domingo, 9 de outubro de 2016

O globalismo é anti-Cristão e demoníaco

Por Brandon Showalter

Teólogos e estudiosos proeminentes afirmaram recentemente que, embora o globalismo possa ser uma palavra "quente" durante este ciclo eleitoral, muito poucos entendem as forças demoníacas que operam por trás desta ideologia.

Tal como o New York Times reportou na passada Segunda-Feira, até bem pouco tempo atrás era raro ouvir alguém ser referido como "globalista", mas esta qualificação está bem mais comum nos dias de hoje.

E embora muitos globalistas aleguem ter os interesses do mundo inteiro em vista, a ironia de tudo é que eles tornaram-se numa tribo, e eles são uma tribo rica, elitista e poderosa para quem as fronteiras nacionais são um impedimento para a sua agenda.

Embora existam muitas definições para globalismo, um fosso enorme separa 1) intercâmbios globais necessárias num mundo cada vez mais interligado, tais como o comércio, imigração legal, e a cooperação e partilha de ideias através de fronteiras do 2) globalismo como uma espécie de religião secular humanista que tem em mente um governo mundial.

Segundo alguns, para a segunda definição de globalismo tal visão encontra-se directamente oposta à visão Cristã do mundo, mesmo sabendo que a Igreja é em si global e o Reino de Deus não se encontra contido por fronteiras nacionais. Wallace Henley, pastor sénior da Segunda Igreja Baptista de Houston (Texas) disse o seguinte numa entrevista telefónica para a CP:

Uma objecção importante ao globalismo, do ponto de vista espiritual e Bíblico é que muitos dos globalistas estão a tentar avançar com um código moral global.

Henley, que escreveu recentemente sobre as fronteiras nacionais (ver parte 1 aqui, parte 2 aqui, e parte 3 aqui), explicou mais ainda que está em operação um espírito de anti-Cristo que se opõe ao Reino de Cristo, que se baseia em justiça, paz e alegria no Espírito Santo.

O Reino do Senhor Jesus Cristo é a forma mais elevada de civilização. A anti-civilização representada pelo anti-Cristo é o contrário disso. Portanto, se  reino de Cristo é justiça, a anti-civilização é maligna e injusta. Se o reino de Cristo é paz, o reino do anti-Cristo é conflito. Se o reino de Cristo é alegria no Espírito Santo, a anti-civilização é tristeza.

No dia 4 de Setembro último, um artigo do American Thinker com o título de "Globalism: the Religion of Empire", o teólogo Fay Voshell salientou de igual modo que
. . . tal como a visão Cristã dum Reino de Deus universal, a religião do globalismo secular alega universalidade, mas é um substituto terreno da Igreja universal. A visão Cristã olha para a Igreja universal como o reino de Deus governando a Terra. A religião do globalismo tem em mente uma ordem mundial utópica e terrena onde todos os homens prestam vassalagem a sacerdotes de elite que governam uma Cidade Mundial sem fronteiras nacionais.
A ausência de fronteiras, prossegue Henley, é particularmente problemática "porque dentro das fronteiras, cada civilização pode escolher manter os princípios que nós [como Cristãos] acreditamos estar no centro do que faz duma civilização uma civilização." Sem estados-nação dentro dessas fronteiras, "a única alternativa e isso é um governo mundial, algo que é aterrador," acrescentou ele.

As tensões políticas do ano passado, tais como a revolta popular contra a aceitação Alemã de centenas de milhares de refugiados do Médio Oriente, o voto Britânico para sair da União Europeia, e as contenciosas primárias do partido Republicano que geraram a candidatura de Donald Trump para Presidente, revelaram revoltas nacionalistas contra ideias e influências globalistas.

