúteis até porque eu sei que tem consequências físicas], não roubar, não estuprar, não oprimir(!!!) Etc) fim da opressão a todas as pessoas do bem (não tô falando só de mulheres) e dos costumes desnecessários, e para quem é do mal... hhehueheuheueh uma boa punição (ex: castrar quimicamente quem faz abusos sexuais e depois prender por bastante tempo) Simples assim *-*

      Eliminar
    11. Nath

      Mundo aprazível pros tiranos e sedentos por sangue? Se fosse assim, eu ia tar apoiando as ditaduras, meu quindinzinho :*

      Não necessariamente. Comunistas apoiam Karl Marx, Pol Pot, Stalin, Fidel, mas afirmam não houve comunismo nesses países e que a direita é que é ditadura.

      eu já li uns artigos da Tradicionalíssima e eu simplesmente fiquei perplexa com os absurdos que tem lá.

      Quais por exemplo? Esse daqui de feministas usando filhos como cobaias? Ou da miss prostituta de 18 anos? Ou desse da feminização da sociedade?

      Elas viram muitos padrões ridículos de beleza e relacionamento.

      Simplesmente adoro quando uma esquerdista fala sobre "padrões de beleza", ou melhor especificando, o padrão-de-beleza-machista-patriarcal-opressor™!!

      São as mesmas que odeiam a Mariza e organizam protestos nessa rede de lojas, postam aquelas frases de autoajuda idiotas no face, que o que conta é a beleza interior, para valorizarmos, não julgarmos pela embalagem e tals, mas depois postam fotos de atores sarados dizendo: “Multiplica Senhor” e bloqueiam o primeiro feio que aparecer sem piedade.

      O canal Garoto Politicamente Incorreto no facebook tem tantos exemplos disso, que até enjoa: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=524431977632796&set=a.372247679517894.87022.372247096184619&type=1&theater!! :)

      Possibilidade de mudar o mundo na minha concepção: (...)

      São pontos interessantes, embora alguns discutíveis, mas que tal acrescentarmos também: menos Estado, que EXISTEM DIFERENÇAS (coisa que progressistas odeiam admitir ou que para eles nem existe) e que nossa cultura Ocidental é superior a outras culturas como a islâmica (em que lá as mulheres e os gays apanham mesmo, há casamento entre adolescentes e não há liberdade)?

      Eliminar
  17. Para mulher é fácil, é só abrir as pernas.

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem PROFANA e GROSSEIRA.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
-------------
OBS: A moderação dos comentários está activada, portanto se o teu comentário não aparecer logo, é porque ainda não foi aprovado.

ATENÇÃO: Não será aceite comentário algum que não se faça acompanhar com o nome do comentador. ("Unknown" não é nome pessoal).

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PRINT