Num artigo que se tornou viral, presente no Charisma News em Agosto, o Pastor Jim Garlow, da Skyline Church em San Diego, sugeriu que se calhar a razão mais importante para os Cristãos votarem em Donald Trump é o facto dele ser contra o globalismo enquanto que a Hillary Clinton sobrevive à custa dele:

O globalismo é muito mais que "geográfico" ou "eliminação de fronteiras e limites nacionais". É espiritual e demoníaco na sua essência. Poucos - muito poucos - entendem isto. É bem provável que este seja o motivo que leva a que Trump seja tão odiado. Façam o trabalho de casa. Pensem em "principados, e potestades" [Efésios 6:12]

O CP [Christian Post] perguntou a Henley para comentar a alegação de Garlow de que poucos Cristãos entendem isto. Globalismo, respondeu Henley, nada mais é que "espiritualidade secular" e os seus devotos são muito religiosos.

Essa espiritualidade secular irá negar qualquer tipo de operação do anti-Cristo ou de espíritos demoníacos. Portanto, nem é um campo de estudo legítimo nas instituições onde o pensamento está a ser formado. Seria terrivelmente politicamente incorrecto.

Mais ainda, continua ele, "há uma redefinição e revisionismo generalizado a ocorrer dentro da comunidade académica e dentro de outros formadores de consenso. Se por acaso um académico começa a falar sobre isto, ele perderá a sua posição catedrática, e pode perder tudo."

(...)

~ http://bit.ly/2dtS6Od

* * * * * * *

Obviamente, a religião da Nova Ordem Mundial não é o secularismo, mas sim o satanismo. E como é que sabemos disso? Sabemos disso porque eles mesmos já se descuidaram e já revelaram isso mesmo. É por isso que os Poderes Estabelecidos, com o apoio colossal dos banqueiros, tem um ódio especial ao Cristianismo, e uma tolerância enorme por com as outras religiões - islão, judaísmo, paganismo, hinduísmo, budismo, etc.



19 comentários:

  1. Os tentáculos do globalismo https://www.youtube.com/watch?v=G4LBioq6KkM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. check https://geopolitics.co/2015/04/08/the-rothschilds-are-jesuits/

      Eliminar
  2. Embora sejam desrecomendáveis os envolvimentos de cristãos com os Direitos e com as Políticas nas questões de cargos e de profissões, nós, Cidadãos Nacionais, nunca nos devemos omitir nas questões sociais, pois uma sociedade omissa é uma sociedade covarde. Ou seja, um cristão deve evitar os exercícios de profissões político-jurídicas, como advogados, agentes políticos ou jurídicos, arquiministros, cabos, coronéis, delegados, deputados, desembargadores, escrivãos, generais, juízes, juristas, legistas, majores, oficiais, policiais, prefeitos, príncipes, promotores, reis, vereadores, senadores, servidores, soldados, tenentes e assim sucessivamente, pois isto pode ser aparências do mal ou jugos diferentes. Também existem outras profissões que não são político-jurídicas que também devem ser evitadas por eles, como artistas, atores, médicos, vigilantes e outras, pelos mesmos motivos da frase anterior. Os cristãos verdadeiros nunca são globalistas (internacionalistas) nem ultranacionalistas. Nunca devemos amar excessivamente ninguém nem ningo, pois isto é um ato idolátrico. Até as imensas maiorias dos hinos nacionais são idolátricas até mesmo subliminarmente. Então, fujamos de todas as aparências do mal e de todos os jugos diferentes, pois senão vacilaremos feiamente.

    ResponderEliminar
  3. É estranho, porque não existe doutrina mais globalista do que o cristianismo.

    Implicitamente estão a dizer que o cristianismo é uma religião demoníaca.

    Isto é, estariam, se o delírio lhes permitisse perceber as próprias contradições que alardeiam tão absurdamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez não seja uma má ideia tu leres o que comentas como forma de evitares revelar ao mundo o quão "boa" é a educação do nosso país. Que idade tens tu? 13?

      Recomendo também que faças uma pesquisa em torno do termo "falácia da equivocação". Fica a dica: só porque duas ideologias têm uma visão global, não indica que eles sejam as mesmas na sua essência.

      Exemplo para os mentalmente preguiçosos como tu:

      1. Somente o homem é um animal racional.
      2. Nenhuma mulher é homem,
      3. Portanto, nenhuma mulher é racional.

      Eliminar
    2. Perdão ?

      Vocês consideram que toda a gente que não é da vossa seita é "marxista" e "demoníaco" entre outros mimos e depois eu é que sou mal educado por ser de opinião de que estão em delírio ?

      Pelos vossos padrões 99% da população é "marxista". E pelos vistos também "demoníaca". Se isto não é delírio paranóico não sei o que seja.

      Tenho lido os vossos textos. Até as mulheres que querem a igualdade são consideradas "marxistas". Ora, hoje em dia uns 99% das mulheres querem a igualdade, mesmo as conservadoras e religiosas, como a Merkel ou a Tatcher. Mas para vocês é tudo marxista demoníaco. Isto é loucura.

      Eu considero-me pessoalmente insultado quando me chamam marxista apenas por ser pelo estado social, pela igualdade para as mulheres e homossexuais etc e não me queixei. Mas estou no meu direito de considerar a vossa teoria da conspiração como delirante.

      Por exemplo, se calhar até já combati o marxismo mais activamente e com mais risco de vida do que vocês, mas chamam-me "marxista" apesar de eu próprio, no que toca ao comunismo, considerar o Marx um charlatão, o comunismo como a ideologia mais assassina da história e sempre ter combatido o marxismo. Mas chamam-me marxista !!!!! É simplesmente delirante.

      Quanto à falácia que menciona, o exemplo que deu não conta, porque naturalmente, toda a gente sabe que o termo homem nesse contexto é usado para definir os dois sexos.

      Mas eu percebi o que quis dizer e façamos de conta que o usou em outro contexto.

      Continuamos na mesma.

      Vocês dizem que o globalismo é demoníaco. Ora um dos principais factores que iniciaram o actual globalismo, que vocês criticam, a nível cultural na nossa civilização foi o cristianismo. O globalismo actual de que falam tem origens cristãs. A evangelização cristã foi um dos motores de arranque da globalização moderna. Parte desse ímpeto religioso perdeu-se, parte, porque todas as igrejas cristãs continuam a beneficiar da actual globalização económica, social e cultural, que vocês tanto abominam, para recrutar em todos os continentes. As igrejas continuam a crescer em todo o mundo, compensando as perdas nos países desenvolvidos, devido à globalização. Os maiores defensores da globalização são cristãos praticantes. Os partidos políticos que mais defendem a globalização são de direita, conservadores e em grande parte religiosos. Quem mais está contra a globalização actual são precisamente os marxistas e outros esquerdistas ou moderados como eu.

      Vocês simplesmente falseiam tudo para justificar uma teoria da conspiração delirante.

      E INSULTAM as pessoas com os vossos delírios.

      Eliminar
    3. Pedro,

      "O globalismo actual de que falam tem origens cristãs"

      Tu tens noção das barbaridades que dizes? O Reino de Deus é um reino TRANSCENDENTAL onde Jesus Cristo é o Rei e Senhor. O globalismo que tu dizes ter "origens Cristãs" é contra é anti-Cristão, anti-Bíblico, terreno e tem Satanás como "rei e senhor".

      De que forma é que uma ideologia anti-Cristã pode ter "origens Cristãs"?

      "A evangelização cristã foi um dos motores de arranque da globalização moderna."

      A evangelização já ocorre há quase 2,000 anos. Como é que isso serve de base para o "globalismo moderno"?

      A sério, Pedro, o melhor é nem comentares para não continuares a passar vergonha da forma como tens passado.

      Eliminar
    4. "O globalismo actual de que falam tem origens cristãs"

      Falso. Tem origem é na escola de frankfurt como muitas das merdas que hoje assolam o ocidente .

      Eliminar
    5. No entanto se disserem que a mais alta hierarquia católica actual(na pessoa do actual papa)está na prática a apoiar o globalismo actual não andam muito longe da verdade.

      Eliminar
    6. Caro direita.

      Como é óbvio o globalismo começou muito antes de existir a escola de Frankfurt.

      O globalismo só se concretizou no nosso tempo, por razões técnicas e políticas, mas é uma tendência global da história da humanidade. O império romano ou os descobrimentos portugueses já eram tendencialmente globalismo. Foram o caminho que conduziu ao globalismo efectivo actual.

      Eu não sei como vocês não têm noção do ridículo de fazer da treta da escola de frankfurt uma espécie de acontecimento central da história da humanidade.

      Quem vos ler ainda pensa que o Marx é o maior génio da história.

      Segundo vocês Marx é mil vezes mais importante que cristo em peso histórico visto que o mundo inteiro é marxista.

      Vocês dão mais importância a Marx do que os próprios marxistas.

      Porque, como é óbvio, se algum marxista disser que o mundo inteiro é marxista será considerado louco por toda a gente, a começar pelos outros marxistas.

      A não ser por teóricos da conspiração como vocês.

      Tenho de reconhecer que o ridículo não vos mete medo...

      Eliminar
    7. O globalismo como ideologia politica tem iniçio com advento do marxismo cultural . Uma estratégia venenosa criada por supremascistas judeus para destruir o ocidente.

      Eliminar
  4. As Teorias do Controle Mental e as Técnicas Utilizadas Pela Mídia de ...
    www.espada.eti.br/midia.asp
    03/07/2010 - As Teorias do Controle Mental e as Técnicas Utilizadas Pela Mídia de Massa ... de acordo com o interesse de alguma minoria, os pensamentos e emoções ... indicação do estado mental da elite com relação ao uso da mídia.

    ResponderEliminar
  5. Also http://www.infomoney.com.br/blogs/economia-e-politica/economia-e-politica-direto-ao-ponto/post/5476997/por-que-george-soros-financia-movimentos-esquerda-entenda

    ResponderEliminar
  6. A maioria dos parlamentares do partido de "extrema direita" democratas suecos preferem hillary a trump.


    https://www.nordfront.se/bara-fem-av-sds-riksdagsman-stodjer-oppet-donald-trump.smr

    ResponderEliminar
    Respostas


    1. O que revela que eles nada mais são que oposição controlada.

      Eliminar
    2. Sim,o plano com esses falsos partidos de "extrema direita" é de impedir a ascensão de nacionalistas reais ate o dia em que não seja mais possivel retomar o pais atraves dos votos .

      Eliminar
    3. O verdadeiro nome do Globalismo é EURASIANISMO pesquisem tudo sobre isso !!!

      Excetuando os clichês e a desinformação sobre Hitler há muita coerência nas ponderações de Olavo de Olavo de Carvalho intituladas: QUEM MANDA NO MUNDO https://www.youtube.com/watch?v=CmtWfmqXEk0

      https://www.youtube.com/watch?v=z6VNtbSwPoA BILDERBERGS SÃO SOCIALISTAS FABIANOS EM 12:07 A GRANDE JOGADA, RARAMENTE COMENTADA - a fórmula Eurasiana - o EURASIANISMO é uma nova estratégia independente, que reúne todas tendências ideológicas que tenham algo a dizer contra os EUA, MAIS HOSTIL A TODO OCIDENTE DO QUE todo o COMUNISMO jamais foi.

      Eliminar
    4. Olavo de Carvalho diz imensas coisas certas, mas ele está errado em pensar que oposição aos interesses imperialistas Americanos é apoio aos "Euroasianos".

      Eliminar
  7. Filtrar a informação é salutar https://www.youtube.com/watch?v=S_a60ewdkK8

    http://blogln.ning.com/forum/topics/a-verdade-n-o-evita-evitada-n-o-odeia-odiada?commentId=2189391%3AComment%3A1199854

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem PROFANA e GROSSEIRA.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
-------------
OBS: A moderação dos comentários está activada, portanto se o teu comentário não aparecer logo, é porque ainda não foi aprovado.

ATENÇÃO: Não será aceite comentário algum que não se faça acompanhar com o nome do comentador. ("Unknown" não é nome pessoal).

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PRINT